14 de mai de 2009

Conhecendo a: Adrian Newey

A Fórmula1 vive momentos incomparáveis, onde os "grandes" já não parecem tão grandes e os "pequenos" já não são mais tão pequenos.

Apesar do talento dos pilotos, Ross Brawn e Adrian Newey são os verdadeiros nomes dessas revolução atual na Fórmula1. Dois grandes "gênios" do automobilismo que passaram por "grandes" equipes e agora aplicam seus conhecimentos em novas "grandes" equipes, líderes do Mundial de Construtores.


Mas, o foco do texto será Adrian Newey, e não pra falar sobre seus começos no automobilismo, mas sim, para comentar sobre a lista dos 6 melhores carros já construídos por ele, escolhidos pelo próprio Newey!

- March GTP (1983-1984): Newey não foi responsável por todo o desenho do carro mas, foi o responsável por "aliviar" aproximadamente 100Kg de um carro da categoria C da Le Mans apenas "prestando atenção nos detalhes e fiz uma aerodinâmica no "olhômetro"".


Depois de melhorar o carro, a prova de fogo foram as 24 hs de Daytona. "Classificamos no meio do grid e pensamos que se romperia em poucas voltas.(...). Fomos líderes da 6ª hora até a 22ª, quando o motor começou a ratear e acabamos em segundo".

Isso fez com que a equipe recebesse uma grande oferta e com que a carreira de Newey começasse a "decolar": "Foi assim como acabei engenheiro de Bobby Rahal, na Indicar, em 1984.


- March 86C (1986): Trabalhando na Indycar, foi engenheiro chefe da equipe Truesports, para os anos de 1985 e 1986. O 85C foi o primeiro carro construído por Newey desde zero e serviu de "protótipo" para o 86C, que foi o campeão daquele ano da Indycar.



- March 881(1988): Era o final da época do motor turbo e,o March, um dos poucos carros a utilizar o motor a ar, apesar de serem uma equipe pequena(50 a 60 pessoas), foi o único carro a tentar fazer frente aos motores turbo, grandes e feios.


"Foi o primeiro carro com um bico mais alto, flaps laterais arredondados, um difusor ao que se havia dado a devida atenção, etc". Newey


- Williams FW14/14B(1991-1992):
Depois de passar quase toda sua carreira na equipe March, Newey é contratado em 1991 pela equipe Williams.

A introdução da 1º caixa de câmbios semi-automática não trouxe todos os resultados esperados pela equipe. No ano seguinte, com a suspensão ativa, o Williams se tornou imbatível nas mãos de Nigel Mansell. Em 93, com a introdução da direção hidráulica, Prost foi quem guiou, novamente, a Williams à vitória.


- Mclaren Mp4/13(1998): Newey queria dar um passo a mais em sua carreira e a Mclaren lhe ofereceu o posto de Chefe Técnico da equipe, além participação nas decisões de estratégia.


Em 1998, a F1 passaria de pneus slicks a pneus com ranhuras, o que significou um grande desafio para todos.

Apesar do pouco tempo para investigação e desenvolvimento, o MP4/13 foi o 1º campeão da era dos pneus sulcados.


- Mclaren Mp4/20(2005): Depois de enfrentar problemas de confiabilidade anos trás anos, e quase desistir de tudo em 2004, em 2005 chega o carro com "pinta" de campeão. O Mp4/20 foi o mais rápido em pista mas, continuava sendo o mais inconstante.


Apesar de tudo, Newey considerou o Mp4/20 uma recuperação a curto prazo da equipe, além da competitividade apresentada durante o ano.

Com certeza Adrian incluiria, em uma nova lista, o fantástico RB5, que após 5 etapas disputadas segue na briga por seu 1º título Mundial.

Fonte:Revista F1(2007)

24 comentários:

Apesar disso, de todos os seus carros o FW-14B que o Mansell pilotou em 1992 foi, disparado, o melhor carro já feito pelo Newey...

Só não ganhou todas as provas daquele ano porque contava com pilotos muito ruins e tinham como adversário um piloto que se superava quando em um carro inferior...

