4 de abr de 2009

Classificação - GP da Malásia

A pole do Gp da Malásia ficou com Jenson Button, a segunda do ano, já que também foi pole na Austrália.


Rubens Barrichello saiu com bastante gasolina e ainda assim fez o 4º tempo. Por causa da troca da caixa de câmbios, perderá 5 posições no grid e sairá desde a 8ª posição, devido a outra penalização, a de Sebastian Vettel, que foi punido pela batida com Robert Kubica na Austrália e, apesar da excelente 3º posição - sem Kers e sem difusores "estranhos" - retrocederá 10 posições e largará desde o 13º lugar.

Seu companheiro Mark Webber confirmou o impressionante desempenho da Red Bull marcando a 5ª posição.

A Williams parece funcionar apenas com Nico Rosberg. O alemão sai na 4º posição enquanto Nakajima, na 11ª.


A Toyota segue mostrando que vem forte esse ano: Trulli marcou o segundo melhor tempo e Timo Glock largará ao lado de seu companheiro, na 3ª posição.

As duas Mclaren, apesar de apresentarem uma leve melhora, não foram capazes de passar para a Q3. Hamilton larga na 12º posição, e Kovalainen na 14º.

A Renault também mostrou alguma melhora mas nada perto do previsto. Fernando Alonso conseguiu entrar em uma disputadíssima Q3 e, vendo que não teria como disputar posições, deu uma volta rápida e guardou gasolina.

Piquet, que parecia ter encontrado um bom set-up para o carro, já não teve a mesma sorte e não passou da Q3. Largará em 17º.


Porém, o fiasco do dia ficou com a equipe Ferrari, que se equivocou de estratégia na Q1. Deixou que seus dois pilotos dessem uma volta rápida e logo os chamou para os boxes pensando ter tempos suficientes para entrar na Q2.

Com isso, vimos como, pelo monitor e já fora do carro, Felipe Massa descobria que seu tempo não havia sido suficiente e que não passava para a Q1(16º lugar). Kimi Raikkonen passou por 1 décima, e quase temos um fiasco total da equipe vermelha logo no sábado.

Os 10 primeiros

1.
Jenson Button 1:35:181
2. Jarno Trulli 1:35:273
3. Timo Glock 1:35:690
4. Nico Rosberg 1:35:750
5. Mark Webber 1:35:797
6. Robert Kubica 1:36:106
7. Kimi Raikkonen 1:36:170
8. Rubens Barrichello 1:35:651
9. Fernando Alonso 1:37:659
10. Nick Heidfeld 1:34:769

38 comentários:

Não consegui achar o peso dos carros... Tem aí???

Para poder imaginar a estratégia de cada um e saber se o Rubinho vai continuar com a maré de sorte (apesar dos pesares) e manter a luta pelo título...

A F1 2009 é de outro mundo...

Como tinha falado ontem, a pole ficou mesmo com a Brawn.

A ferrari me decepcionou nesse treino e mostrou q era fogo de palha.

Destaque para o bom desempenho das RBR q ja tinha citado anteriormente e das Toyota.

A McLaren mostrou uma melhoria mas ainda sim continua muito atrás.

Vamos aos tempos:

Q1

http://www.thef1.com/gp-resultados/2009/gp-de-malasia-2009/calificacion-1-malasia-2009

Q2

http://www.thef1.com/gp-resultados/2009/gp-de-malasia-2009/calificacion-2-malasia-2009

Q3

http://www.thef1.com/gp-resultados/2009/gp-de-malasia-2009/calificacion-3-malasia-2009

