10 de mai de 2009

Gp da Espanha

Mais uma dobradinha da equipe Brawn. Mais uma vitória do inglês Jenson Button.


A largada perfeita de Rubens Barrichello, que largava na 3º posição e já na primeira curva se colocava à frente, parecia demonstrar que essa poderia ser a corrida do brasileiro.

Vettel perdeu 2 posições na largada e se viu logo na saída atrás de Felipe Massa.

Logo na primeira curva, um acidente deixa fora 4 carros - Trulli, Sutil e os dois Toro Rosso - e o safety-car entrava em pista.


Sem muitas mudanças após a re-largada porém, a de se destacar o pulo de Kimi Raikkon que, antes da confusão da primeira curva, já era 10º colocado. Infelizmente, não foi muito além disso. Com problemas hidráulicos, teve que abandonar praticamente na metade da prova.

Na guerra das estratégias foi quando alguns avançaram e outros ficaram pra trás.

Um dos "afetados" foi Rubens Barrichello que, ao arriscar ir a 3 paradas, viu como a sua 1º vitória do ano lhe escapava das mãos e caia no colo, mais um vez, de seu companheiro de equipe.

Outro que usou da estratégia, porém para avançar posições, foi Mark Webber que "esticou" o que pode sua 2º parada e saiu a frente de Felipe Massa e Sebastian Vettel, que brigavam por posição.


Felipe que aliás não teve muito o que comemorar - ou teve? - quando, a falta de 10 voltas para o final, lhe pediam para baixar o ritmo se não quisesse ficar sem gasolina e possivelmente não terminar a prova.

Teve que deixar Vettel e Alonso,que até então era o 6º colocado, ultrapassarem, garantindo pelo menos a 6º posição.

As Mclarens mais uma vez tiveram um péssimo fim de semana e nenhum de seus pilotos pontuou. Aliás, Hamilton terminou em 9º lugar mas Kovalainen sequer terminou a prova.

Nick Heidfeld, mais uma vez, em uma estratégia de longas paradas marcou 2 pontinhos para a BMW, depois de largar na 13 ºposição.

Os 8 primeiros foram:
1. Button, 2. Barrichello, 3. Webber, 4.Vettel, 5. Alonso, 6.Massa, 7. Heidfeld e 8. Rosberg.

O campeonato agora mesmo assim:
Button 41 pts, Barrichello 27 pts, Vettel 23 pts, Webber 15.5 pts, Trulli 14.5 pts.

No campeoanto de construtores:
Brawn GP 68 pts, Red Bull 38.5 pts, Toyota 26.5 pts, Mclaren 13 pts, Renault 9 pts, Ferrari 6 pts, BMW 6 pts, Williams 4.5 pts, Toro Rosso 4 pts

Fonte:www.marca.com

24 comentários:

Priscilla

teve uma declaração bem inusitada do Kimi, ele reclamou que não estava conseguindo enxergar o semáfora na largada por causa da altura dos aerofólios.

Ele é bem alto é o primeiro a reclamar sendo q já se passaram quatro GPs. hahahaha

Priscilla...

Sobre seu último comentário no post anterior, a estratégia do Button é válida, óbio, mas o que fizeram com o "pé-de-chinelo" foi uma sacanagem... Não em relação às 3 paradas, mas no tamanho dos stint's, a última parada deveria ter sido feita a 5/7 voltas do fim da prova e ele teria vencido...

Mas como é o segundo piloto, eles sacrifiram sua ótima estratégia (que se fosse seguida pelo Vettel teria vencido a prova) para favorecer o piloto escolhido pelo "tio" Nrawn para ser campeão e quase perderam a segunda posição e, consequentemente, a dobradinha...

E sobre o lance do Trulli, ele escapou para a brita e sequer tirou o pé do acelerados, achando que poderia voltar para o meio do pelotão... Isso é irresponsabilidade pura!!! Logo vai dar m$rd@!!!

Analisando novamente o acidente do Trulli, a conclusão q eu chego é de que ele tirou sim o pé do acelerador e tirou as mãos do volante.

Quando ele perdeu a traseira do carro, metade do carro estava na brita. Se ele tivesse pisado nos freios, saíria rodopiando e teria acertado muito mais carros. Se tivesse mantido o pé no acelerador ele teria dado um giro em torno do eixo dianteiro. Do jeito q ele atravessou reto, a única maneira teria sido tirar o pé do acelerador.

Olá Priscilla!!!

