8 de dez de 2008

Rapidinhas

Lewis Hamilton esteve em Londres para receber o prêmio Autosport, de "Piloto do Ano".
O prêmio é o mais importante da Inglaterra e lhe foi entregue por Mika Hakkinen.


O nome de David Richards soa para ser o novo dono da equipe Honda. Richards conduziu a equipe BAR até sua extinção em 2004, quando virou Honda. Quando perguntado, Richards não negou o interesse.


Bulgária quer ter seu GP no calendário da F1. A idéia é que o país possa sediar um GP a partir de 2011, e não só para a F1, mas também para MotoGP.


Em meio à turbulência que há criado o anúncio da equipe Honda, dois funcionários ao menos estão bem tranquilos: Alex Wurz e Ross Brawn.


Wurz já havia anunciado sua aposentadoria da F1 quando foi chamado para ser piloto de testes da equipe japonesa e Brawn, quando assumiu o posto esse ano, já havia passado um ano sabático após abandonar a equipe Ferrari em 2006.


Amanhã começam os testes em Jerez...

7 comentários:

Primeiro a Honda tinha 3 interessados em comprar a equipe poucas horas após o anúncio da venda...

No outro dia já anunciavam que a equipe estaria a venda por preço de "liquidação"...

Mas, se havia mesmo 3 interessados, não teria de ser um "leilão"???

David Richards seria um otimo administrador para a falida Honda, desde que ele dê um pé na buzanfa do Fry e mande ele pra PQP.

Alias, eu lí um artigo onde a Honda dizia que o "EarthDreams" não prejudicou em nada a equipe e nem foi o motivo da saida da Honda. Sei!!
Gastar dinheiro do proprio bolso e não se preocupar com o retorno dele é muito bom. Uma beleza.

E nesse mesmo artigo, um diretor da Honda dizia que a equipe negociava com dois patrocinadores MULTImilionarios para 2009.
Ué??
Se tinha dois megasuperhiperultra patrocinadores para arcar com os custos da equipe, porque cometeu o Arakiri??
Justamente quando tinham um projeto promissor do Ross Brawn??
Dá pra entender esses caras??

"Em meio à turbulência que há criado..."

Gostei da ecolalia! Já serve para entrarmos em clima de testes em Jerez.

E Lewis mereceu o premio, e vem cá, que carro lindo ele esta encostado hein?

O Hamilton é um piloto muito bom, tem um dom pra esse esporte.
Mas ele parece que pouco olha ou liga para o passado da F1.
Já disseram uma vez que ele apesar de dizer que era fã do Ayrton Senna, errou o dia da morte do piloto brasileiro. Hamilton declarou que se lembrava bem do ocorrido, que Senna havia falecido no sabado, qdo na verdade todo mundo sabe que foi durante a corrida no domingo.
E agora saiu uma declaração do piloto inglês dizendo estar preocupado com o motor-padrão:
"Não acredito que os motores padrão serão introduzidos. A F-1 é uma categoria de fabricantes e você não pode ter uma F-1 sem as empresas que fabricam os motores. O que vai acontecer? Não consigo imaginar a categoria sem Ferrari, Mercedes ou Renault"

Ué? Mas a F1 não existiu assim até o inicio/metade dos anos 90?
Equipes garagistas eram a maioria. Estavam na F1 por amor ao esporte e não procurando marketing.
E acho que se ainda estivesse assim, passaria pela crise sem tantos abalos.

Poxa Hamilton, vc tem uma fraca memoria para o passado desta categoria. Se é que tem alguma.
Parece que o que apenas interessa para o inglês é a F1 a partir de 2007 qdo ele começou a correr nela.

David Richards é um exelente administrador, provavelmente veriamos a ex-Honda no topo do grid em um futuro próximo.

Mas falando nos patrocinadores da Honda, um deles, ouvi dizer, seria o banco holandês ING, atualmente na Renault ("Nova Arrows" chegando?).

A F1 atual tem apenas 2 piloto MUITO BONS, Fernando Alonso e Robert Kubica... São muito bons, mas não são "excepcionais"...

Tem três pilotos BONS, Lewis Hamilton (como fala besteira esse inglês!!!), Kimi Raikkonen e Felipe Massa (como fala besteira esse brasileiro!!!), não necessariamente nesta ordem, de acordo com a corrida e equipamentos mais bem ajustados às condições da pista...

E possui 2 pilotos que são PROMESSAS, Rosberg e Vettel (apesar que o Rosberg precisa encontrar um carro melhor urgente ou vai passar pro time descrito aí embaixo!!!)...

Os demais são apenas figurantes, muitos dos quais já foram promessas no passado...

Sobre o Lewis Hamilton, é fácil falar que qualquer piloto que estreasse na F1, com o carro que ele estreou e com o acertador de carros que ele tinha como companheiro de equipe, teria um sucesso imediato... Mas não vejo por este ângulo... Veja o desempenho do Kovalainen este ano, e isso que ele já tinha um ano de experiência (experiência???)... Oportunidades aparecem para todos, aqueles que tiverem mais talendo e as souberem aproveitar melhor terão sucesso; esse é o caso de L. Hamilton... Apesar disso, tem que fechar a boca e aprender muito para poder se comparar com pilotos reconhecidos como "excepcionais"...

Compartilhe

Twitter Delicious Facebook Digg Stumbleupon Favorites More