Resultado Final

1 Jenson Button 22 Brawn GP Mercedes Bridgestone 00:01'35''181
2 Jarno Trulli 9 Toyota Toyota Bridgestone 00:01'35''273
3 Timo Glock 10 Toyota Toyota Bridgestone 00:01'35''690
4 Nico Rosberg 16 Williams Toyota Bridgestone 00:01'35''750
5 Mark Webber 14 Red Bull Renault Bridgestone 00:01'35''797
6 Robert Kubica 5 BMW-Sauber BMW Bridgestone 00:01'36''106
7 Kimi Raikkonen 3 Ferrari Ferrari Bridgestone 00:01'36''170
8 Rubens Barrichello 23 Brawn GP Mercedes Bridgestone 00:01'35''651
9 Fernando Alonso 7 Renault Renault Bridgestone 00:01'37''659
10 Nick Heidfeld 6 BMW-Sauber BMW Bridgestone 00:01'34''769
11 Kazuki Nakajima 17 Williams Toyota Bridgestone 00:01'34''788
12 Lewis Hamilton 1 McLaren Mercedes Bridgestone 00:01'39''905
13 Sebastian Vettel 15 Red Bull Renault Bridgestone 00:01'35''518
14 Heikki Kovalainen 2 McLaren Mercedes Bridgestone 00:01'34''924
15 Sebastien Bourdais 12 Toro Rosso Ferrari Bridgestone 00:01'35''431
16 Felipe Massa 4 Ferrari Ferrari Bridgestone 00:01'35''642
17 Nelson Piquet Jr 8 Renault Renault Bridgestone 00:01'35''708
18 Giancarlo Fisichella 21 Force India Mercedes Bridgestone 00:01'35''908
19 Adrian Sutil 20 Force India Mercedes Bridgestone 00:01'35''951
20 Sebastien Buemi 11 Toro Rosso Ferrari Bridgestone 00:01'36''107

http://www.thef1.com/gp-resultados/2009/gp-de-malasia-2009/parrilla-malasia-2009

B'Hengler, acho que ainda não foi divulgado o peso dos carros.

Nao ainda nao divulgaram...Assim que sair a gente faz a avaliaçao das paradas.

Confira abaixo a lista com o peso dos 20 carros do grid para o GP da Malásia.

1 - Jenson Button (ING/Brawn-Mercedes) - 660 kg
2 - Jarno Trulli (ITA/Toyota) - 656.5 kg
3 - Sebastian Vettel (ALE/RBR-Renault) - 647 kg
4 - Rubens Barrichello (BRA/Brawn-Mercedes) - 664.5 kg
5 - Timo Glock (ALE/Toyota) - 656.5 kg
6 - Nico Rosberg (ALE/Williams-Toyota) - 656 kg
7 - Mark Webber (AUS/RBR-Renault) - 656 kg
8 - Robert Kubica (POL/BMW-Sauber) - 663 kg
9 - Kimi Raikkonen (FIN/Ferrari) - 662.5 kg
10 - Fernando Alonso (ESP/Renault) - 680.5 kg
11 - Nick Heidfeld (ALE/BMW-Sauber) - 692 kg
12 - Kazuki Nakajima (JAP/Williams-Toyota) - 683.4 kg
13 - Lewis Hamilton (ING/McLaren-Mercedes) - 688 kg
14 - Heikki Kovalainen (FIN/McLaren-Mercedes) - 688.9 kg
15 - Sébastien Bourdais (FRA/STR-Ferrari) - 670.5 kg
16 - Felipe Massa (BRA/Ferrari) - 689.5 kg
17 - Nelsinho Piquet (BRA/Renault) - 681.9 kg
18 - Giancarlo Fisichella (ITA/Force India-Mercedes) - 680.5 kg
19 - Adrian Sutil (ALE/Force India-Mercedes) - 655.5 kg
20 - Sébastien Buemi (SUI/STR-Ferrari) - 686.5 kg

Pensei que o Rubinho estava mais pesado... Então ele, prá variar, foi mal na classificação... Em compensação vai sair "cavando" prá cima de todo mundo...

Vettel bem leve... Outro que vem com tudo de trás...

Ferrari e Renault pesadas ao extremo (apenas 1 parada???)...

Agora, não acho que a Ferrari fosse fogo de palha, no Q2 o Raikkonen ficou muito próximo dos primeiros, não entendi todo esse combustível no carro dele...

Toyotas leves, 1 ou 2 voltas a menos que a BrawnGP... Estão com o mesmo peso, estratégia interessante, quem estiver melhor na corrida escolhe o melhor momento para a parada, o que estiver atrás fica com o que sobra... Defendo isso há muito tempo, os carros da mesma equipe, quando não há dúvidas sobre qual a melhor estratégia de box, tem que sair com o mesmo peso e o da frente escolhe a melhor hora de parada... Condições iguais!!!

- Detalhe interessante a Brawn novamente com os carros mais pesados entre os 10 primeiros, exceto o Alonso q tambem andou 2s mais lento no Q3.

- Pelo jeito o Barrichello vai parar umas 2 voltas depois do Button e está torcendo para que chova.

