16 de fev de 2009

ING deixa a Fórmula1

...e, sendo assim, também a equipe Renault.


A ING, há alguns meses atrás, anunciava uma redução de 40% dos gastos na Fórmula1, que até o momento afetava apenas a publicidade nos GP's, e mais de 7000 despidos na empresa.

O contrato com a equipe Renault , que é de 3 anos, termina ao final da temporada de 2009, e o banco holandês decidiu não renová-lo. Preferiu fazer agora o comunicado para que a equipe francesa possa buscar um novo patrocínio o quanto antes.

A temporada 2009 está garantida, mas o anúncio antecipado deixa lugar a dúvidas. Os rumores seguem rondando a equipe francesa: a crise financeira e um suposto pré-contrato de Fernando Alonso com a Ferrari, são alguns dos titulares .

Flávio Briatore, logo após ao comunicado da ING, tratou de dar um pouco de tranquilidade:

"A redução drástica de gastos tem sido uma das prioridades na agenda da FOTA e, com o atual programa de medidas, acreditamos que podemos garantir um futuro sólido para nossa equipe e para a F1"
- disse o chefão da Renault.

Esse ano, a equipe Renault, definitivamente, precisa aspirar a todos os títulos. A Renault precisa deixar uma boa imagem já que terá que conseguir um novo e caro "adesivo" para o futuro "R30".

Desde sua chegada à Fórmula1, em 2007 , a ING teve um aumento de 16% em seus investimentos, porém teve uma perda de 1 bilhão de dólares só em 2008.

Atualmente, o banco holandês investe 77 milhões de dólares na Fórmula1.

10 comentários:

Pois é Priscilla, se a equipe não conquistar algum titulo esse ano e Alonso for pra Ferrari em 2010, dificilmente Briatore conseguirá um patrocinio de peso pra manter a equipe.
Somado a isso tem a má vontade do presidente da Renault, Carlos Ghosn, em investir dinheiro na F1.

Se a equipe for bem em 2009 haverá uma chance de que continue em 2010.

Não sei se a HP teria coragem e condição de assumir o lugar da ING em 2010.

Eu aposto com quem quiser que todos na F1 estão com saudades da indústria tabagista. Todos, menos a Ferrari, é claro, que ainda tem a Marlboro (leia-se Phillip Morris) por trás.

Olha, se a Renault sair da F1, Nelsinho fica a pé e nem como piloto de testes se arruma em 2010. Dá-lhe Bruno Senna!!!
www.motorizado.wordpress.com

A Renault tem que começar a procurar um novo patrocinador agora ou então vai pro mesmo caminho da Honda. Lutar pra tentar sobreviver.

Na minha singela opinião, acho que com relação a patrocínios, as equipes da F1 só vão conseguir bons investidores, somente a FOTA e FIA formularem o corte de custos necessários para a temporada 2010. Hj, no inicio desta tempora, sem essa definição com relação a custos das equipes, acho díficil alguma grande empresa acertar com a Renault e demais equipes.

Para se reduzir drasticamente os custos é preciso substituir o mundial de construtores por um mundial de equipes...

Isso permitiria a comercialização de chassis e reduziria o custo permitindo a volta dos garagistas...

Além de substituir o mundial de construtores por um de equipes, seria legal se a própria FIA parasse de "gastar" tanto...

Além dos altos preços das licenças, cerca de 50% de toda a renda das corridas vai para a FIA....

Se a FIA não fosse tão gananciosa as equipes teriam o dobro de renda e com certeza dependeriam bem menos de patrocínios etc.

A FIA está tornando a FIA um esporte não rentável.

100% de razão Wallacy...

Tinha esquecido isso...

Realmente, a FIA fica com 1,5 bilhões da TV por ano (só com a F1)...

Com esse dinheiro dá prá montar um campeonato com 15 equipes...

O que vem a ser esse pré-contrato que a imprensa espanhola inventou?

Se no momento ele não significa nenhum vinculo de Alonso com a Ferrari e nem garante que haja no futuro, prá que serviria este suposto prá-contrato?

Rafael,

Se existe um pré-contrato, existe um vínculo.

Assim como exitiu um pré contrato com a Mclaren em 2006 pode ser que exista esse pré-contrato com a Ferrari. A diferença é que o da Mclaren foi divulgado.

Agora, nao sei se essa história de pré-contrato saiu dos espanhóis,nao.

Lembra do "furo" da Gazzeta?!

Compartilhe

Twitter Delicious Facebook Digg Stumbleupon Favorites More