A Ferrari esta um Show... de Amadorismo! com já disse no Blog do Corleone, espero que o Tiozão Montezemolo leve os kit de 'massagem' do Mosley na reunião de amanhã....

Até mais...

Priscilla,
Eu acho ridículo o campeonato já ter acabado na 5a. etapa, mas vamos fazer de conta que não sabemos.

O Alonso teve que comemorar passar em 10o. para Q3, mesmo sem gás, largou em 8o. em casa. Hamilton, Massa, Kimi, todos já fora da disputa.

O Briatore está pra se aposentar, a única saída do Alonso é o Santander.

Sinceramente, sacanearam o Barrichello hoje. A categoria sai perdendo com isso.

Triste

Sacanearam o Barrichello? E o terceiro stint, que ele andou mais lento do que o Button, não conta? Ele sequer chegou no Vettel p/ tr a desculpa de que ficou preso...

Barrichello perdeu a corrida em dois momentos: quando Button foi mais inteligente e mudou a estratégia e no terceiro stint, no qual não andou, rodando mais lento até que Felipe Massa.

Barrichello ficou devendo hoje. Como o Vettel.

Hoje é dia 10 de maio e o campeonato já está decidido.

Pode passar aqui no GP de Abu Dhabi, dia 1 de novembro, para conferir...

Eu não falaria nada, mais não vou com a cara do tio Ross!

Eu não duvido nada que o fato dele ter andando tão mal no segundo e no terceiro foi os pneus escolhidos a dedo...

É serio, odeio teorias conspiratorias. Porém, sempre... sempre que o Barrichello tem chances de passar o Button depois da parada nos Boxes o desempenho dele cai e muito....

Eu até culparia ele, como eu sempre faço, porém tem hora que as ficam inexplicaveis! Ninguem acha estranho o Rubens sempre ter andado mais rapido que o Button no tempo da Honda? E agora não, ou mesmo nos finais de semana andar mais rapido que o Button, e só na corrida, ou mesmo em uma volta especifica do classificatorio não?

Tipo... Pra mim, o que ta acontecendo é uma coisa muito comum na F-1! Favorecer os pilotos de "certos paises", com o Hamilton fora da jogada, com certeza tem um interesse muito grande em ter mais um piloto Inglês campeão! Foi assim com o Hamilton... Que mesmo eu também o considerando um bom piloto, em condições "normais" não teria terminado o campeonato na frente do Alonso, muito menos teria ganhando o campeonto ano passado.

Priscila,

No início da temporada a Brawn GP tinha uma certeza, uma dúvida, um medo e uma tranquilidade:

A Certeza: Temos o melhor carro do grid;
A Dúvida: Até quando teremos o melhor carro do grid;
O Medo: Se nossos dois pilotos dividirem as vitórias nesse período de supremacia, poderemos ter problemas lá no fim da temporada;
A Tranquilidade: O Rubinho é um dos pilotos e vai entender que a equipe não pode ser prejudicada.

Ninguém conhece o 1B melhor que o Ross Brawn... ninguém mesmo, nem os pais dele, nem a mulher dele e nem o próprio Rubinho.

e ai B´hengler estou matando a saudades do schumy, vc sabe o que estou falando, ROSS é atirador de ELITE sabe o que ta fazendo pegou novamente o rubinho que ta pagando para correr com o carro dele que diz que é acertador de carro, novamente esta acertando o carro para os eupopeus, a estrategia do ROSS eu ja sabia so o galvao que se emocionou na tv, tenho dó tambem do galvão.

Realmente o Rubinho andou mal no seu 3º stint... Tinha gasolina para uma volta a mais que o Button e pneus novos e ficou devendo...

Mas foi uma sacanagem o que a BrawnGP fez, porque esta estratégia de 3 paradas como foi executada é suicida... O número de voltas que o Button andou no 2º stint o Rubinho teria que fazer 2 stint's... Isso é suicídio e uma tática que equipe nenhuma executaria se quisesse seu piloto vencedor...

Mas o Rubinho é o melhor segundo piloto da história da F1, subiu no podio com aquela cara de "c* sem lavar" e vai ficar quietinho, porque irão lhe prometer igualdade de condições para o carro do ano que vem...

Uahsuahasushahsshau...

Pórem, ele está a apenas 14 ponto do Button, aí vamos imaginar que na próxima corrida o Button quebre e o Rubinho ganhe ("não custa sonhar"!!!), o campeonato está de volta, Rubinho fica a apenas 4 pontos do lider...

