12 de abr de 2009

Conhecendo a: Ross Brawn

Na próxima terça-feira(14), O Tribunal da FIA decidirá se finalmente considera os difusores de Williams, Toyota e, principalmente, Brawn Gp ilegais.

Ross Brawn já declarou ter sua consciência tranquila quanto a legalidade de seu projeto e admite que seus adversários não o levaram tão a sério quando essas questões foram discutidas meses atrás.


Mas o homem com o sobrenome mais pronunciado e invejado, no momento, dentro da Fórmula1, tem um passado ligado à competição e ao êxito e sabe muito bem o que faz. Trabalha sempre no limite do (i)legal.

A carreira de Ross Brawn começou em 1976, com 22 anos, quando começou a trabalhar para a March Engineering (montadora de carros de corrida) como operário. Pouco depois passou a fazer parte de equipe da F3, como mecânico.

Em 1978, Frank Williams o convidou para fazer parte da recém criada equipe Williams F1, como mecânico também. Rapidamente se tornou responsável pela aerodinâmica do carro, trabalhando com a equipe responsável pelo túnel de vento.

Em 1984, passou brevemente pela que se converteria na equipe Arrows, na qual Brawn seria Diretor Técnico em 86.

Em 1989, é contratado pela equipe Jaguar Racing devido a sua vasta experiência com aerodinâmica. Nela, ajuda a fazer o super carro, campeão de 91 na categoria de Super Turismo.

Com o bom desempenho obtido na Jaguar, a Benetton põe seus olhos sobre Brawn e o convida a voltar à F1. Ross aceita e se converte em Diretor Técnico da equipe.

Na Benetton, seu caminho de vitórias na Fórmula1 começa a ser traçado e, aliado ao talento de Michael Schumacher, ganha o Mundial de 95 de Construtores(além do de 94 e 95 de Pilotos, com Michael) para a Benneton.


Em 1996, Michael Schumacher deixa a Benetton para começar sua história na Ferrari. Ross Brawn segue seus passos.

Brawn se dedicou diariamente ao desenvolvimento da Ferrari, mas além de seus trabalhados carros, temporada trás temporada, ficou conhecido por suas decisões estratégicas de corrida, que perfeitamente executadas por Schumacher fizeram com que, a partir de 1999, a Ferrari fosse, simplesmente, 6 vezes campeã do Mundo de Construtores e Michael Schumacher, 5 vezes Campeão do Mundo de Pilotos.

Brawn também é conhecido por algumas controvérsias:

- "Re-criou" o efeito solo na Benetton de 94 e Schumacher perdeu a vitória do GP da Bélgica naquele ano.


- Para um abastecimento mais rápido, retirou um dos filtros do depósito de combustível. Durante o GP da Alemanha de 94, a Benneton de Jos Verstappen, durante um abastecimento, pegou fogo devido a um falho na bomba. A equipe perdeu os pontos de 2 corridas.

- Em 2006, foi a vez dos aerofólios flexíveis, proibidos logo ao princípio da temporada.

Ao final de 2006, Ross Brawn decide abandonar a equipe Ferrari e tomar-se um ano sabático.

Em 2008 estava de volta para um novo desafio: levantar a moral e os números de uma "deprimida" equipe Honda F1.


Brawn ajudou a que a equipe dobrasse o número de pontos conseguidos no campeonato de 2007, mas não foi o suficiente, e a equipe Honda decidiu retirar-se da F1.

Com a notícia de abandono da equipe Honda da F1, após muito disse-me-disse, Ross Brawn se fez responsável pelo surgimento de uma nova equipe: a Brawn GP.

Venceu logo na estréia e se converteu na terceira equipe na história da F1 a fazê-lo.

Pelo que pudemos ver por essas 2 primeiras corridas da temporada, Ross continua construtor de carros vencedores, excelente estrategista e ..."fora da lei"?

Dia 14 a gente fica sabendo!

Fontes:www.marca.com
www.diablomotor.com
www.elespectador.com

37 comentários:

Priscila, nossa, pelo seu conto, o Brawn ganhou uma aura meio de "James Jean" não acha? rsss Legal que ele soube transitar sempre entre o limite do aceitável e o do não permitido "mas com um jeitinho".
E vamos para a Semana da Beca da F1.

Olá Priscilla!!!

Fora da lei foi legal! Mas... se fosse tão fora da lei, a Toyota e Willians também são. Ou será que eles leêm pensamento???

Ou seria um quartel do 'clube do Q2' - já que ano passado eles o sonho de consumo era passar do Q2!!!