- Outro detalhe é o peso dos carros da Toyota que é igual. E ae qual dos dois para primeiro???? Aposto no Glock!!!!

- O Vettel mais leve entre os 10 primeiros, mostrando que ele veio para tentar fazer a pole e conseguir largar em 11°.

- Massa com gasolina até o talo. Deve vir se arrastando la atrás.

- Detalhe pro Sutil que vem super leve da galera de 11° pra trás. Não duvido nada de ele pular rapidinho pra cima durante as primeiras voltas.

Pensamos igual em um monte de coisas Raphael, mas eu escrevi primeiro...

Uahuahsauashsuhsua...

Verdade B'Hengler. Analises parecidas... hehehehehehehehehe

Rs...Daqui a pouco faço as análises....

Comissários da prova rejeitam protesto da BMW contra difusores

BMW declarou ainda que pretende colocar GP da Malásia como parte do processo na Corte de Apelações


Warm Up

O protesto feito pela BMW Sauber contra os difusores traseiros de Brawn, Toyota e Williams foi rejeitado pelos comissários do GP da Malásia neste sábado (4). A decisão significa que a polêmica em torno dos componentes das três equipes será definida somente na reunião da Corte de Apelações da FIA, que acontece no próximo dia 14.

O recurso da equipe alemã foi semelhante ao realizado por Red Bull, Ferrari e Renault na Austrália, que também foi negado pelos fiscais.

“Esta é apenas uma questão formal para assegurar que o GP da Malásia também conste no protesto junto à Corte de Apelações da FIA, assim como Melbourne. E isso não tem nada a ver com que estamos vendo aqui em Sepang”, disse Mario Theissen, diretor-esportivo do time bávaro, que revelou ainda que não esperava a aprovação dos comissários.


Pelo jeito, acho pouco provável que esses difusores sejam considerado ilegais no dia 14.

Não acho que a coisa tá definida sobre o difusor, Raphael...

Nestes quaese 30 anos que acompanha a F1 já vi cada coisa que é inacreditável...

A que mais me chamou a atenção não foram as do "Dick Vigarista" e Ferrari, nem a sobre o Senna em 1989... A pior foi a sobre o Senna em 1993, que pouca gente fala a respeito...

Naquela época tinha sido proibido o combustível melhorado em calorias e até as primeiras 8 corridas do ano, num total de 16, as principais equipes, exceto a McLaren, tinham utilizado combustível adulterado... O lógico era que estas equipes perdessem os pontos e o Senna já seria quase campeão, mas a FIA cancelou a punição e não permitiu que a McLaren e demais equipes que cumpriram as regras as desrespeitassem na outra metade do campeonato... No fim das contas o Senna ganhou 5 corridas com uma carroça, deu show em várias delas, mas o título que é o que interessa estará sempre nas mãos do Prost...

O jogo de interesses comerciais na F1 é muito grande... Não duvido de nada...

B'Hengler... eu falo q não vai dar em nada pelo simples motivo de que com esse difusor carros que não tinham a minima condição de disputar as vitórias hoje tem totais condições e isso tornou os treinos mais interessantes e as corridas ficaram mais equilibradas.

Me diz ae, em qual temporada vc viu tanta gente acompanhando os treinos livres, até de madrugada em plena semana de trabalho??

Me diz ae se vc não tem gostado de ver Ferrari e McLaren andando atrás das pequenas!!! Eu estou adorando e é uma dos motivos que tem me feito virar as noites vendo os treinos livres e até lendo tudo que é informação da F1.

Por isso, creio q a FIA e conselho mundial vão permitir o uso desses difusor e manter o equilibrio de umas das temporadas que mais promete na F1.

Se eles proibirem os difusores voltaremos as mesmices de sempre, com as grandes - ferrari e Mclaren, andando na frente e o resto se arrastando la atrás.