Essa é a vantagem do campeonato disputado por pontos, se fossem as medalhas já era!!!

PS: Pois é Brizola, esse Ross Brawn é uma pedra no sapado dos brasileiros...

Pô, lembrei de outra coisa...

E aquela conversa do engenheiro do Barrichello dizendo que pela projeção do computador ele já tinha encostado no Button!!!

Os caras sabiam que ele pararia apenas 1 volta depois do Button e que esta a 8s dele, e ficavam dizendo que estava tudo sob controle para minarem o ímpeto do brasileiro...

Tudo bem que ele falhou, conforme o comentário acima, mas foi uma armação enorme, diria até que passível de punição pela FIA!!!

Tem razão...
Mais uma vitória da Brawn, mais uma vitória de Button e mais uma corrida sem sal na Espanha.
De novo as estratégias se sobressairam às pilotagens.

B'Hengler,

Me adiciona no msn (se usar): jackiechaves@hotmail.com

Para agente tentar combinar melhor os criterios para melhorar essa analises...

Acho que, se em um carro de F-1, o consumo é diretamente proporcional a velocidade, podemos estabelecer uma media e tentar calcular como cada piloto se comporta... E usar como base o comportamento do melhor piloto da equipe durante a corrida, que provavelmente foi o que errou menos e logo o que desperdiçou menos gasolina...

Haha.. Bem, agente conversa depois..

Ah sim.. Quem mais tiver interessado pode add tb haha

Ah.. E sim, to querendo complicar as coisas sim...

Mais é que não custa pelo menos tentar melhorar a margem de erro das previsões! Nem que seja só pela diversão de analisar os dados da corrida!

Pelo que vi mudaram de última hora para três paradas, fizeram uma primeira parada mais rápida do Rubinho que não estava programada.... ou seja ... sacanearam com ele ...... pra mim tá óbvio o favorecimento ao Button

No caso do Massa parece que foi erro na bomba de reabastecimento e não um erro de cálculo como foi falado .......

t+
http://netesporte.blogspot.com/

Só voltando ao caso do Rubens, vamos a alguns dados...

O tempo total do pit do Rubens: 1:08.884

O tempo total do pit do Button: 50.767

Diferença: 18.117

--

GAP Rubens -> Button

* = Volta antes do pit.

R = Rubens no pit / B= Button no pit

B*Volta 17 : 1.384

Volta 20 : 7.521

R*Volta 30: 13.594

Volta 32: -8.789

B*Volta 47: -12.101

R*Volta 49: 15.470

Volta 51: -7.115

Volta 66: -13.056

... Não vou analisar profundamente os dados... Mais da para ver que a Diferença do Pit foi muito mais consideravel que o baixo desempenho do Barrichello...

Vemos pela volta 32 e 51 que o Rubens estava andando (na media) melhor que o Button, Porém para quem tava 1.3 na frente, voltar 7.1 atrás.... O prejuizo é grande! Ainda mais que ele não ia conseguir ultrapassar o Buttom mesmo que voltasse a andar rapido... Ele tinha 15 voltas para tirar 7s e ainda passar... Impossivel nessa pista! Mesmo depois do pit ele não tivesse andando mais lento, não ia adiantar ele teria que ter voltado na frente!

Esses 18s realmente fizeram diferença... Até porque ele tava viando pesado quase a mesma coisa de leve...

Poderia ter chegado cerca de 10s na frente do Button mesmo com o pessimo desempenho depois da ultima parada.

Não fico surpreso quando falam sobre "teoria da conspiração" para favorecer o Button e observo que para essa "teoria" dar certo tem de haver um submisso, no caso o Rubens. Insisto novamente e serei chato: Ross, o atual "mago" ingles da F1 só contratou o Rubens porque sabe que ele é o piloto submisso ideal desde os tempos de Ferrari, para fazer do seu piloto ingles campeão pilotando o seu carro ingles junto com o patrocinador ingles.
Hoje, depois da coletiva para a imprensa estrangeira,Rubens diz para a nacional, jogando para a torcida brasileira, que penduraria as chuteiras caso Ross Brawn admitisse que as suas tres paradas foram para favorecer Button, diz ainda que não planejaram as 3 paradas em nenhum momento e que Ross disse ter sido apenas uma coincidencia...Ô Barrichelo, vc ainda acha que os brasileiros são bobos?? Admita logo que vc assinou para ser o 2º e não fique iludindo seus compatriotas. Vá disputar o mundial de golfe.