Até mais...

Finalménte deu as caras...PRI. Passei o feriadão todo dentro de casa!! Quanto a R.Braw...eu o tenho entre os 5 grandes génios da da f1!![dentro e fora das pistas] e entre os 5 grandes "dick-vigaristas da f1"...Entre acertos de carros e estratégias de corridas. 1 N.PIQUET,2 K.REGAZZONE,3 M.SHUMACHER,4 R.BRAW, e 5...? PRISCILLA...lembra o nome do engenheiro sul africano que trabalhva junto com PIQUET na brabham...?

A F1 chega a ser engraçada de tão ridícula...

Uns contam uma mentirinha tentando ganhar uns míseros pontos e são ameaçados de serem excluídos do mundial...

Outros tem todo um histórico de carros contruídos para burlar o regulamento... Falcatruas dentro e fora das pistas... E são "idolatrados"...

Em tempo: não me refiro ao episódio da BrawnGP...

B'Hengler...? Mas alguém sempre vai pagar o pato. Hamilton chegou a f1,derrubando tudo quanto é estatisticas e preconceitos nesse esporte que sémpre foi quase que exclusivamente "branco". Ou alguém iria adivinhar que o garoto negro...iria ser campeão ém seu primeiro ano de f1.[conseguiram impedir] Mas no segúndo,não teve jeito. Mas não vão deixar o terceiro. Enquanto a FIA for comandada por alguém que gosta de brincar de "nazista" Só se Hamilton mudar a cor da pele.[quando terminou a temporada de 2007, quase fiz esse comentário...mas dexei prá lá.]

Paulo,
Exatamente, isso é o interessante. O cara sempre esteve no limite, algumas vezes passando dele, mas, sempre buscando novas soluçoes.

Latueiro,

Nao sei o nome do engenheiro, mas tentarei encontrar.

Cristiano,

RS."Fora da Lei" foi só modo de falar.RS.

Nao sei como se deram os fatos, mas apesar de achar tudo muito suspeito - digo pelo fato de justamente essas 3 equipes terem os novos difusores - acredito que as equipes subestimaram, principalmente, o Brawn.E aí, "bobiou", "dançou".


A história do Brawn me pareceu bem interessante pq eu também acho o cara um dos "gênios" da F1 e como todo "gênio", tem seu lado "mal".

Eu tô curiosa pra saber se suspenderao mais uma idéia dele.Tô começando a achar que nao...

Latueiro

O nome do cara e Gordon Murray.

O Piquet dava a ideia e ele desenvolvia o projeto.
A partir deles o regulamento comecou a ser aperfeicoado, a ser mais rigoroso ate chegar a ser ao que e hoje. Juntamente com as as punicoes.

Abs

Perfeito Ivan...!!! Agente poderia ratificar a posição do Regazzone...perto dos outros ele era "fichinha".

Priscilla... Depois dê uma olhada la no ANÁLISE F1?? eu "ACHEI UM COMENTÁRIO"...dando uma volta pela internet. Não quis pegar o nome do JORNALISTA que fêz a matéria e ném o nome de quém comentou...Mas dá para se fazer um debate interessante sobre o tema. Só vou adintar que saiu da ??? é relacionado a globo. Depois falaremos dessa entrevista do Nelsinho. [chutando o balde] e o inventor [s] desse titulo.

Sobre Nelson Piquet, há uma história de que o carro da Brabham estava muito mal na disputa por lugar no grid.Para qual corrida eu não lembro.Ele parou no box e mandou tirar a 1ª, 2ª e 3ª marchas, fez a pole com um tempo extraordinário.Ao voltar ao box, Gordon Murray parabenizou-o e disse:"Ótima volta,sem as três marchas o carro ficou mais leve.Mas como você sabia que o carro ia arrancar de 4ª marcha?"Piquet retrucou, malandramente:"Ah, isso?Foi a primeira coisa que tentei ontem!"

Eduardo, se formos buscar e comentar as malandrgéns de Piquet...dentro e fora das pistas...? aja caracters úfa. Ele venceu e depois foi desclassificado ém jacarépaguá! por ter usado um tambor com aguá no carro...não me lembro prá quê.

Latueiro, o tambor tinha a função de "oficialmente" resfriar o motor.Mas na primeira curva a água era jogada na pista e o carro ficava bem mais leve que os outros!Você tem toda razão.As malandragens dele dariam quase uma Bíblia.Um abraço.

PRISCILLA...O SEU BLOG É UM "SHOW"...E O EDUARDO É OUTRO "D.CORLEONE" SABE TUDO DE F1.

