20 de mai de 2009

A justiça dá razão à FIA

O Tribunal francês, que tinha previsto declarar o resultado do processo entre Ferrari e FIA, anunciou que dá razão à FIA, e não à equipe Ferrari.


A Ferrari ainda pode recorrer dessa decisão, mas o fato de ter perdido essa primeira batalha complica muito as coisas para as equipes contrárias as medidas apresentadas pela FIA, para o próximo ano.

Vale lembrar que Ferrari, Toyota, Red Bull e Renault são contra a regra do teto orçamentário.

O prazo para a inscrição das equipes se acaba 29 de Maio.

Apesar da possibilidade de perder importantes equipes da F1, Max Mosley, Presidente da FIA, afirma ter mais de 10 novas equipes interessadas em participar do Mundial 2010.

Alheia à "briga", a única equipe do grid atual que parece que cumprirá com o prazo de inscrição é a equipe Mclaren.

Teremos um "final feliz" para a F1 em 2010?

18 comentários:

Olá Priscilla...[ainda vou demorar um pouco para restabelecer minha internet] Vamos no improviso...! Não gostei dessa nova situação! essa derrota da ferrari,pode trazer uma situação que nenhúm dos milhares de fãs da f1 gostariam de ver. Começo a ver a f1 de 2010 sém ferrari e bém provavél as equipes que a apoiam também. O jeito é aguardar.

Meus DEUS querem acabar com o MAIOR ESPETACULO DA TERRA!

Achei que nunca isso nunca aconteceria, mas algo que eu pensei ser improvável me parece cada vez mais possível, a F1 sem a Ferrari!!!

Acho que se o Mosley não mudar de ideias vamos mesmo ter um campeonato paralelo à F1

NO fundo o tribunal tem razão, a Ferrari pode não concordar com o regulamento, mas entrar na justiça comum não cabe. A Ferrari é subordinada a FIA e se quer realmente protestar que saia.
Óbvio que não quero que saia, mas me parece não haver outra forma de sensibilizar os velhinhos da fuzarca se não ferrando o bolso deles.

Latueiro, você é bem vindo ao Blog do Groo sempre, desculpa não te responder lá.

Sinceramente, acho mais fácil a Renault anunciar sua saída no final do ano, mesmo se fizer a inscrição. Raikkonen se aposenta no final do ano e Alonso vai para a Ferrari. É uma possibilidade...

Concordo com o Groo...

A justiça foi feita... Chega dos tempos em que a Ferrari (ou qualquer outra equipe) se acha no direito de ditar as regras... Quem deve fazer as regras é a FIA e ponto final...

Claro que o que estamos presenciando é um absurdo... Uma guerrinha de "mafiosos" pela grana que rola na F1, e só isso... Não é de hoje que se almeja parte do 1,5 bilhões que a TV paga à FIA, e pelo jeito esse dinheiro vai continuar por lá!!!

Nem Ferrari, nem qualquer outra equipe é insubstituível... Agora, Renault e Toyota podem aproveitar a onda e abandonar a F1, afinal eles estavam louquinhos para fazer isso, só esperavam a oportunidade... "Olha ela aí gente!!!"... Mas a Ferrari não, ela queria apenas dar um "migué" e pelo jeito ou coloca o rabo entre as pernas e fica igual cachorro em caminhão de mudança ou mantém a palavra, dá um adeus para sempre à F1, e nunca mais vai ter corrida na Itália, ou os "tifosi" vão quebrar tudo... Uahsuahuahsahshua...

Priscilla

Eu li isso também, mas também li que a justiça francesa na verdade disse ser incapaz de arbitrar o impasse entre Ferrari e FIA sobre o regulamento. E que orientou a Ferrari à entrar com uma ação na corte internacional referente aos esportes.

Diz a Ferrari que tem poder de veto sobre o regulamento tecnico de cada temporada até o ano de 2012, de acordo com o contrato firmado entre ela e a FIA para a sua permanencia na F1 no ano de 2005.

Porque não usou nas reuniões em que se discutiam essas regras absurdas para 2010, ninguém sabe.

Bernie já preocupado e do lado das equipes. A Ferrari sozinha pode não ser insubistituível, mas todas as grandes montadoras exceto a Mercedes talvez, com certeza vai causar um prejuízo enorme. Alguns pilotos também estão ameaçando sair. Se o Alonso sair, a F1 perde toda a sua audiencia na Espanha, assim na Italia se a Ferrari sair. Muitos assistem pelo charme de ali ser uma disputada entre equipes e/ou montadores renomadas. Com certeza vão perder muito interesse se ver um grid completamente cheio de equipes sem alguma expressão e com poucos pilotos renomados.