Desculpem-me por ser chato, mas vou insistir. Quando Barrichello parou para seu segundo pit, estava 13 segundos à frente de Button. Mesmo que fossem parar "juntos" (diferença de uma ou duas voltas), no ritmo que ele Barrichello rodava antes da parada dava para, no mínimo, encostar no companheiro. O "x" da questão seria se conseguiria ultrapassar o Vettel e o Massa. Mas o fato é que ele nem enconstou na RBR...

Tática suicida ou não, foi o que combinaram antes da prova. Mas Button tinha um plano B. Barrichello não tinha ou não optou por ele? O plano B foi discutido com Barrichello e seu engenheiro? Eu acredito que sim. Se o rádio avisou que o inglês mudara para a tática "B", é porque Barrichello sabia. Sendo assim, não há espaço para teoria da conspiração.

A verdade é uma só: o inglês está sendo melhor que Barrichello e merece essa liderança no campeonato. Não estamos mais na época de Schumacher. Creditar os insucessos de Rubens Barrichello somente às "sacanagens" e "teorias conspiratórias" é errado no meu entender. Rubens Barrichello está em sua 17.ª temporada. Não o vangloriavam tanto por sua experiência? Pois bem, hoje ele tomou uma aula de Jenson Button. E a não ser que mostre mais vontade e inteligência que o inglês, não será campeão.

Don Corleone...

Vejo de uma maneira intermediária... Não acho que foi "teoria da conspiração", acho que foi má fé mesmo... O fato das três paradas poderia ter dado a vitória para o Barrichello, quando o Button colocou pneus duros passou a virar em 1:24'5... Se o brasileiro tivesse ficado na pista mais umas 8/10 voltas sairia dos boxes mais de 10s à frente do inglês...

Se era para fazer três paradas o último stint, com pneus duros, seria muito próximo do final da prova para aproveitar ao máximo os pneus macios que eram muito mais eficientes... Para andar o mesmo stint final com pneus duros não precisava fazer três paradas...

É por isso... Foi uma sacanagem... E a cara do Rubinho no podio ilustra bem isso... Não que ele seja um "grande" piloto, apenas foi sacaneado, mais uma vez...

Don Corleone,

Já eu insisto em dizer que é simplesmente impossivel um cara como Ross Braw planejar uma tatica de 3 paradas para essa corrida!

Sempre foi, e sempre será uma pessima tatica para essa pista! E os numeros não mentem (as pessoas sim), nem Senna escapava desse problema de favorecimento para os pilotos "da casa"! Vide Hamilton x Alonso!

A diferença que na epoca de Senna não tinha parada para abastecer... Logo não tinha como interferir tão diretamente no desempenho do piloto na pista.

Rubens, nunca foi e nunca sera um grande piloto! Porém Button, não é grande coisa também não!

Esse Ross Braw, é o mesmo que mandou o Rubens deixar o Shumi passar lembra? Se eu sou o tio Ross, eu ia fazer o mesmo para fazer o piloto do meu pais ganhar! Inventar uma desculpa depois é o mais facil...

Não sei se você considera o Alonso um piloto pior que o Hamilton, porém diferente do Rubens, o Alonso coloca a boca no trombone! Todas as equipes de ponta... Todas, sempre tem essa de "primeiro" e segundo pilto... E claro, vão negar sempre até a morte!

Massa já foi segundo piloto do Kimi, assim como o Kimi foi o segundo piloto do Massa, porque ele kimi já estava muito atrás no campeonato!

Se você comandasse uma equipe de F-1, e um dos seus pilotos fosse do seu pais, e ganhasse a primeira prova, e o companheiro de equipe fosse um frouxo, que você já sacaneou muito, por muitos anos, você não ia fazer de novo só para que seu 'preferido' ganhasse!

Cara, eu não trabalho na F-1! E mesmo assim, só de olhar os numeros consigo ver que por A + B que o 'outro' teria ganhado essa corrida usando a estrategia mais obvia de todas...

Eu também ia dizer que já foi combinado usar 3 paradas.. Eu chegava no Rubens e falaria.. É capaz de agente querer usar 3 paradas... Esse seria meu "plano B" caso ele passase o meu preferido!

