17 de dez de 2008

Fatos da Semana

Começamos com o boato do dia, aliás boato que começou a alguns dias atrás mas que se fez forte agora: Equipes com 3 carros na F1.



Após o adeus da equipe Honda, o grid da Fórmula 1 terá apenas 18 carros alinhados na largada.

Segundo a revista suíça Motorsport Aktuell, isso incumprira o acordo com as televisões, que diz que deve haver pelo menos 20 carros.

Por isso, algumas equipes fortes, como por exemplo, Mclaren e Ferrari, poderiam ser convidadas a ter um carro a mais no grid.

A questão é que esses carros não pontuariam no campeonato e em tempo de crise, quem seria o louco a alinhar mais um carro, com todos os gastos que isso acarretaria? Pois parece que Ferrari e Mclaren estão dispostos a aceitar. Renault ainda é dúvida.

Além do mais, teriam que modificar uma normativa de 2009, já que a mesma impede o alinhamento de 3 monoplazas.


Falando em crise...


A equipe Williams pretende cortar a sua equipe de testes do orçamento. Com a proibição de testes durante a temporada 2009, a equipe de provas da Williams não será necessária. Segundo o portal holandês F1Today.nl, um mecânico anônimo disse que o anúncio não demorará a fazer-se oficial.

A equipe Williams já anunciou que a partir de Janeiro a equipe de corridas passará a participar dos testes.


Superleague Fórmula segue em frente...


A categoria criada para unir futebol e automobilismo e que a um princípio parecia ser apenas mais um projeto que não sairía do papel, engrenou.

Em 2008 foram apenas 6 provas, que contaram com um total de mais de 100000 pessoas prestigiando a categoria durante todo campeonato. Dezoito equipes participaram esse ano e várias outras equipes já estão na "lista de espera" para anunciar sua participação em 2009. Além disso, a intenção é aumentar o número de provas para esse ano.


Fonte: Thef1.com

6 comentários:

priscilla,

Mas o que teve de barbeiragem nessa Superleague também não foi brincadeira!!!

talvez isso tenha chamado atenção tb. Corridas ficaram imprevisiveis.

Priscilla, a Superleague Formula vem investindo muito pesado em marketing para emplacar essas duas paixões: velocidade e futebol. Recentemente, eles convidaram jornalistas de todo o mundo, pagando hospedagem, transporte e tudo mais, para cobrirem e vivenciar os bastidores da categoria. Muita gente do Brasil, inclusive, aproveitou esse mimo e rumou pra Inglaterra.

A repercussão por aqui tem sido muito boa, tanto que o Sportv fechou a transmissão de algumas provas da Superleague Formula. Se continuar assim, tem tudo pra vingar mesmo.

Quanto aos três carros, essa é uma ótima oportunidade para as grandes equipes fecharem acordos mais valiosos, apesar da crise financeira. A exposição de marca do patrocinador, com a colocação de três carros no grid, será muito maior, o que pode, inclusive, bancar e muito os custos desse terceiro carro. E fazer sobrar um troco pra investir nos carros principais. Resta só conseguir os parceiros dispostos a investir. Nem todo o mundo tem se desestruturado com a crise...

E porque permitir três carros para apenas algumas equipes...

Que tal liberar o terceiro carro para todas as equipes interessadas, autorizando pintura e patrocinadores diferentes em relação aos outros dois carros???

Um grid na F1 com 27 carros não seria ruim...

Sou contra três carros no grid. Com dois eles já fazem falcatrua. Imagina com três. Aí não vai ter graça. Nem pensar uma coisa dessas!
SAVIOMACHADO

A superleague dah mto retorno em seu marketing, tem fôlego para mais uma temporada tranquilamente. E dá akela sensação de não ser "mais do mesmo".
Qto a Williams, nada mais sensato, já que ela só perdeu patrocinadores e o dinheiro está mais curto do que nunca.

Eu ainda acredito que teremos 20 carros no GP da Australia.
Talvez com essa saida da subaru do wrc, a prodrive possa concentrar objetivos na F1.
Se a FIA liberar a venda de chassis para equipes pequenas, a coisa possa ser facilitada mais ainda.

Compartilhe

Twitter Delicious Facebook Digg Stumbleupon Favorites More