3 de jan de 2010

Campeões depois dos 40

2010 será o ano em que veremos a volta de um dos maiores campeões da Fórmula1: Michael Schumacher.


Schumacher volta depois de 3 anos longe da categoria, já com 41 anos e com um currículo de campeonatos e recordes invejáveis, mas: qual será, portanto, o objetivo de Schumacher?

Fácil resposta: tentar o 8º campeonato.

Mas, "quantos pilotos foram campeões depois dos 40 anos?"

Os prognósticos não são favoráveis a Schumacher. Apenas 3 pilotos conseguiram, até hoje, "tal façanha".


Giuseppe Farina


Farina era italiano e foi o primeiro Campeão da F1, em 1950. Foi seu único título Mundial, com 44 anos. Corria ao lado de Juan Manuel Fangio, para a equipe Alfa Romeo.

Foram apenas 5 anos de carreira já que abandonou a categoria em 1955.

Juan Manuel Fangio


Fangio era argentino e é depois de Schumacher, o piloto com mais títulos na Fórmula1: 5 em total. Correu na F1 entre os anos 50 e 58.

Fangio nasceu em 1911 e 4 de seus 5 títulos foram conseguidos após os 40. Seu primeiro título foi conseguido com, justamente, 40 anos, em 1951. Seus 4 títulos seguintes foram consecutivos : de 1954 a 1957. Fangio abandonou as corridas no ano seguinte a seu 5º título, em 1958, já com 47 anos.

Jack Brabham


Brabham é australiano e correu por 15 anos na F1, entre os anos de 1955 e 1970. Jack foi Campeão em 1959, 1960 e em 1966, quando tinha 40 anos.

Em 1961 criou sua própria equipe e em 1967 viu seu companheiro, Denny Hulme, vencer o campeonato com sua equipe.


Apenas 3 pilotos em mais de 50 anos de F1 conseguiram ser campeões após os 40. Eram outros tempos, outros anos, outra Fórmula 1.

Schumacher terá um duro desafio pela frente mas que, se superado, poderá mudar a forma de pensar da nova Fórmula 1.

8 comentários:

E o melhor (ou o pior, dependendo do ponto de vista, né, B’Hengler) é que o contrato é de 3 anos. Deverá conseguir mais um título mundial e chegar a 100ª vitória aumentando ainda mais seus inatingíveis recordes.

Assisti um vídeo da estreia do alemão marcando seus primeiros pontos, em 1991, em Monza. Ano do tri do maior piloto de todos os tempos, corrida nº. 200 do grande tricampeão Nelsão Piquet, vitória do ‘leão’ Mansell nessa corrida e o ‘professor’ Prost pontuando com uma Ferrari meia-boca.

Já vale a pena pelo fanfarrão Piquet zoando com o nariz do Prost...
http://www.youtube.com/watch?v=RSy5sFy-pCk&feature=player_embedded

Mansell, Senna, Prost, Berger, Schumacher e Piquet pontuando nessa ordem. Bom demais!!!

Boa volta a todos... até que enfim....

Bóm dia a...?
Essas férias estão de matar[some todo mundo]...mas fugindo do assunto ém pauta! O que está me intrigando foi a declaração do Piquet jr? "teremos surpresas agradaveis para esse inicio de ano" vamos ver....

"Frase"...Domenicali,deu entrevista e se disse contra uma possivél volta dos pilotos Nelsinho Piquet e R.Shumacher. E não se esqueceu de F.Briatori!! Mas estranhamente se esqueceu do glorioso RON DENNIS...estranho não ???

Latueiro, alem do Ron Dennis o Domenicali tambem se esqueceu do grande vigarista chamado Michael Schumacher.

Porque será que ele não disse ser contra ao retorno do alemão "ganho na marra"??

Deve ser porque o cara é heptacampeão do mundo, né? Tá perdoado. Tipo, "Vc é safado mas é famoso, tá limpo!"

Aderson e Latueiro, também não li nada sobre o Alonso "Nada vi, nada sei".É, por que dá raiva ver como todos (ou quase todos) cairam na história de que ele nada sabia sobre a batida do N.A.Piquet.
Eu o considerava o melhor piloto dos últimos tempos, mas confesso que hoje torço para ele "quebrar a cara".Que seja um eterno bi, como é o Mika Hakkinen.
Já sobre o Schumacher, o Niki Lauda disse não apostar um Euro no título do alemão.Sei não, acho que agora o título é mesmo do queixudo.O Pai Dinah Lauda nunca acerta uma...Rsrssss...
Outra coisa, repararam como tá cheio de mortos-vivos querendo voltar pra F1?Ralf Schumacher, Jacques Villeneuve,Pedro De La Rosa...como se já não bastassem o Barrica,Trulli,Fisichella,Weber...
Daqui há pouco vamos ver Mansell, Prost,Nelsão(pra lavar a honra dos Piquet),Damon Hill, Coulthard e, para minha alegria, Andrea De Cesaris, o maior destruidor de carros que já existiu na F1.Tanto que o Piquet saía triste da classificação quando largava perto dele.Dizia que o De Cesaris virava o olho pra trás quando guiava...

Se o alemão conseguir a proeza estará em um panteão de gente muito boa.

Feliz ano novo Priscila.

É!! eu me esqueci do Shumi e Alonso e o Domenicali também...alias! ele esqueceu de si mesmo. Pois participou ativamente de todas as falcatruas da era Shumacher.

Parece que o Schumacher quer ser o primeiro a entrar para a lista sem foto preto e branco. Se bem que prateado é quase isso. Enfim, ele que tente...

Compartilhe

Twitter Delicious Facebook Digg Stumbleupon Favorites More