5 de fev de 2009

FIA quer ainda mais reduções para 2010

A FIA quer mais reduções de custos para 2010. Em Dezembro do ano passado, a FOTA chegou a um acordo com a FIA sobre algumas medidas para reduzir os gastos da categoria já para 2009, e algumas também para 2010.


O fato é que apesar da decisão de padronizar vários elementos na temporada de 2010, a FIA teme que outras equipes possam abandonar em breve a categoria e, por isso, quer recortar ainda mais os gastos. As equipes, claro, agradecem...

De momento, o sistema de rádio, a telemetria e a transmissão, já estão certos como estandar para 2010, mas a FIA também propõe que caixa de câmbio, rodas, freios e suspensões também sejam padrões, uma vez que são peças caras e que não afetam diretamente a competição.

Porém, como já sabemos, tudo deve ser votado com unânimidade e segundo algumas declarações, como a de Ron Dennis, parece que isso não irá acontecer:

"A F1 não deveria ser uma fórmula onde os motores e uma grande quantidade de componentes devam ser iguais".

Aproveitando a reunião, a FOTA também debateu algumas medidas para reduzir gastos.

Entre os temas da reunião, também tiveram tempo para discutir sobre a opinião dos torcedores sobre a F1(a pesquisa sobre as medalhas, por exemplo).

O resultado da pesquisa não foi divulgado, mas desse resultado sairão novas idéias para as próximas temporadas.


Fontes:www.f1-live.com
Grande Prêmio

7 comentários:

Não sei, posso estar enganado, mas estabelecer um limite para os gastos das empresas/equipes é um tanto arriscado. Pode-se nivelar o negócio por baixo e aí é ruim demais.
Quem salta de um navio dentro do mar tem de saber quandos metros de profundidade ele aguenta. A mesma coisa com as equipes. Se podem investir, se tem saúde financeira para isto, então que invistam.
Quem não tem cacife que não entre na brincadeira. Ou ache uma muleta como a Honda para sair fora.

"estandard"?

Quem merda é essa?

Desculpe, Rafael.

É estandar, sem o "d". Me confundi.

*Do inglês, Standard: Mesmo modelo, tipo uniforme de algo.

Vou dar uma reformulada no texto de qualquer forma, ok?

Eu sou a favor de padronizar.
O custo na F1 vai cair e mais equipes garagistas podem voltar ao grid.
Torço pra que isso aconteça.

Cara Priscilla:

Tomara que a redução chegue a esse patamar mesmo, era o que se gastava na época de ouro da F1...os anos 80 e começo dos 90.

Eu acho valida essa redução. Primeiro porque ninguém tem dinheiro pra ficar gastando. Com a redução, pelo menos as montadoras poderão equilibrar seus gastos. Segundo, pra equilibrar a competição. Não tem emoção nenhuma ver só a Ferrari e McLaren brigando pelo título.

Já que comentaram, adorei o uso da palavra estandar (standard). É a palavra que os tiozinhos da Escola de Frankfurt usavam para definir os produtos resultantes da Indústria cultural: estandardizados.

É exatamente o que parece estar ocorrendo com a Fórmula 1. Deixando de ser uma categoria esportiva para ser uma categoria estandardizada.

Compartilhe

Twitter Delicious Facebook Digg Stumbleupon Favorites More