10 de dez de 2008

Testes em Jerez - Dia 2

No segundo dia de testes no circuito andaluz, o clima ajudou e tivemos um dia de sol.

Mais uma vez, o mais rápido do dia foi o suíço Sebastian Buemi, da Toro Rosso. Takuma Sato que assumiu o volante da equipe na parte da tarde marcou o segundo melhor tempo. Também brigando por um assento na Toro Rosso, Sebastián Bourdais ficou logo atrás de seus dois concorrentes diretos.


Lembrando que os Toro Rosso, nesses testes apenas levam os pneus slicks como especificação para o ano que vem. O carro ainda é o modelo de 2008.

Os demais pilotos foram provando "coisas": De la Rosa provou aerofólio dianteiro, no Mclaren; Raikkonen fez o mesmo com seu Ferrari; Kovalainen rodou com o Mclaren pronto para o ano que vem: Slicks, aerofólios e Kers.


Ao contrário do que se anunciou, a Renault não testou o sistema Kers.

Felipe Massa testou apenas nos 10 minutos finais.

Tempos - Jerez / Dia 2

Buemi
- 1:18.073 - 128 voltas
Sato - 1:18.601 - 37 voltas
Bourdais - 1:18.673 - 81 voltas
De la Rosa - 1:19.032 - 78 voltas
Raikkonen - 1:19.334 - 89 voltas
Kovalainen - 1:19.631 - 64 voltas
Alonso - 1:19.907 - 105 voltas
Rosberg - 1:20.309 - 122 voltas
Heidfeld - 1:20.365 - 87 voltas
Massa - 1:20.490 - 27 voltas
Kubica - 1:20.954 - 38 voltas

Fonte: Motor21

10 comentários:

Priscilla,
Já vi gente reclamando do Nelsinho e do Alonso. O teste da RENAULT, pelo que eu li, é principalmente, a durabilidade do motor para 3 corridas.

Agora, vc imagina com tanta coisa para testar e a equipe ex-HONDA, além dos problemas está parada.

Se voltar, é fim do grid na certa...

Bjs, Henry

Finalmente alguma equipe mostra algo novo alem da BMW e Williams.
Mclarem usou o seu "bigodão" para 2009. Mas não ví a Ferrari usando aerofolio dianteiro novo dela.
Alonso bateu forte, acho que se empolgou com os slicks.

Graça foi o Takuma Sato declarando que a Toro Rosso vem forte e manterá o bom ritmo de 2008. (?)
Como ele pode prever isso se a Toro Rosso não constroi seus carros. Ela pega o modelo 2008 da RBR, faz umas modificações e passa ser modelo 2009.
E foi seguindo este raciocinio que me apareceu uma duvida:
Como a Toro Rosso vai fazer pra proxima temporada?
Se o carro de 2009, pelo regulamento, é totalmente diferente, então ela não pode usar o RBR 2008.
O que significa que a RBR terá que trabalhar em dobro.
Dois carros pra ela e dois pra Toro Rosso. Será que a RBR aguenta o rojão?
Agora fiquei curioso pra saber como a RBR/TR vão fazer com os carros.

Henry,

Cada um prova uma coisa,nao dá pra tirar conclusao nenhuma,nenhuma desses testes...

Aderson,

Por essa e por outras que eu tenho uma desconfiança fortíssima de que a Force India já tem com quem brigar pelos últimos lugares.

bjs

Finalmente um carro com aerodinamica nos regulamentos de 2009 bonito.

Beijo

Kimi_Cris

Esse esconde esconde dos testes só me deixa uma conclusão...

Menos testes e mais corridas...

Gostaria de ver treinos livres nas quintas e sextas, treinos classificatórios no sábado e corrida nos domingos...

Um calendário com 20 GPs ou mais, muito mais participação popular, maior mídia, maior lucro com TV, etc...

Seria muito mais emocionante, reduziria custos, aumentaria a popularidade do esporte e daria maiores chances para as equipes mais fracas...

Sei lá, é uma idéia...

Pri. Dei tirei o pé do acelerador. Agora é fim de ano e estou só esperando pra ver como tudo vai ficar. Tem muita coisa pra mudar ainda.
Beijo.
SAVIOMACHADO

Tém toda razão Priscilla! já tém gente comparando os tempos de Nelsinho, com os do Buemi ém jeres. Lá no Téo....tém um tal de "expert em f1" que só escrve besteiras e não entende nada de f1! chamei-o...de "exburro em f1" mas fui censsurado!!! paciençia, abs

Cara Priscilla:

Taí a prova de que orçamentos pequenos quando bem administrados podem dar bons resultados. A Toro Rosso vem fazendo bonito na F1.

Sim, o orçamento da TR é pequeno.
Mas parte dele era injetado pelo Berger e a outra pelo dono da RBR.
Agora que Berger saiu, ficou tudo nas costas da RBR. E com esses tempos de crise a coisa pode ficar feia pra TR caso não se consiga um patrocinador. Bourdair e Sato estão batendo de porta em porta atras de patrocinio.

Adimiravel mesmo é o esforço e persistençia do Frank Williams.
Perdeu a Lenovo (grande patrocinadora da Williams) e o Banco RBS deve sair.
Pena que o motor-padrão é só pra 2010. Ajudaria muito a Williams se já estivesse a disposição em 2009.

Não vejo o motor padrão, como a salvação das equipes. existém muitas outras alternativas para baixar os custos das equipes!! ex: button ém 2008? trocou de capacete, 19 ou 20 vezes + ou -???praquê isso tudo??? o salario de algúns pilotos...não precisa de comentários. Vão se lembrando de mais coisas totalmente absurdas, que poderiam ser redusidas? e quê atrairiam o intersse de outras equipes e até montadoras.

Compartilhe

Twitter Delicious Facebook Digg Stumbleupon Favorites More