12 de mar de 2009

Pré-Temporada: Montmeló Dia 4

Último dia de testes em Montmeló.

A Brawn GP, das mãos de Rubens Barrichello, fez o melhor tempo do dia, marcando o melhor tempo, também, de toda a semana: 1:18:926.

Williams e Toyota vieram logo a seguir.

A Mclaren, de Lewis Hamilton, melhorou o tempo de ontem, mas ainda assim não rendeu o esperado. Marcou o 8º melhor tempo do dia, à frente apenas da Toro Rosso e da Force India.


Nos incidentes do dia, Fernando Alonso, que ao começar uma simulação de GP, pela tarde, viu como o motor de seu R29 parava.

Tempos do dia, em Montmeló:

1
. R.Barrichello 1:18:926 110 voltas
2. N.Rosberg 1:19:774 120 voltas
3. T.Glock 1:20:091 128 voltas
4. S.Vettel 1:20:576 83 voltas
5. F.Alonso 1:20:664 64 voltas
6. F.Massa 1:20:677 92 voltas
7. R.Kubica 1:20:740 134 voltas
8. L.Hamilton 1:20:869 60 voltas
9. S.Buemi 1:21:013 92 voltas
10. G.Fisichella 1:21:045 137 voltas
11. S.Bourdais 1:21:629 27 voltas

Fonte:www.thef1.com

25 comentários:

Parece que a BrawnGP está para lutar pelos lugares cimeiros, e a Toro Rosso deve ser a desilusação da temporada.

Beijo!

Kimi_Cris

Surpreendente o desempenho da BrawGP!!

E a BrawnGP nao está usando o Kers!!

Aí é que tá Raphael F1!

Vou repetir o meu último comentário no post abaixo:

"Dessa última lista que vc passou, reparei que os melhores tempo foram feitos por equipes sem o Kers( a Williams levará o Kers desde o princípio?).

As equipes com Kers começam na 5º posiçao, com o Massa e a Ferrari.

Será que esse Kers realmente vale a pena?"

Racer,

Vou tentar achar um vídeo aqui, de hj, e repassar, que acho que vc vai adorar!

Kimi_Cris,

Já começam as apostas...Será que vc acerta?

Já tem gente achando que a Brawn tá usando gasolina adulterada de alta octanagem.
Dificil é imaginar o motor aguentar tanto tempo esse tipo de gasolina!!

Sobre o KERS, o proprio Alonso disse que o dispositivo não ajuda em nada. Acho que falta ainda muito desenvolvimento pra esse sistema render melhor.

Fico me perguntando como a Mclarem vai fazer pra melhorar esse carro?
Tá proibido os testes durante o campeonato e limitado o uso do tunel de vento.
Posso estar enganado, mas praticamente o campeonato morreu pra eles.

Ola´amigos....desde Emerson?? que a maclaren não pode ser descartada ém temporada nenhuma!!!

Pois é Priscilla, eu acho q esse KERS só atrapalha. O Ross Brawn disse q a equipe dele nao vai usar esse sistema esse ano, e segundo informações, o KERS que vinha sendo desenvolvido por eles era considerado o de melhor resultado.

A questão do KERS lembra o início da era turbo ou da suspensão ativa... Toda nova tecnologia apresenta um período de adaptação e só depois disso é que realmente apresenta os resultados positivos...

A BrawnGP impressiona porque é o carro mais limpo e com a carenagem menos futurista... SIMPLES e eficiente - e se o que estiver apresentando é real, bota eficiente nisso...

Também é a que apresenta o bico mais baixo de todos os carros... E, se não me engano, até agora só a Ferrari está andando entre os primeiros com o bico alto...

Bico alto aumenta o ar no assoalho do carro, bico baixo aumenta o ar no aerofólio traseiro...

E a McLaren pode sim, ainda, estar escondendo o jogo, apesar de eu duvidar disso... Basta ela andar com o carro com mil a duas mil rotações abaixo do limite e vai ter como acertar o carro e esconder o que vai conseguir realmente em Melbourne...

Outra coisa... Eu e a maioria é contra o motor único na F1... Mas temos que admitir, bastou colocar um motor de verdade na ex-Honda que o carro decolou... E o oposto também é verdadeiro, olha a STR com motor Ferrari... Não basta apenas o motor, o que importa é o conjunto, mas que a "prostituição" dos motores está nivelando as coisas, isto está...

O KERS com certeza da um peso a mais ao carro e dependendo de onde ele esteja instalado pode prejudicar no desempenho sim. Nesse inicio, parece ser uma vantagem estar sem, mas como o B'Hengler@RR1 disse, é uma tecnologia que leva tempo para se adaptar.

