29 de nov de 2008

Felipe Massa contraria Barrichello

Durante uma entrevista coletiva em Florianópolis, onde se prepara para o Desafio das Estrelas de kart, Felipe Massa contrariou a Rubens Barrichello quando lhe perguntaram pela possível estréia de Bruno Senna na F1.


"O Bruno tem que entrar. Não tem essa de ser novo, se queimar na carreira, não tem essa. O Hamilton começou jovem e andou bem. Não tem essa. A Honda é uma equipe onde o piloto aprende muito, talvez seja a hora certa. E o piloto demonstra se ele é rápido ou não, mesmo que o momento não seja adequado".

Na coletiva de imprensa, me imagino, alguém deve ter relembrado a ele o seu começo na F1, quando teve um ano horroroso e sequer terminou o ano, passando a piloto de testes para só depois retornar como piloto titular...

"Comecei cedo demais. Talvez se tivesse iniciado em 2004, quando voltei à Sauber após um ano como piloto de testes da Ferrari, a coisa seria diferente. Fui subestimado pelos erros que cometi no primeiro ano. Mas foi a chance que apareceu, não podia perder. Hoje a história é diferente".

Não entendi a do Massa. Com todo respeito, mas perdeu uma bela oportunidade de ficar calado.

Uma coisa é dar sua opinião, outra é dizer que " não tem essa, tem que entrar ". Além de estar "palpitando" negativamente sobre o futuro de um colega de trabalho que está sofrendo com a situação real de perder seu posto, está se contradizendo quando diz que começou novo demais e que deveria ter esperado.

Não entendo...


Fonte: Globoesporte.com

12 comentários:

Priscila, concordo com tudo que foi dito por você. Desculpe por ter esquecido de colocar o link do teu bllog lá no meu, é que sou meio esquecido, mas o latueiro lembrou... e eu vou colocar.

Priscilla,
Felipe Massa não contrariou a Rubens Barrichello quando lhe perguntaram pela possível estréia de Bruno Senna na F1. Massa tem uma opinião diferente da de Barrichello.

Senão, qualquer pessoa que tenha uma opinião diferente de RB sobre a estréia de Bruno estará contrariando Barrichello.

Eu também acho que, com 25 anos, com bem menos experiência do que seus contemporâneos e com a F1 de apenas 20 pilotos, seria ótimo o BRUNO já aprender fazendo, como ele mesmo falou e ter um primeiro ano onde os erros são perdoados como foi para PIQUET Jr.

Barrichello não é coitadinho contrariado, é o 7o. pontuador da F1 de todos os tempos e deve lutar para sentar no cockpit da TORO ROSSO. Bola pra frente Barrichello!

Priscilla,
Coloquei um aviso sobre sua mudança de endereço em:
http://henrychannel.blogspot.com/2008/11/felipe-motta-entrevista-felipe-massa-sc.html

Bjs

Henry,

Entendo o que vc quis dizer, mas ainda assim acho que a forma como ele falou, nao foi muito feliz e pareceu uma afronta.

Como eu disse no post, opiniao cada um tem a sua, e pode ser dada por qualquer um, mas acho que o Massa nao pensou na situaçao do Barrichello nessa hora. Poderia ter sido mais sutil, eu acho.

AH! E valeu pela força!

Wanderson,

Sem problemas. Tô no aguardo!

Bjs

Concordo contigo Priscilla...
O Massa, mais uma vez, perdeu a chance de ficar quieto... Estas coisas a gente pensa, mas não fala...
Claro que o Bruno Senna tem que entrar na F1, assim como o Rubinho tem que ficar...
Da maneira como ele colocou parece que ele torce para o Senna entrar no lugar do Rubinho, o que fica um tanto quanto chato (apesar que todos acreditam que eles briguem pela mesma vaga)...
Ainda mais se o Rubinho resolver falar um pouco mais sobre sua relação com a Ferrari e disser: "fica quieto pirralho, que você só teve chance na Ferrari porque eu pedi prá sair"...
Essas situações só levam àquele mal entendido que sempre houve entre brasileiros de mesma época na F1, como Senna e Piquet, isso fica chato e começa a sobrar farpa para todo lado...

Priscilla,
Eu sinceramente acho que o Rubens Barrichello não deve ser tratado nem deve sublinhar situações que o coloquem como vítima. No domingo, ao invés daquela entrevista do FANTÁSTICO que gerou polêmica desnecessária no AS.COM, GAZZETTA dello Sport, ITV, deveria ter pego carona com a declaração do BOURDAIS de que "Rubens é candidato à vaga da TORO ROSSO".

Bjs

A questão envolve basicamente sorte e oportunidade. No caso do Lewis Hamilton, por exemplo, para um analista - mais abalizado que o Massa, preferencialmente -, seria uma tremenda bobagem lançá-lo na temporada passada. Ele tinha ao seu lado Fernando Alonso, bicampeão mundial e algo temperamental, e não tinha experiência para lidar com pressão.

Acabou que a sorte correu do lado do inglês, o Alonso foi tropeçando durante a temporada e ele soube aproveitar a oportunidade, chegando em 2º numa temporada de estréia brilhante.

Portanto, é difícil avaliar a hora certa de lançar um piloto. Depende muito da personalidade, do estilo e da sorte de cada um.

Mas, no caso do Massa, perdeu a oportunidade de ficar calado - e isento - mesmo.

Legal que o Guard Rail agora tem um domínio, Priscilla. Só crescendo, hein? Merecidamente, pois o conteúdo continua de primeira.

Beijo!

Breiller,
Não me parece que Barrichello e Massa sejam desafetos. Aliás, Rubens aceitou o convite do anfitrião para participar do evento.

Por que ficar tão tocado por uma opinião divergente? Por que ficar isento?

O massa tá coberto de razão.
O Rubens não tem que ficar nesta de defender a posição dele atacando os outros...

Priscila.. O link que esta no meu blog joga direto pro site novo. Se quer que eu troque o nome? Se for isto pode dizer la que eu faço.é bem simples.

Ó já fiz a mudança, pelo sim pelo não... Mas parece que ficou a mesma coisa...
De qualquer forma... Tá feito.
Valeu Priscila, boa sorte na casa nova.

Óla Priscilla...vou ficar ém cima do muro! dá mesma forma, que não concordo com as reclamações e lamentações de barrichelo...achei muito "prematura" essa "exposição excessiva" de felipe massa, atráves da imprenssa. Principalménte...ém um paiz? quê históricamente, os brasileiros elevam alguém...pro céu e manda para o...??[baixo] ao mesmo témpo. Fêz uma bóa temporada, sentado no cockpit de uma ferrari!!! mas se não for bém ém 2009??? já viram, onde vão colocalo não??

Se o Massa acha certo o Bruno estrear esse ano já como piloto oficial da Honda, é um direito dele.
O que eu não achei muito diplomatico da parte dele foi dizer: "Não tem essa de ser novo, se queimar na carreira, não tem essa".
Ainda mais na presença do Barrichello.
Eu acho que pegou mal e a imprensa adora um "leva e traz" só pra ver o circo pegando fogo.
Se o Rubinho for inteligente, ele nem vai comentar pra algum jornalista sobre esse comentario do Massa.

Priscilla,
Foi uma ótima prova com excelentes disputas, mas muito bate-boca...

Calma pessoal, vocês estão numa corrida de confraternização. Que tal um suquinho de maracujá???

Bjs

Compartilhe

Twitter Delicious Facebook Digg Stumbleupon Favorites More