Eu sou fã de F1, mas para de ver assíduamente todas as corridas se a debandada acontecer de fato.

B'Hengler

Corrida na italia, a Ferrari com certeza se vira tranquilo para fazer.

E ainda fica aberta a possibilidade das equipes fazerem um campeonato paralelo.

Eu tenho certeza assim como o Bernie, que a F1 sai perdendo mais que as equipes com a saída destas. rsrsrs

Moyhenry...

O que me referi é que corrida de F1 na Itália sem a Ferrari pode esquecer...

Você acha que os "tifosi" vão deixar alguma coisa inteira???

Uhasuahusahshaushua...

E quanto ao campeonato paralelo eu acho difícil... Em função dos contratos de TV que a FIA possui, eles promovem algumas equipes da GP2 e mantém o "espetáculo" e barram a transmissão desta nova categoria... E aí viraria o que a Ferrari está chamando de "GP3"... Além de que a Renault e Toyota estão esperando essa chance para darem o fora da F1, imagine se irão pensar em alguma outra categoria no momento... Só sobra para a Ferrari alguma outra categoria, o que acho improvável... Uma "diliççççççça" de situação para os "mafiosos"...

Esqueci do treino livre desta madrugada... A idade está pesando!!!

Treino livre 2: http://blogdoromario.blogspot.com/2009/05/gp-monaco-2009-treino-livre-2.html

Muda aí que no Blog do Romário não está funcionado:
http://pt-br.justin.tv/tv_brazuca

B'Helnger

barrar um campeonato paralelo não teria como, o problema é q a audiencia com certeza vai diminuir. E aí o espetáculo pode ir água abaixo. Pq as emissores não vão ficar pagando rios de dinheiro para um evento q não daria a mesma audiencia de antes.

Mas tem a BMW q tbm está no barco da Ferrari. Com certeza eles podem arrumar outras montadoras e fazer regras q sejam interessantes para atrair estas.

Tudo é possível nesse ramo.

Moyhenry...

Não é questão de barrar o campeonato paralelo... É questão de impedi-lo de ser transmitido pelas emissoras que tem contrato de exclusividade com a F1...

Após a morte do Senna a audiência da Globo veio a quase zero e ela pensou em abandonar a transmissão da F1, mas foi impedida em função do contrato que tinha com a FIA... Isso garantiu um tempo de adaptação à F1 para contornar e superar o problema, o que foi conseguido... Eles contam com isso para superar a debandada de equipes, o que acho pouco provável...

Outra coisa em relação ao campeonato paralelo é que a FIA impede até que seja realizado em países que tem provas de F1, o que restringe bastante este novo campeonato... Entre o GP Brasil de F1 e o paralelo, qual você acha que terá preferência, sem contar os contratos assinados que estão valendo por um tempo e impedem a realização de provas "alternativas"...

Bom dia pessoal.

Primeiro treino livre e dominio brasileiro na 1ª fila, com Barrica e Massa.

Confira os tempos do primeiro treino livre em Mônaco:

1 - Rubens Barrichello (BRA/Brawn-Mercedes) - 1m17s189 (26 voltas)
2 - Felipe Massa (BRA/Ferrari) - 1m17s499 (31)
3 - Lewis Hamilton (ING/McLaren-Mercedes) - 1m17s578 (26)
4 - Heikki Kovalainen (FIN/McLaren-Mercedes) - 1m17s686 (30)
5 - Kimi Raikkonen (FIN/Ferrari) - 1m17s839 (30)
6 - Kazuki Nakajima (JAP/Williams-Toyota) - 1m18s000 (29)
7 - Nico Rosberg (ALE/Williams-Toyota) - 1m18s024 (27)
8 - Jenson Button (ING/Brawn-Mercedes) - 1m18s080 (28)
9 - Fernando Alonso (ESP/Renault) - 1m18s283 (31)
10 - Mark Webber (AUS/RBR-Renault) - 1m18s348 (22)
11 - Sebastien Buemi (SUI/STR-Ferrari) - 1m18s695 (37)
12 - Nelsinho Piquet (BRA/Renault) - 1m19s204 (36)
13 - Sebastian Vettel (ALE/RBR-Renault) - 1m19s233 (16)
14 - Sebastien Bourdais (FRA/STR-Ferrari) - 1m19s255 (31)
15 - Giancarlo Fisichella (ITA/Force India-Mercedes) - 1m19s534 (28)
16 - Robert Kubica (POL/BMW Sauber) - 1m19s560 (20)
17 - Nick Heidfeld (ALE/BMW Sauber) - 1m19s579 (23)
18 - Adrian Sutil (ALE/Force India-Mercedes) - 1m19s600 (24)
19 - Timo Glock (ALE/Toyota) - 1m19s698 (24)
20 - Jarno Trulli (ITA/Toyota) - 1m19s831 (28)