Mas a questao é: Esse ano, o Kers será vantagem ou nao? Pq nos treinos, pelo menos a uma volta, parece que as equipes sem Kers vao melhores.

Agora, na corrida já nao sei: O carro com Kers "comerá" o carro sem Kers que estiver à sua frente na largada, por exemplo.

Vantagem tem que ter pq BMW, Mclaren,Ferrari e Renault estao fazendo o impossível pra começar com ele.

Chega logo dia 29!!!

Perfeito B`HENGLER!...Eu não acredito ém blefe da maclaren...ele tém sim, problemas! Mas voçê acha que o tanto que a ferrari,quebrou nessa pré-temporada foram blefes??? Eu comparo a maclaren...ao são paulo fc!!! voçê jamais pode achar, que ele está morto ém competição nenhúma!!!

Mas aí você quer que eu adivinhe o futuro Priscilla... Sei lá... Esse ano o KERS é novidade, só vai ficar tinindo do meio da temporada prá frente, e olhe lá...

Apesar que este equipamento já é de série em algumas versões de carros à passeio... A novidade é o desempenho reforçado que a F1 exige...

Mas uma coisa eu tenho dúvida... Os carros sem o KERS terão algum adicional de peso???

pÔ eu aqui e nEm sabia que a Pri é a dona do Blog, olá, eu gosto muito de ler seu blog =D

B'Hengler,

Os carros que nao utilizarem o Kers terao o peso equivalente(40Kg) para distribuir pelo carro...

Fala Racer!;-)rsrsrs

Bjs

Não sei se o KERS influencia tanto assim. É só lembrar que Ferrari, BMW e Toyota testaram junto no Bahrein e as três andaram muito próximas. Ferrari e BMW com Kers e Toyot sem. Em Jerez tbm. A McLaren por exemplo não foi tão mal, com dispositivo. Mas a discussão é boa e valeu até um post meu.

Se o KERS será vantagem, eu acredito que sim. Mas não em todas as pistas.
Alguns questionam da vantagem e possibilidade de uso numa pista como Monaco. Numa pista de poucas retas, será que vai dar pra apertar o botão e ultrapassar? Haverá freio pra isso? O desgaste dos freios dianteiros será maior?

E eu ainda me pergunto: E se o sistema do KERS der defeito no inicio da corrida? Que desvantagem tera o carro levando aquele peso morto extra por toda corrida?

Mas aí é só adaptar um sistema de "eject" do KERS... Uahuahsaushasuhsshashua...

Falhou!!! EJECT... Uahsuahsahhsahsua...

hahahahahah...Esse B'Hengler...

Talvez as equipes trabalhem com a possibilidade de ter um carro com Kers e outro sem Kers. Será que nao?

Racer, continuo buscando o vídeo pra repassar, tá?

Boa ideia, B´Hengler!
Ae o piloto poderia esperar o adversario chegar bem perto e aperta a tecla EJECT.
Imagina aquela bateria de 40KG caindo em cima do carro do adversario? Perda Total! ushiahahahahahahaha

ok, aguardando quero ver.. XD

muito boa a ideia, seria legal um paraquedas pra amenizar o baque da queda! lahsuAsh

Brincadeiras à parte, acho que um dispositivo que desconectasse o KERS seria interessante nos casos de quebra, permitindo que o carro continuasse a corrida...

Não sei se isso foi feito, mas direto vejo carro parado por causa da quebra do KERS nos testes...

Outra coisa... Sua idéia é interessante Priscilla...

As equipes devem ter um mecanismo de colocar e tirar o KERS meio que facilmente... Durante os treinos livres fazem a melhor escolha... "Com" ou "sem" KERS... E depois é só "ir prá galera"...

Não dá pra retirar todo o KERS em caso de quebra.
Acredito que o maximo que dê pra fazer é retirar as baterias. Mas o resto está todo conectado ao motor e cambio.
E sabe lá quanto tempo seria pra retirar as baterias? Talvez nem compense.

Por isso a idéia de um carro com Kers e outro sem Kers, nao estaria mal.

Vejo complicado também retirar o Kers.

Mas em caso de quebra do KERS durante a corrida, o piloto poderia trocar de carro?
Que eu saiba não pode.
Essa opção de dois carros seria valida em pistas como Monaco ou Hungria, onde o piloto poderia testar o desempenho dos dois carros antes de decidir qual usará na corrida.

Compartilhe

Twitter Delicious Facebook Digg Stumbleupon Favorites More