Acho que só um carro na história da F1 foi melhor, respeitando-se o tempo de cada um, do que o FW-14B, o McLaren MP 4/4 de 1988...

Priscilla,
Muito boa a matéria.

Qualidade de PRI...meira!

Vi que a outra matéria sobre o Ross Brawn acabou ficando ofuscada pelo GP de Paris e agora recuperada.

Bjs,
Henry

Just one thing, no final, você se refere ao RB4 ou ao RB5?

Olha apesar do carro não ser seu,como a wilhans de 92... A wilhans de 86/87 era fantastica também. E só não levou os dois titulos,por causa do ciúme da equipe,pra cima do Piquet...por causa de Mansell. E deu o titulo de 86 de lambuja no colo de Prost. Mas sém dúvidas é o nome do momento,ao lado de R.Brawn.

O Newey de fato é um dos genios da F1.

Excelente post, Priscilla.

parabens latueiro pela sua colocaçÃO acho que muitos não ouviram falar de GORDOM E PIQUET NA BRABHAM, uma das DUPLAS mais famosas da f1, aquele progetista que junto com PIQUET, surpreenderam o mundo. resumindo o newey é bom porque tem um passado como escola lembrando a todos a williams é filha de GORDOM E PIQUET

Aproveitando o momento nao posso tirar o merito do NEWEY, AQUELA WILLIAMNS FW14, para mim quando eu vi o engenheiro fazer ela levantar e abaixar so no controle em sao paulo parecendo um jacaré respirando essa imagem eu nao esquecerie jamais . por isso que nao deixo de admirar a F1 dos anos 90.

Realmente Brisolaf1...agente já bateu muito papo,sobre essa época maravilhosa da f1.... e claro,sobre Gordon e Piquet...impossivél falar ém f1 e não falar neles.

Por falar ém GORDON MURRAY...?? Alguém sabe o paradeiro dele? Dirrepente ele ainda quebra um "GALHÃO" para algúmas equipes chamadas de "equipes de ponta" atualmente....!!! estão precisando. E não é ném preciso,citar quais!!

Esse meio de campo formado por Brizola/Piquet/Latueiro vai ficar interessante...

Uhaushaushahsushashua...

Latueiro, creio que o Gordon Murray não quer saber de F1 não.Parece que ele tem um uma empresa de design e já está há varios anos cuidando da criação de um carro de passeio que deve chegar às ruas em dois anos.
Só para constar.O desenvolvimento daquela Williams de 86 foi mérito do Piquet, que aceitou o desafio de testar a suspensão ativa.O Mansell e seu engenheiro só decidiram usar/copiar depois que o sistema passou a realmente funcionar graças ao brasileiro.

Valeu, Henry!Tá corrigido.

Era o Murray quem "criava" para a Williams em 86?

Vou procurar ler um pouco sobre ele...

Acho que o Murray nunca trabalhou para a Williams.Quem assinava os projetos era um tal de Patrick Head.Ele sempre foi o "cabeça" na criação dos carros.Além de ser, na minha opinião, o maior responsável pela perda do título de 86 para o Prost.Quis fazer um inglês campeão do mundo e prejudicou todo o trabalho de Nelson Piquet.Quem se lembra quando o Mansell foi chamado aos boxes e o Piquet entrou em seu lugar?Lembram que o Patrick Head xingava tudo e a todos em frente às câmeras?No final da corrida o Piquet pediu "desculpas" por ter atrapalhado a estratégia dos ingleses.Foi a partir dali que começou a viver o inferno na equipe.

E essa agora... FIA e FOTA não chegaram a um acordo... Isso deve estar mechendo com os nervos de muita gente ao redor do mundo...

Por exemplo, nossa "querida" Rede Glóbulo de Televisão tem o direito de transmissão da F1, que não vai acabar de jeito nenhum, nem que seja preciso promover as equipes da GP2 para a F1, e a Glóbulo vai ter que passar de qualquer jeito...