Priscilla,
Afora o tradicional destaque à qualidade de alguns profissionais (Brawn, Button, Alonso, Vettel) que fazem a diferença, estamos diante de uma categoria desigual.
Como disse o Briatore: "Com essa solução (difusores em V) você ganha 14% de carga aerodinâmica: dê-nos alguns meses e nós ganharemos de 30 a 40%, e os tempos de volta cairão por volta de 2 segundos".
Está valendo o que o Alonso disse:
Alonso: Diffuser call may decide title
http://www.autosport.com/news/report.php/id/74118

Aumenta a probabilidade de que a grande disputa na F1 saia das pistas e concentre-se no Tapetão dia 14. Desde os testes de novembro ficou claro que os carros com KERS, pela redestribuição de peso e arquitetura, só se comparam a eles mesmos. Difusores em V aumentaram o abismo. Mosley/Ecclestone sabiam o que estavam fazendo quando propuseram a regra do CAMPEÃO COM MAIS VITÓRIAS. É a luta política contra a FOTA.

Bjs

Concordo com o B'Hengler e acho que os objetivos comerciais dentro da F1 falam mais alto nesse lance dos difusores.

É muito estranho que justo as equipes que "ameaçaram" abandonar a categoria tenham surgido com soluçoes totalmente inesperadas, ou melhor, inovadoras.

É estranho que justo a equipe que recebeu ajudas financerias do Bernie Ecclestone - e nao estou falando do adiantamento da FOM - seja agora mesmo a melhor e mais invejada do grid.

Enfim...Nao estou dizendo que tudo isso seja "obra" da FIA, de forma alguma, mas já aconteceu tanta coisa na f1 que a gente tem que desconfiar...

Eeee Ferrari, já não basta a lambança com o Massa e ainda deixa o Kimi pesado, porque? Ele tava com um carro bom aparentemente!

Agora uma coisa que eu reparei... A turminha do kers toda atrás... 9º 10º 11º 13º 14º 16º 17º!

Vai embolar geral no final da reta... Alguns pilotos podem colar nos lideres logo de cara...

E se chover ein? haha... A corrida promete!

Concordo Raphael... Eu também estou adorando este nivelada que houve na F1 2009 e também torço para que os difusores sejam aprovados...

O que me referi é que o importante para a FIA é o dinheiro que entra, e nem sempre os torcedores são ouvidos e o espetáculo às vezes fica manchado de "maracutaia"...

Mas, também respondendo ao Henry, não acho que os difusores sejam os únicos responsáveis pelo desempenho destas equipes... Logo veremos as outras equipes adaptando novos difusores aos seus carros e duvido que eles disparem absurdamente na frente... Acho que no máximo conseguirão competir com um pouco mais de igualdade...

A diferença entre Ferrari, que está lá atrás, e a BrawnGP, que está lá na frente, é tão pequena que uma boa estratégia de boxes pode alterar todo o resultado...

Quer ver, faça dois trechos bem curtos com pneus macios e ande no limite extremo, permanecendo próximo aos primeiros, depois um trecho final longo com pneus duros e torça para um safety car após sua última parada... Vitória...

Não será esta a estratégia do Vettel para a corrida de amanhã???

Priscilla,
Lembra na época dos treinos Di Grassi-Senna? Já era época dos testes 2009 para a HONDA/futura Brawn (novembro 2008) e o carro estava entre os piores. Quando a HONDA foi pro saco, a ADRIVO noticiou: Bernie é obrigado a colocar 20 carros no grid por contrato. Ano fechado, nenhum teste. 2009, trocam o motor e reaparecem com um foguete, projetado pelos ex-engenheiros da PROST, de má lembrança?

Me engana que eu gosto...

B'Hengler@RR1
Também não acho que os difusores sejam os únicos responsáveis.
O conjunto é bom, como o são os carros do Adrian Newey.

E quem for copiar agora, não tem nenhuma garantia de sucesso e provavelmente não terá tempo hábil para se recuperar. Uma sinuca de bico.

Henry,

Realmente a qualidade desses profissionais que citou faz toda a diferença!!!

Sobre o q o Briatore falou, realmente o difusor ajuda muito na pressão aerodinãmica, muito mais que aquele monte de penduricalho usado ano passado. E tenho certeza que a Brawn tem 30% a mais de pressão aerodinâmica que a Renault, eles só não mostraram ainda.

Na corrida da China, dependendo do resultado do dia 14, a Renault ja vem com um novo difusor e assim veremos se o difusor é tudo ou nao. Eu creio q não seja tudo, mas q ajuda bastante, isso ajuda.

Só espero que mesmo assim, a FIA não acabe com toda essa nova temporada dia 14.