A primeira parada já foi sacanagem... Ele tinha duas voltas a mais de combustivel e parou na volta seguinte! A segunda parada também foi antes do previsto pelo tempo de combustivel (aparece na TV o numero de voltas de acordo com o tempo)! E a terceira também...

Como eu disse em outro momento, Rubens nunca foi e nunca sera mais que um piloto mediano! Porém depois de 3 provas acontecendo coisas "estranhas" com ele, e depois dessa, não consigo acreditar que nesse angu não tem caroço!

Não seria nem a primeira, nem será a ultima vez que Ross Braw faria isso, e muito menos qualquer outro da F-1! Alonso que o diga....

É puramente fantasioso pensar que no esporte mais lucrativo do mundo (sim é a F-1) o resultado final não tem um dedo de quem paga as contas...

Já assistiram Speed Racer? Em um momento, um dos chefoes da uma "aula" de corrida de automoveis para o Speed, justamente mostrando esse outro "lado"...

E sabe porque não paro de assistir (como muita gente fez depois de Senna), porque sou burro e tenho esperanças de ver novamente um grande campeonato!

Essas novas regras da FIA é nada mais nada menos que livre espontanea pressão da midia, porque a coisa já tava ficando tão absurda que não dava mais, lembra do bafafa que deu quando o Rubens abriu para o Shumi?

Ano que vem, vai ter uma nova regra de importancia imensa para tentar trazer mais idoneadade para o campeonado, algo que quem assiste vem pedindo a muito tempo!

Vão acabar com esses abastecimetos absurdos!

Dai se o cara tem um carro bem projetado que consome pouco, ele merece ganhar porque afinal é corrida de automoveis! Porém a diferencial vai ser puramente o piloto! Ele poderá no "braço" ganhar mesmo tendo um carro não tão eficiente!

Foi isso que Senna fez durante toda sua carreita, e muitos outros pilotos de verdade!

Ano que vem, iremos ver se realmente existem pilotos "de verdade" nessa F-1! Quanto menos a equipe interferir no desempenho do piloto durante a corrida melhor! Massa que o diga... Apesar dele ter dito que foi erro na bomba, o erro foi de quem programou a bomba, a bomba em sí não é humana para errar, ou a bomba é mal fabricada ou ela estragou ou ela foi mal programada, porém se é a mesma bomba que é sempre usada tanto a primeira quanto a segunda podem ser descartadas... A bomba errar por sí só é tão impossivel quanto pular de um precipicio e voar até o espaço!

Wallacy, os acontecimentos de 12.05.2002 e 10.05.2009 são bem distintos. A única coincidência nas datas é que era dia das mães no Brasil.

Vamos por partes: Ross Brawn é aquele mesmo que mandou Rubens encostar sua Ferrari para Schumacher vencer, ou melhor, até chegar em segundo, como aconteceu na mesma Áustria, em 2001.

Não sei se alguém daqui lembra, mas tenho a entrevista oficial do Schumacher em 2002 após a marmelada da Áustria. Ele falou claramente: "o que importa são as ambições da equipe e a equipe quer vencer o campeonato mundial o mais rápido possível. A ordem veio da equipe, pois não se sabe o que pode acontecer nas próximas corridas."

Nessa oportunidade, Schumacher deixou bem claro ao vivo e em rede mundial quem era primeiro e segundo piloto da Ferrari, apesar de toda a baboseira que Barrichello falava, de que se dava bem com Schumacher, de que era piloto "1B". Papo para boi dormir, mas muita gente acreditou em terras brasileiras, "ajudados" por Galvão & Cia.

Vamos para 2009: Barrichello na Brawn. Ross Brawn é o dono da equipe. Na primeira prova, Barrichello larga mal, mas mesmo assim consegue chegar em segundo. Em Sepang, teve que trocar sua caixa de câmbio, algo normal para um carro pouco testado. Na corrida, trocou pneus de seco para seco, uma volta antes da chuva despencar. Algo também normal de quem não queria arriscar antes da hora, como fez Raikkonen e a Ferrari. Largou em 8.º e chegou em 5.º.

Shangai: Barrichello consegue se classificar na frente de Button. No dia da corrida cai outro toró e toma mais de 50 segundos em volta de prova em relação a seu companheiro. Descobriram, ou melhor, lembraram que ele freava diferente de Button (algo que já se sabia desde meados de 2006) e que as calotas traseiras prejudicavam seu desempenho. Afirmou que freava com 3 rodas (naquele aguaceiro, não acredito). Mesmo assim amealhou a quarta posição.

