7 de nov de 2008

Fatos da Semana

A FOTA( Associação de equipes) se reuniu essa semana com a FIA, em Londres, para mais uma reunião sobre a redução de custos na F1. A proposta de motores clientes a um preço reduzido - 5 milhões de euros - agrada às equipes e segundo o The Guardian a medida será aceita por unanimidade.


A FOTA espera que com essa decisão, e mais a confirmação sobre a durabilidade dos motores ( passarão de durar 2 para durar 3 corridas), a FIA dê por terminado o assunto "redução de custos".


Semana que vem começaram os testes invernais da F1. Bruno Senna provará para Toro Rosso e Honda, como todos sabemos. Lucas di Grassi, que a um princípio participaría com a Toro Rosso apenas foi convidado pela Honda a testar. Outro que testará aToro Rosso é Takuma Sato. Além dos já citados, Sebastian Buemi também provará para a equipe italiana.



A equipe Force India deu por encerrada sua "sociedade" com a equipe Ferrari e tudo leva a crer que a nova fornecedora de motores da equipe será a Mclaren, como já se previa.


Três equipes já anunciaram suas apresentações oficiais para o mês de Janeiro. Toyota apresentará seu novo carro no dia 16 de Janeiro. BMW apresentará no dia 20 de janeiro e a Mclaren, sem data marcada o fará no final do mês.


Fonte:www.thef1.com

9 comentários:

Olá Priscila,


Gostaria de ver Di Grassi em ação na próxima temporada,ele tem muito potencial,pena não ter sobrenome famoso,não tenho a menor dúvida que colocaria Piquet no bolso,aliás quem não colocaria?

abraço

Gostei do seu espaço,vou te linkar no meu.

Priscila,

Assim como meu amigo Marcelonso, tmb gostaria muito de ver Di Grassi na Fórmula 1. Ele já demonstrou ser muito rápido.

Espero ver Bruno Senna ano que vem na STR, seria sensacional.

Leandro Montianele

Priscilla,
Se na 2a. corrida do motor, o piloto era obrigado a ser 'bundão', imagina agora na 3a. corrida...
É sombria a perspectiva em termos de espetáculo.

Com relação a Di Grassi, é bom lembrar que nos testes de Jerez em 19.09, ele fez tempo melhor do que Vettel, Glock e Heidfeld.

Bjs

Show, Marcelonso. Tá linkado!

Sobre o Di Grassi: O cara tem algo especial. Ele é muito bom e acho que nesses testes de inverno vai dar um "sacode" no Senna e compania.
Eu veria possível Di Grassi na Toro Rosso e Senna na Honda.

Henry,
Deve ter alguma modificaçao a nível de motores. Se com 2 Gp's a fiabilidade já era duvidosa, com 3 eles em que ter algo preparado. Além do mais, com a reduçao da carga aerodinâmica os carros serao "menos rápidos", o que pode dar um "respiro" pros motores.

Bjs a todos

Priscilla,
Corretíssima sua observação.
Haverá mais redução de giros. Agora imagine um piloto com motor de 1a. corrida disputando com um concorrente com motor de 3a. corrida...

Cara Priscilla:

Tomara que essa coisa de equipes clientes pegue para valer, gostaria muito de ver um grid com 24 carros...

Eu acho o Bruno Senna um piloto fantástico...
Claro que ele foi muito prejudicado pela ausência de categorias de base que "quase" todo piloto passa...
E apesar de tudo ele ainda é competitivo...
Mas o Di Grassi é uma pena não ter oportunidades... Ele é muito bom...
Daqueles que surgem poucas vezes no automobislismo...
Quem sabe aparece um padrinho por aí... Igual ao motor HONDA, que foi atrás do Senna onde ele estivesse na década de 80...

Vai ser uma pena ver a Honda preferir um piloto que apenas tem sobrenome famoso ao inves de um que já tem um ano de experiençia como piloto de testes e que ajudou no desenvolvimento de um carro.
Nada contra Bruno Sena mas torço muito pelo di Grassi.

Sabia... Essa coisa de motor padrão não poderia passar. Seria o cúmulo...
A FIA botou tanta pressão que a unanimidade optou por motorizar clientes a baixo custo rapidinho.

Compartilhe

Twitter Delicious Facebook Digg Stumbleupon Favorites More