Priscilla,

a F1 é muito comercial e vc acha que o fato de os pequenos estarem andando de igual para igual com as grandes não tem aumentado os retornos financeiros pra a categoria. Concerteza eles vão ganhar muito mais em audiencia e dinheiro com esse novo panorama.
Se eles acabarem com isso vão enterrar de vez a F1.

Wallacy,

bem notado sobre a turma do Kers. Vai ser uma confusão depois da primeira curva. Se chover então, fortes emoções.

Sei lá, Raphael...

Eu tenho medo deles estarem fazendo um Big Brother da F1.

Por exemplo, vamos supor, que o que eu comentei seja verdade. Aí os pequenos andam na frente, "arrebentando a boca do balao"! Aí, pra dar uma temperada no campeonato "cortam" os difusores e as equipes que estavam atrás começam a vir pra frente de novo.

Enfim...Tenho medo deles estarem jogando com nós, aficionados.

Mas acho que isso já seria muita "viagem"...rsrsrs

Priscilla,
Afora a BMW (cuja montadora trabalha em projeto de carros de passeio com KERS), nenhuma equipe demonstrou morrer de amores por essa tecnologia imposta pela campanha MAKE CARS GREEN do Max Mosley. Equipes chegaram a investir na casa de 100 milhões de euros nesta âncora que segundo o Carsughi seria interessante para caminhões e trens.

Lógico que aqueles que foram PENALIZADOS com essa tecnologia tem todo direito de chiar. Por isso acho que a briga será feia no dia 14.

Não vejo muito como "penalizar". Carros elétricos tem muitas vantagens sobre os movidos a combustível fóssil. O que falta é realmente investimento, se não "forçar" a investir a galera vai se acomodar mesmo.

O melhor exemplo é o Tesla, da Tesla Motors!

É um eletrico feito por um montadora nova (ou seja, muito menos know how que Ferrari e companhia), ele chega de 0-100 em 3.9 segundos (muito bom para um carro "normal"), chega a 14000 rpms e ainda tem uma autonomia de quase 400km!

Porém a grande vantagem de um motor elétrico é o torque máximo em qualquer velocidade com qualquer aceleração! Isso nenhum motor a combustão faz! Com 1 rpm ou com 14000 mil você desfruta de toda a força do motor.

Com certeza no futuro a F-1 os motores elétricos vão reinar. Logo quanto antes incorporar essas tecnologias na F-1 melhor para todos nós!

As montadoras que estão resistindo só estão fazendo isso por "medo" de deixarem de ganhar tanto dinheiro com o precioso petróleo!

Mais não tem como escapar, hj é KERS amanhã sera o motor inteiro!

Esqueci de dizer que o Tesla demora só 3h para carregar xD.

Acredito que este artigo do Livio Oricchio diz tudo:
Nova composição de forças desestabiliza a F-1

http://blog.estadao.com.br/blog/livio?title=nova_composicao_de_forcas_desestabiliza__1&more=1&c=1&tb=1&pb=1

Wallacy,

O PENALIZAR ocorre a partir do momento em que uns correm com KERS e outros correm sem. Se liberarem o uso de um motor FERRARI sem limite de giro e podendo usar um por corrida, muda o equilibrio.

Realmente, o lance de Kers para umas e "nao"-Kers para as outras é f*da.

Os caras gastam milhoes de euros pra desenvolver um bendito sistema que até Sao Pedrinho já disse que é desnecessário.

A partir de 2010 o KERS não é obrigatório??? Aí acaba a desigualdade de forças...

Este ano é de transição e quem utiliza a tecnologia primeiro paga o preço da novidade, mas tem a recompensa no ano seguinte...

Desculpem o tamanho do texto a partir de agora...

Sobre os carros elétricos eles são o futuro mesmo, mas não como estão sendo vendidos aí no Tesla... O carro do futuro tem um motor a combustão que funciona como gerador e um motor elétrico que move o carro... E aí se utiliza de tudo que é artimanha para armazenar eletricidade no carro, como o KERS, o calor do motor, a carenagem feita de células fotovoltaicas (acho que é esse o nome), etc, para tentar economizar o máximo de combustível...

E quando o petróleo acabar vai se utilizar um motor movido a combustíveis vegetais, como o etanol e o biodiesel, entre tantos outros que estão surgindo...