Bahrein: Button larga em 4.º e Barrichello em 6.º. Button conseguiu ultrapassar Hamilton na abertura da segunda volta e remou para vencer. Barrichello ficou para trás, mudou sua estratégia para 3 paradas (o que não foi contestado por ninguém, nem por ele), ficou trancado atrás do Piquet por 3 voltas e com um carro melhor não conseguiu ultrapassar o Hamilton. Terminou em quinto.

Montmeló: leio nas notícias que Brrichello falou "duro" com a equipe e cogitou abandonar a temporada se houve favorecimento deliberado ao Button nessa corrida.

Pelo o que você escreveu acima, Wallacy, Barrichello já poderia ter arrumado as malas. Contudo, vendo o histórico desse ano, não consigo afirmar que houve sacanagem ou Barrichello foi prejudicado na Espanha ou em outras provas. Tudo circunstancial. E mesmo que estejam fazendo Barrichello de "bobinho", fica complicado afirmar que o prejudicaram na Espanha, depois que a estratégia de ambos os carros era parar 3 vezes.

Ross Brawn é um excelente estrategista, mas não é infalível. Quem aqui lembra do GP da Austrália em 2003? Foi a primeira classificação com a regra de não reabastecimento após o treino oficial. A Ferrari fez a primeira fila, mas largou leve demais, e quem venceu foi o Coulthard, que veio de 10.º. Schumacher chegou em 4.º. Aliás, a Ferrari apanhou na classificação naquele ano, até o Barrichello encaixar uma senhora volta em Interlagos (11 milésimos à frente do Coulthard).

Com todo o respeito, entendo seu ponto de vista, mas na minha opinião tudo o que Rubens Barrichello passou (ou deixou de pasar, sei lá) esse ano foi circunstancial. É claro que na F1 o que interessa é bu$ine$$. Pode até ser que Button seja realmente o preferido de Ross Brawn. Mas até agora, não dá, com os fatos acima, para afirmar categoricamente que Barrichello foi sacaneado. Até o que aconteceu com Alonso em 2006, p.e., foi bem diferente. É colocar um piloto mediano, como afirmado, na condição de "bom piloto injustiçado", o que não acontece e jamais aconteceu, mesmo na época de Maranelo, pois ele sabia muito bem do seu contrato.

Até mais.

P.S.: o fim dos reabastecimentos tornará a F1 mais chata ainda. O Wallacy lembrou dos tempos áureos de 1985 a 1991. Peguem a temporada de 1992 para assistir. Quando se tem um carro espetacular e primeiro e segundo pilotos bem definidos (como alguns acreditam que acontece esse ano, ainda que disfarçadamente), as corridas são extremamente monótonas. Eu sou contra. Espero que eu esteja errado. Veremos em 2010.

Tomara q o Rubinho não descubra se houve favorecimento para o Button, porque é hilário as desculpas depois de uma classificação em que perdeu para o Button ou depois da corrida em que fiocu também atrás dele.

O Rubinho tem 17 anos de F1, e até hoje não aprendeu que F1 o buraco é muito, mas muito em baixo.

O Rubinho é o melhor segundo piloto de todos os tempos.

Mas concordo com o Wallacy em ponto, todos nós somos burros por assistir F1. Por lá os únicos que estão por amor ao esporte são os engenheiros e mecanicos. O resto só quer saber de status e dinheiro.

Um exemplo, é que foi só o incidente da Australia ser o suficiente para abalar e romper a amizade que existia entre Hamilton e Dennis.

Estratégias iguais....diferentes....mudanças de última hora...plano A....plano B...tudo isso envolvendo o 1° ou o 2° piloto Rubens, me lembra uma cena nos boxes da Willians quando corriam Piquet e o ingles Mansell que tinha o apoio declarado do tambem ingles Patryck Head: o pit estava pronto para receber o Mansell com os melhores pneus(lenda?) e Piquet antecipou a sua troca fazendo com que a equipe trabalhasse a contra gosto em seu carro e eu até hoje visualizo o Patryck Head soltando um sonoro palavrão(alguem disse/traduziu, não ouvi, acho que foram os meninos do Fantastico que fizeram a leitura labial..rsrsrs)....mas o que quero mesmo é traçar uma comparação da atitude tomada entre os pilotos Piquet no passado e Barrichelo na atualidade, se é possivel...

Compartilhe

Twitter Delicious Facebook Digg Stumbleupon Favorites More