Além disso, tem no contrato a exclusividade para com a categoria, então a Rede Glóbulo vai ter que passar a F1 e não poderá passar outra categoria análoga, isto é, se a FOTA resolver criar uma nova categoria não será transmitida pela emissora querida do Galvão...

Tem gente de "olho grande" aí!!!

PS: Priscilla, mandei um add no seu skype para tentarmos resolver a questão do vídeo do Glock... Se não chegou até você é porque tem outra pri.bar no skype, então me procura: fer.engler

O homem é genial, quando tem meios e tempo, só faz coisa boa.
Este Red Bull/Toro Rosso ta ai pra provar isto.

B'HENGLER E LATUEIRO o EDUARDO DE CAMPOS lembrou bem a patrick read e companhia na williams antigamente a velha brabham, deram para o mansell a suspensao ativa que deixou a williams no çhão, mas o leão mordeu o rabo denovo e ai deram para o PIQUET e todos ja sabem o rsultado ate me arrepia so em falar so nao foi 4 vezes campeao o PIQUET por causa desses imcompetentes. ummm abraço

Esqueci quem desenvolveu foi o PIQUET, viram que funcionou e deram para o MANSELL, o mordedor de rabo

em 86 Patrick Head desenhava os carros, junto com mais alguém que não lembro. FW14B foi a obra prima de Newey que infelizmente se foi e nos deixou na mão...snif

ÓLA Galera. Depois falaremos desse impasse entre a FIA E FOTA...E uma declaração interessante do Briatori,sobre ter que cortar 50% dos funcionarios se aprovada esse teto orçamentário para 2010. E é claro[não entendo de leis] a ação imposta na justiça,pela a Ferrari. "VAMOS FALAR DE COISA BÓA??" Eu acredito que a maior velocidade, final de um carro de F1...ainda pertence a PIQUET 402kh ou algo parecido. Com a wilhans!!no circuito antigo da alemanha,quando este ainda cortava a floresta[que saudades] só não me lembro se foi ém 86 ou 87? Alguém ai tém mais detalhes...

É Brizola...

O Piquet só não foi 4 vezes campeão porque a equipe achou que ele pilotando gastava tanto pneu quanto o Mansell e mandou ele trocar os pneus e deu o título de presente para o Prost naquele GP Austrália de 1986...

Aí se pode ver como é importante um estrategista dentro dos boxes de uma equipe de F1... Óbvio que a parada nos boxes dava o título ao Prost, então manda ficar na pista até estourar o pneu...

Mas aquela Williams de 1986/1987 tinha o seu ponto forte no motor Honda e não no chassis, que era bem precário, tanto que o Senna com a Lotus preta e dourada, o carro mais lindo da história da F1, conseguia acompanhar "quase" de perto com um motor Renault que na época, além de pouco potente, bebia mais que o "Mulla-lá"...

Por falar em motor Honda, completando o primeiro comentário que fiz no post, a McLaren MP-4/4 de 1988 foi o carro mais vencedor e no conjunto acho o melhor carro até hoje, mas com certeza o FW-14B foi o com o melhor chassis fabricado até hoje...

Legal a matéria Priscilla. O primeiro emprego dele em automobilismo, logo após se formar foi na equipe Fittipaldi, sob o comando de Harvey Postlethwaite, saudoso.
Parabéns

Voces se esqueceram que foi esse cara aí que projetou a Willians do Senna em 94? Como disse o Senna na epoca, o carro era "inguiavel". A FIA proibiu a suspensao ativa em 94, ai o carro mal conseguia fazer curva.

O carro de 92 e 93 só andava por causa da suspensao ativa. Sem essa suspensao o carro era uma m..., a maluquice aerodinamica inventada foi por por agua abaixo.

Esqueceram tambem do remendo na barra de direçao no GP de San Marino (Imola). O remendo quebrou e matou o Senna. Que engenheiro é esse que faz remendo em barra de direçao?

Faltou um "pequeno" detalhe historico nesse artigo.

Compartilhe

Twitter Delicious Facebook Digg Stumbleupon Favorites More