Ontém comentei aqui, sobre o fato de Hamilton ser negro...e isso parece incomodar muita génte do circ da f1. E hóje vejo uma entrevista do SÚTIL...tocando no mesmo assunto...isso vai dar ibop novamente.

Blogando e aprendendo...

Valeu, pessoal!

SÓ VOÇÊ PRISCILLA...? Hóje não irei trbalhar..então solte um poste bém "APIMENTADO" para nós.

Bom dia pessoal.

depois de uns dias sem entrar no blog, de volta para comentar.

Sobre essas malandragens da F1 to por fora, ate pq eu acompanho a F1 a pouco tempo.

Mas interessante essas histórias heheheheheh

Galera antigamente fazia de tudo para chegar na frente. Hj isso é mais complicado, mas a galera continua tentando.

Priscilla,
Está no site oficial da Formula 1, na lista de mudanças para 2009:

"Aerodynamics
Along with slick tyres, this is the biggest area of change for 2009. Downforce will be dramatically reduced and the cars’ bodywork will appear much cleaner..."

"Also at the back of the car, the diffuser has been moved rearwards, its leading edge now level with (rather than ahead of) the rear-wheel axle line. In addition, the diffuser has been made longer and higher, all changes that will reduce its ability to generate downforce."

Ô Henry...dá para simplificar[traduzir]????

Basicamente a tradução é a seguinte Latueiro...

"A aerodinâmica, junto com os pneus slick, é a maior mudança para 2009, pois o downforce será drasticamente reduzido e os carros aparecerão mais "limpos"...

"Na traseira do carro, o difusor foi deslocado para trás ao nível do eixo traseiro (e não mais à frente), sendo que as alterações são com o objetivo de reduzir cada vez mais a capacidade de gerar downforce"...

Meu inglês é uma m&rd@,mas é por aí... Acho que isso é uma explicação da FIA sobre quais as alterações feitas no regulamento para 2009... O que não significa que vai ser tomada essa ou aquela atitude no julgamento do dia 14 a respeito do difusor "turbinado" das equipes questionadas...

Tem uma matéria na globo.com (http://globoesporte.globo.com/Esportes/Noticias/Formula_1/0,,MUL1081611-15011,00.html) que retrata bem os motivos principais da reclamação das equipes...

Sinceramente espero de tudo da FIA neste julgamento de amanhã...

B'Hengler,
Seu inglês esta correto.

Latueiro E B'Hengler,
O espírito explicitado desde sempre nas mudanças 2009 era:
- redução de DOWNFORCE.

A solução é tecnicamente digna de louvor, mas vai contra os objetivos 2009.

Agora, continuo afirmando que amanhã não teremos um julgamento técnico e sim, um retrato de como anda a correlação de forças na F1 atualmente.

B'Hengler...Se o seu inglês é uma mer*&# coitado do meu português que tá pior quê,@$¨&. Henry..eu não acredito que a FIA irá proibir os difusores,qualquer que seja as alegações das equipes reclamantes. Mas tera que arrumar uma solução urgente para elas.

Concordo Henry... E não só amanhã... O histórico da FIA é isso, ver quem "paga" mais!!! É por isso que acredito que "tudo é possível" amanhã...

Sobre meu inglês estar correto, isso é novidade... Geralmente falo melhor quando "o teor de sangue no álcool está baixo"...

Os outros é que não entendem direito... Uhasuhsauashshsua...

O inglês que não está correto é o Ecclestone...

Por falar ém Ecclestone?? ele simplimente jogou o pepino, por não ter crridas na america do norte, para as equipes!!!é bobo o véiiinnn..héin.

O bruxo Bernie disse que gostaria do calendário com 20 corridas mas as equipes não aceitam por questões de custo.Mas poderia muito bem(essa é minha opinião) voltar ao Canadá e retirar essa corrida em troca dos petrodólares.Uma das corridas mais bacanas da F1 pra mim sempre foi a do Circuito Gilles Villeneuve com suas duas ou três largadas.

É engrassado, enquanto muita gente, está preocupada ém desser a lenha ém Nelsinho Piquet...ele está ém Dubai...só se divertindo,posando para fotos e andando de f1 na neve....? Eu vi bastante distorções aqui no brasil,feitas ém cima da entrevista dada por ele a revista "auto racing". Foi feito uma coletiva, ém que as pessoas faziam pergútas a ele. Infelismente aqui no brasil...a maioria das respostas dado por ele... foram divulgadas ém sentido diferente. exs: "chutou o balde, é preterido dentro da equipe, reclamou de Alonso...coisas desse genero." Na verdade as perguntas lhe eram feitas...e ele as respondia normalmente. Não do jeito que foram divulgadas aqui.

