9 de dez de 2008

Testes em Jerez - Dia 1

A Fórmula 1 voltou às pistas, hoje, em Jerez de la Frontera, para mais uma sessão de testes coletivos.

O dia estava nublado e frio, e a sessão teve momentos de chuva e pista seca.


Na parte da manha, Sebastián Buemi foi o mais rápido, testando um Toro Rosso. Logo atrás, o outro Sebastián da Toro Rosso, o Bourdais. A diferença entre eles foi de um pouco mais de 0,5 segundo e os dois testaram com o carro de modelo 2008.

Kimi Raikkonen, que não subia em um F1 desde o Gp Brasil, marcou o 5º tempo.

Nelsinho Piquet, que testou pela Renault hoje, foi apenas o penúltimo colocado no dia.


As Mclaren testaram o Kers com Gary Paffet e Pedro de la Rosa.

Na parte da tarde, com a chegada da chuva, pouco se viu, e os tempos não sofreram alterações.

Amanha se somam aos testes, Fernando Alonso, pela Renault; Felipe Massa, pela Ferrari; Heikki Kovalainen, pela Mclaren; Nico Rosberg, pela Wiliams e Robert Kubica, pela BMW.

6 comentários:

Basicamente a mesma coisa de Barcelona.
Quem treinou com o carro pouco modificado, ainda com a configuração aerodinamica deste ano (Toro Rosso, Mclarem e Ferrari), tava lá nas primeiras posições.
Mas pra mim o que interessou mesmo foi a BMW. Rodou no mesmo segundo das Mclarens e Ferrari, mas estava com um carro bastante dentro do regulamento de 2009.
Amanhã vamos ver como anda o Alonso com pneus slicks.

Concordo com voçê ADERSON! além das bmw...a renault, com Nelsinho, também tém se preucopado exclusivaménte com o acerto para 2009...tanto nos treinos de barcelona e hóje ém jerez. principamente a durabilidade do motor[2009 tém que durar 3 corridas] e o acerto mais idéal para os pneus slicks! sém se preucopar com fazer tempos. Acredito que Alonso, irá andar bém mais rapido amanhã! pois só hóje? Nelsinho deu 124 voltas....isso quer dizer quê Alonso já terá um carro bém mais ajustado no seu treino.

Hoje é um dia de muita saudade para mim...

Muito pior do que 1º de maio... Quando ocorreu o acidente do Senna eu me sentia o seu torcedor número 1... Imaginava, na época, que deveria ser muito difícil para as pessoas próximas a ele passarem por aquele momento, por mais que nunca tinha o visto pessoalmente...

Em 09/dez/2007 a stock car me mostrou quão dramático é, para as pessoas mais próximas dos pilotos, passar por esta situação que não tem explicação... Dói muito...

Não consigo imaginar o que passa com as pessoas de convívio mais próximo... A elas, o meu apoio... Aos outros, minha simples declaração de que o "RAFA" não era apenas mais um... Ele era "10"...

Sua última entrevista demonstra bem o que ele era como pessoa...

http://www.youtube.com/watch?v=Oo_xPs0PgF0

Descanse em paz, meu amigo...

Meninos, concordo com vcs. A BMW parece realmente estar 1 passo à frente dos demais. Se seguirá assim já nao sei...Quanto à renault, parece que é isso mesmo. Eles testaram hj a confiabilidade da máquina, e por isso tantas voltas sem preocupar-se com tempos.
Vamos ver amanha. Alonso vai provar o Kers...

B'Hengler,
Espero que o Rafael tenha ido com a certeza de que aqui deixou um amigo fantástico como vc que nunca se esquece dele.

Bela homenagem...

Que descanse em paz!

Bjs

Bóm dia, amigos! já fui contestado, por dizer... o dia quê conseguirém tornar a f1? [vale para todas as modalidades do automobilismo!!] um esporte sém riscos?...ele acaba. Conheci L.JUSTINO! ainda novo [e o seus sonhos com a velocidade e seus riscos] depois o acompanhei, apenas no noticiários do esporte de 4 rodas e aquele dia? no autodromo NELSON PIQUET...ém brasilia!!!!

Obrigado pelas palavras Priscilla...
E você está certo Latueiro, jamais irá acabar o risco no automobilismo, ele pode ser minimizado, mas jamais eliminado...

Já perdi diversos amigos, pelos mais diversos motivos, mas uma situação como esta é extremamente dolorosa, bem diferente de todas as outras... Toda vez que aparece a imagem daquele maldito acidente na TV a dor fica mais forte... Sei lá porque, parece que a gente fica esperando que algo de diferente aconteça, que o final da história seja diferente da tragédia que insiste em não ser aceita...

Mas o pior é saber que tudo o que aconteceu não serviu para nada na stock 2008, continuou tudo igual, os "totozeiros" continuaram mandando seus adversários contra o muro...

Na última prova houve um acidente com o Felipe Maluy que poderia ter sido tão trágico quanto o do Rafa, sorte dele que estava no final do pelotão e o local do acidente permitia uma boa visão para os pilotos que vinham atrás...

E aí??? Ninguém dá um gancho de 1 anos para o piloto que jogou o outro para fora da pista!!! Porque não??? Pilotos desta laia, estilo "Dick Vigarista", não fazem falta ao automobilismo...

Claro que o risco nunca deixará de existir... O Rafa me disse uma vez, falando sobre o acidente do Senna, que "fatalidades sempre existirão no automobilismo, mas a segurança dentro da pista é muito maior do que nas ruas e estradas do Brasil. E um acidente como o do Senna é muito mais doloroso para que fica"...

Sábias palavras...

Compartilhe

Twitter Delicious Facebook Digg Stumbleupon Favorites More