Mas as companhias de petróleo estão trabalhando a todo vapor financiando ONG's como o Greenpeace e WWF para barrar o desenvolvimento destas tecnologias que impediriam que o petróleo chegasse aos US$ 500 por barril... Eles querem atrasar ao máximo o desenvolvimento de tecnologias alternativas para poder lucrar o máximo possível com o petróleo que resta...

Basta ver que o etanol brasileiro é muito mais viável economicamente que a gasolina... E quando o Japão quis importar o etanol brasileiro, seu primeiro pedido era maior que toda a produção anual de etanol do Brasil...

E tem brasileiro que acha que estamos na monocultura da cana, que só tem 6 milhões de hectares plantados em um país de 850 milhões de hectares!!!!

No futuro, quando o Brasil quiser ser país desenvolvido, teremos 150 milhões de hectares de cana, 150 milhões de hectares de agricultura (hoje são 20 milhões), 150 milhões de hectares de pastagem, 200 milhões de hectares de florestas plantadas (hoje são 6 milhões) e 200 milhões de hectares de florestas nativas...

Seremos o exemplo do verdadeiro desenvolvimento sustentável, que o Greenpeace, WWF e tantas ONGs européias, ditas ambientalistas, mas que no fundo só estão preocupadas em manter o domínio dos países desenvolvidos no planeta, pois são financiadas pelo pior do capitalismo global, que trabalham contra tudo isso no Brasil para atrasar nosso desenvolvimento...

Basta ver os dados de desmatamento, a Europa tem 0,3% das matas nativas que tinha a 8.000 anos atrás, o Brasil tem 64% em pé... Mas as ONGs européias estão aqui e não lá!!!

Um brasileiro polui 18 vezes menos que um holandês, mas as ONGs holandesas estão aqui e não na Holanda!!!

Infelizmente, o agricultor brasileiro perdeu a guerra da comunicação... Todos se acham entendidos em ecologia, mesmo que nunca estudaram nada a respeito, e o que sabem vem da "Globo"... Pensa!!! A empresa que diz que tem que preservar a onça e matar o mosquito da dengue... Que ecologia é essa??? Sabendo que os dois são importantes...

Mas a onça só deve ficar nos parques e não no entorno das escolas de seus filhos (no meu município tem onça rondando as escolas do interior apesar de só ter sobrado 10% de mata nativa o que mostra que não se precisa preservar 100% para ter equilíbrio entre desenvolvimento e preservação) e o mosquito da dengue deve ter sua população reduzida para não propagar doenças...

Isso é o racional, e em breve, "talvez", as pessoas acordem desse sonho demente que assola nosso futuro...

B'Hengler,

O Kers em 2010 será obrigatório mas será padrao.

Sobre o texto: Que aula!;)

B'Hengler,

Não vou comentar todo o seu texto, até porque sobre meu ponto de vista ele está correto.

Só um adentro. O Tesla é sim um carro hibrido, e obviamente usa a gasolina para gerar energia eletrica.

É pura fisica. Um motor elétrico possui 95% de eficiência. Um motor a combustão de um automóvel 25%. Um gerador (afinal, para produzir eletricidade não precisa de todos as caracteristicas de um motor a combustão comum) 40%. Ou seja, não é viável usar um motor a combustão para usar o carro andar. Porém como a gasolina possui mais energia por unidade de volume cubico, que uma bateria de ion lition essa diferença de 45% é suprida, já que uma bateria tem 85% de eficiencia.

Porém, porém... os hibridos (como o tela) podem ter seus dias contados se aumentarem a eficiencia das baterias (acima de 90) e melhoram a capacidade de armazenamento de energia elétrica.

Seu comentário você esqueceu de citar a energia nuclear, que é sim hoje, a energia mais limpa que a tecnologia pode dispor. Já que você ampliou muito o assunto, acho justo também comentar que metanol e biodiesel por mais "lindos" que sejam, certamente terão seu uso diferenciado nos próximos anos, pois a unica grande vantagem desse tipo de combustível é a quantidade de energia nas ligações covalentes, será então em celulas de combustíveis, que possuem cerca de 80% de eficiencia na hora de conseguir energia eletrica desses materiais.

Sendo assim, carros hibridos como você descreveu também não serão o "padrão", afinal é muito mais eficiente usar uma celula de combustível para produzir energia elétrica para um motor elétrico.