Rosberg repete domínio das sextas no segundo treino livre de quinta em Mônaco

Rubens Barrichello, da Brawn GP, é o melhor brasileiro, em terceiro

Confira os tempos do segundo treino livre em Mônaco:

1 - Nico Rosberg (ALE/Williams-Toyota) - 1m15s243 (45 voltas)
2 - Lewis Hamilton (ING/McLaren-Mercedes) - 1m15s445 (35)
3 - Rubens Barrichello (BRA/Brawn-Mercedes) - 1m15s590 (41)
4 - Jenson Button (ING/Brawn-Mercedes) - 1m15s774 (36)
5 - Felipe Massa (BRA/Ferrari) - 1m15s832 (42)
6 - Sebastian Vettel (ALE/RBR-Renault) - 1m15s847 (33)
7 - Heikki Kovalainen (FIN/McLaren-Mercedes) - 1m15s984 (45)
8 - Kimi Raikkonen (FIN/Ferrari) - 1m15s985 (43)
9 - Kazuki Nakajima (JAP/Williams-Toyota) - 1m16s260 (43)
10 - Nelsinho Piquet (BRA/Renault) - 1m16s286 (43)
11 - Fernando Alonso (ESP/Renault) - 1m16s552 (39)
12 - Mark Webber (AUS/RBR-Renault) - 1m16s579 (27)
13 - Adrian Sutil (ALE/Force India-Mercedes) - 1m16s675 (38)
14 - Jarno Trulli (ITA/Toyota) - 1m16s915 (43)
15 - Sebastien Buemi (SUI/STR-Ferrari) - 1m16s983 (48)
16 - Sebastien Bourdais (FRA/STR-Ferrari) - 1m17s052 (48)
17 - Nick Heidfeld (ALE/BMW Sauber) - 1m17s109 (40)
18 - Timo Glock (ALE/Toyota) - 1m17s207 (45)
19 - Giancarlo Fisichella (ITA/Force India-Mercedes) - 1m17s504 (45)
20 - Robert Kubica (POL/BMW Sauber) - sem tempo (2)

Parece que dessa vez a Ferrari teve uma evolução real.

B`hengler, eu entendi aonde tú quer chegar! Mas uma f1,pouco atrativa? vai afugentar mais ainda os patrocinios. E as tvs[não só a globo] dependem deles...e pode ter certasa que se as tvs estão presas a contratos exclusivos com a fia. Esta também tém que oferecer a elas,uma competição de retorno finaceiro e audiéncias. Do contrário se quebra o contrato. Se a BRT..não me oferecer um serviço de internet compativél com o valor que me é cobrado? Tenho os meus direitos também de cancelar e não pagar a quebra de contrato. E o que pesa mais ainda....são os pilotos que também não estão nada satisfeitos com as imposições da fia. [valeu groo depois dou um pulo lá]

Pois é Latueiro...

Você está certíssimo... E da última vez que houve pressão das TVs por mais "chamariz" para os telespectadores por parte do espetáculo oferecido pela F1, após a morte do Senna, a FIA resolveu criar um novo "mito" na categoria, e abriu as pernas para um alemão "Dick Vigarista" que muitos acham que é "o cara"...
E junto ainda favoreceu uma equipe "vermelha" em várias ocasiões...

O "tempo" me ensinou que nada melhor que o próprio tempo para apagar as feridas... Após duas temporadas sem a Ferrari ninguém mais vai lembrar dela... E ainda começarão a surgir novos telespectadores que dirão que nunca ouviram falar e que não fazem falta... O tempo é cruel... Foi com Pelé, com Senna e será com a Ferrari...

Por isso que acho que tudo isso não vai dar em nada... Um baita "pizza", que nós brasileiros estamos acostumados a ver lá no Congresso...

Compartilhe

Twitter Delicious Facebook Digg Stumbleupon Favorites More