Eduardo,

Concordo contigo. Montréal jamais deveria ter deixado o calendário, era, ao lado de Spa, a melhor prova do ano.

latueiro,

A entrevista em que Nelsinho "chutou o balde" foi dada para a revista britânica 'F1 Racing' na semana passada.

Nossa, realmente, Montreal era um dos melhores GP do ano. Pena que deve sair do calendário, por causa de umas provas mixurucas em troca de Petrodólares.
Quanto ao Nelsinho, eu vou ter que ler essa entrevista dele pra saber exatamente o que ele falou. Alguém sabe onde eu posso consegui-la? Abracos a todos

Eu penso que ele apenas deixou claro o que todos nós já sabemos.É claro que os maiores esforços da Renault serão para o Alonso(Bi campeão mundial) e não para ele (filho de tri campeão, mas que ainda não mostrou a que veio).Tudo de errado que acontece na equipe pesa mais sobre ele que vive sob pressão de mostrar serviço.Creio que ele não é nenhum bocoió, mas não tem sorte e comete erros que às vezes nos tiram a paciência.Ele deve saber o que é noticiado sobre ele e não gosta.Evidentemente.Não acredito que tenha dado desculpa esfarrapada ou chutado o balde.Muita gente, desde a morte do Senna vem criticando qualquer brasileiro que apareça.Ficam sedentos por resultados quase que imediatos e execram seus primeiros erros como se ali esivessem assinando um Atestado de Incompetência.Se no lugar do Nelsinho estivesse o Bruno Senna ou o até ano passado o festejado Lucas Di Grassi colecionando resultados insignificantes tenho certeza que muitos cairiam de pau sobre qualquer dos dois.Desculpe-me o tamanho do comentário, Priscila.Mas essa é minha humilde opinião sobre o assunto levantado pelo Latueiro.Até breve (se você deixar esse chato que vos escreve voltar!!!!!!)

Infelismente Carol_zigler...onte´m encontrei bastantes coisas a respeito, mas ném uma... a entrvista completa. Uns dizém uma coisa outros outra...e assim vai e ele lá ém dubai..ao que parece bastante descontraido. Ao contrário daqui, onde andam dizendo que ele está com a "corda no pescoço". Tomara que essa zinca tenha passado e ele faça uma bóa corrida na china. Ai eu vou pegar uma turma de outros blogs...pra tirar um bom sarro. "ADORO CORRER ÉM MONTREAL NO GP4 1991.

Eduardo,

Seus comentários ( seja do tamanho que for) sao SEMPRE bem vindos.;)
Aliás, o de TODOS...

Sobre a entrevista do Piquet, a razao pela qual ainda nao postei nada é pq estou atrás da entrevista completa da revista. Estou tentando conseguí-la. Aí veremos realmente o teor das respostas.

Pelo que foi escrito por aí, parece chororô,mas eu pessoalmente com entrevistas assim, meio polêmicas, gosto de ler e entender o lado do entrevistado.

Tô fazendo o possível pra conseguir e postar aqui.

Sobre Montreal...Nada mais a acrescentar. Adorava Montreal e espero que volte...

Voçê me colocou no bolso Eduardo...e que venha a china!!

Também concordo com todos que Montreal está entre os traçados mais interessantes da F1 (Interlagos, Suzuka, Spa também) até nas pistas virtuais.

Priscilla,
China me lembra "San Ganchao".

Disse bém PRISCILLA....nas manchetes tá parecendo "chôrou porquê...porquê chorou!!! Mas aparentemente o que estamos vendo é outra situação. Principalmente porquê todos sabemos o estopin de Briatori.

Bóm galera, para quém conheçe o gp4 original...2002. Eu coloquei a suspenssão dianteira e trazeira...dos carros de 91[mais largas] e os pneus slicks de 2009 com lista verde. E dei uma volta rápida na pista de MONTREAL. Não sei se a volta recorde ainda pertence a shumacher de ferrari ém 99 que foi 1:18??...e eu consegui virar 1:19,087!! nada mau...mas aquele muro na curva de chegada???

Heheh...Será que esse ano San Ganchao aparece? Do jeito que a Mclaren tá nem sei se precisa dele vir, viu?...rs

Compartilhe

Twitter Delicious Facebook Digg Stumbleupon Favorites More