O Tesla hoje possui só um gerador, capaz de expandir sua autonomia em 300km com gasolina. Porém esse cenário é impensável no futuro, gerar energia por combustão sempre foi e sempre será uma solução "porca" para o problema.

Ainda mais hoje que já existem celulas de combustíveis alcalinas.


Voltando a energia nuclear, só citei ela agora, pois você comentou sobre Greenpeace e outras ONGs...Pois são essas mesmas instituições que freiam ao máximo as pesquisas no campo de reciclagem de desejos radioativos. Na verdade, muitas universidades já possuem estudos que mostram que mais de 90% de todos os dejetos podem ser reciclados. E esses 10% restantes seriam os materiais de decaimento menor que 100 anos. Ou seja, de impacto ambiental extremamente baixo. Menor que qualquer combustível por combustão, vegetal ou não.

Resumindo... Tem muita agua para andar ainda, vai demorar um "cadin" para essas alternativas limpas demostrem seu potencial... Porém como citei antes, elas são superiores em todos os aspectos ao modelo "atual". Um motor elétrico por exemplo, consegue ser 238% mais eficiente que um motor a combustão! A diferença é absurda!

Felizmente, como eu havia dito, a entrada do KERS marca um primeiro e bom passo nessa direção. E como tudo na F-1 o investimento é pesado e o retorno tecnológico é exponencialmente significativo.

B'Hengler,

Foi mal, agora que vi, você disse um motor que funciona como gerador... Como deixo esse detalhe passar? haha... Foi mal... No final, minha ressalva foi "inútil".

Não dormi essa madrugada (cheguei em casa 4h e a corrida era 6 então...). Acabei esquecendo de considerar que quando você diz, gerador não é necessariamente via combustão, como é feito hoje, e células eletroquímicas para etanol e diesel já existem, então... Foi mal, acabei falando mais do que realmente precisava.

Que é isso Wallacy... Sua ressalva é recheada de conhecimento e não deixa de ser verdadeira...

Sobre a energia nuclear, o grande impedimento para seu uso prolongado é a pequena quantidade de reservas... Esses dados variam muito e são controversos porque é questão de segurança nacional dos países, mas as melhores estimativas que tive acesso dão conta de que somam 72 anos de uso somente... Não que seja pouco, o petróleo na mesma conta só tem para mais 41 anos... Ha eles não contaram com o "pré-sal" do Lula, então tá, 41 anos e três mêses (grande reserva essa)...

E é por essas e outras que quando o Obama vai na TV e fala em cortar a emissão de CO2 dos EUA em 83% a partir de 2050 eu dou risada... Isso é piada... Claro que vai cortar, acabou o petróleo, vai emitir CO2 de onde??? Na União Européia é a mesma ladainha...

Só se as populações destes países começar a consumir bastante batata-doce com repolho!!!

Hehe, realmente, essa do Obama foi foda...

Só para finalizar, como curiosidade:

Custos da Energia (em centavos de real por KWH):

- Hidrelétrica: 6 (+33 gramas de carbono por KWH)
- Biomassa: 12 (+83 gramas de carbono por KWH)
- Nuclear: 15
- Termoelétrica: 18 (+276 gramas de carbono por KWH)
- Eólica: 23
- Solar: 37

Quantidade necessária para prover o consumo de energia de uma família durante um mês:

- 10 gramas de urânio (nuclear)
- 1200 quilos de carvão (termoelétrica)
- 75 toneladas de bagaço de cana (biomassa)
- 5 piscinas olímpicas caindo em Itaipu (hidrelétrica)
- um dia de uma grande turbina (eólica)
- 2 anos de sol em uma usina de 10 m² em SP (solar).

----

E que venha a anti matéria... Pois a coisa não ta fácil não rs....

Grandes dados Wallacy...

Só que há um equívoco quando se diz que a biomassa emite CO2... As tecnologias atuais de cultivo das principais culturas agrícolas estão passando por um processo de aumento da eficiência da utilização do solo, resultando em sequestro do carbono atmosférico (ex: plantio direto), compensando estas emissões relacionadas que estão ligadas ao processo produtivo... Além disso, quando as máquinas envolvidas no processo produtivo forem movidas a biocombustíveis as emissões serão negativas, o que resultará em sequestro de carbono...

