5 de dez de 2008

Honda: Afetará as demais categorias?

A retirada da Honda da F1 e o anúncio de que a crise mundial afetou em cheio a montadora mas, de momento, não afetará as outras categorias das quais a Honda Motor participa.

Na categoria das motos, seja ela 125cc, 250cc ou MotoGP, ao contrário do que se diz, não haverá qualquer alteração nas equipes HRC.

A Honda trabalha com departamentos diferenciados e os das motos levam quase 25 anos "sozinhos".

Segundo conta o jornalista espanhol Jaime Martin, com o orçamento anual gasto pela Honda da F1, seria possível comprar todos os equipamentos das 3 grandes categorias das motos.

Aliás, nas motos, a equipe Honda tem o patrocínio da Repsol, que seguirá mais uma ano, além de outros patrocinadores secundários. A equipe Honda F1 não contava com patrocínio desde o ano passado.

Ou seja, viviam do que a Honda dava desde o Japão.


Acredito que a Indy está no mesmo nível que a MotoGp. A Honda fornece os motores para a categoria, e conta com a participaçao da Ilmor Engineering. Portanto, é outro departamento que caminha com "suas próprias pernas".

O chefe da Honda Europa, a nivel globlal, confirmou que o anúncio não afetará em nada nem as motos, nem às demais categorias em que participam, mas que sim, reduzirão custos.

6 comentários:

A Honda foi a equipe mais amadora que já vi na F-1...

Muito gasto para pouco resultado...

Abração.

Priscilla,
Olha que concordo com a análise do Análise F1

Bjs

Não é a primeira vez que a Honda pula fora da F1 enquanto equipe.
E realmente não faria falta nenhuma se tivessemos um grid cheio de carro e muitas equipes diferentes. Não é o caso. Grids menores, corridas mais chatas.
E o pior, abre precedentes para a debandada das montadoras da categoria. E se lembrarmos bem... Só a Williams, a Force India, a Red Bull e a Toro Rosso não são de montadoras.
Preocupante isto.

Pelo que parece a equipe Honda F1 era o mal maior da fabrica.
Motos e Motores de competição continuam.
Mas tambem, 2 anos competindo sem um patrocinador que bancasse parte dos gastos da equipe, numa categoria onde o investimento é exorbitante, tinha que dar numa M dessas, né?
E justamente quando se havia a expectativa de um renascimento da Honda com o Ross Brawn gerenciando a equipe.
Quem sabe daqui a 10 anos não veremos os japas da Honda voltando a F1. Assim espero.

Simples, eles fecharam o departamento que mais dava prejuízo...

Fizeram a besteira de desprezar outros patrocinadores e deu no que deu...

Pelo que parece o fornecimento de motores à Indy está garantido, mas sobre o MotoGP ainda não vi anda.

beijo!

Kimi_Cris

Compartilhe

Twitter Delicious Facebook Digg Stumbleupon Favorites More