Só para se ter uma idéia, uma "verdade absoluta" disseminada no planeta é que a Amazônia é o pulmão do mundo, o que não passa de uma grande farsa ambientalista, florestas emitem ZERO de oxigênio... Na verdade, emitem, mas todo este oxigênio é consumido dentro da própria floresta, tanto pelas árvores (que também respiram) como pelos macro, meso e microorganismo que a habitam... Por consequência, o sequestro de carbono também é zero... Quem emite oxigênio são os oceanos, que através das alterações do seu leito vão "enterrando" material orgânico, alterando o balanço que, teoricamente, deveria ser nulo (igual à floresta)... Esse material orgânico mais tarde, digamos aí, alguns milhões de anos, vira o nosso "querido" petróleo...

Para exemplo de comparação da eficiência dos novos métodos de cultivo agrícola, um hectare de soja (ou cana, milho, trigo, etc) cultivado em plantio direto produz mais oxigênio do que todos os 450 milhões de hectares da floresta amazônica e da mesma forma sequestra mais carbono também...

E a anti-matéria e a fusão nuclear tem que demorar um pouco, ou os países tropicais, que dependem do aumento do uso de biocombustíveis (que só serão produzidos em escala viável comercialmente nos trópicos)para se desenvolverem ficarão em uma pobreza eterna...

Os governos gostam de fontes de energia tipo o petróleo e até mesmo a fusão nuclear e antimatéria, porque podem ser controlados facilmente... Já as fontes renováveis de produção de energia necessitam de um sistema produtivo refinado e eficiente, geram grandes custos de produção, distribuindo renda e gerando riqueza... E todo governo ruim tem medo de enriquecer o seu povo!!!

É assim, todos falam mal dos usineiros de cana, por exemplo em Alagoas são 18, e as pessoas do estado inteiro praticamente trabalham para eles... Aí eu pergunto, quantos "usineiros" tem no petróleo brasileiro??? A distribuição de renda que a Petrobrás faz no Brasil é infinitamente menor do que a gerada pela cana, que só produz uma mixaria perante o seu potencial... No Brasil inteiro temos centenas de usineiros, quando utilizarmos todo nosso potencial teremos milhares... Quantos "usineiros" tem no cimento??? Na cerveja??? Nos refrigerantes??? Nos automóveis???

Aí eu pergunto, quando que isso vai passar na Globo???

Apenas um adendo, quando cito os dados da Amazônia não quer dizer com isso que é preciso derrubá-la inteira... Óbvio que ela precisa ser preservada, mas não em 100% como querem os ambientalistas (e também não podemos destruir 100%), ou só haverá preservação e não desenvolvimento sustentável...

Hehe, verdade... Esse papo já está totalmente off-topic.

Ah sim, e a tabela era de 2007, provavelmente os dados coletados era de 2004-2006... Faz sentido está desatualizado nesse quesito já que a produção de biomassa melhorou muito nesses últimos 5 anos. (É difícil achar dados atualizados nesse pais).

Ah sim, só por curiosidade mesmo... Mesmo estando abusando do off-topic.

Recentemente engenheiros do MIT usam vírus para criar baterias.

Eles mudaram geneticamente alguns virus para recobrirem com óxido de Cobalto e Ouro nanotubos de carbono (cátodo) e outros Fosfato Férrico de Litio (ânodo).

Como o processo ocorre em temperatura ambiente, e os nanotubos de carbono permite mais energia acumulada. É provável que vejamos baterias de ion-Litio mais leves e baratas daqui uns anos.

Certamente será uma benção pra a F-1! Pois as tradicionais baterias são muito pesadas, e não guardam tanta carga assim!

Wallacy, você é engenheiro elétrico???

Esses dados são reais, mas é que eu estou uns anos à frente na perpectiva...

Quanto a sua informação, a ciência não tem limites, é incrível a capacidade de superação...

Agora, pense num carro de F1 com 700Kg ao invés dos 605 de peso mínimo sem combustível e imagine uma bateria imersa em 50 litros de nitrogênio líquido...

Seriam tantas empresas querendo participar da categoria para descobrir novos tipos de supercondutores que nem quero imaginar o avanço que isso seria para o planeta!!!

E como você disse, chega de viagem... Nem a Priscilla está mais lendo...

Uhausahasshushshuahsua...

Faço Ciência da Computação! Porém sou "curioso" de modo geral.

Compartilhe

Twitter Delicious Facebook Digg Stumbleupon Favorites More