27 de nov de 2011

Gp do Brasil

A temporada 2011 da Fórmula 1 se despede com uma vitória de Mark Webber pra fechar com chave de ouro uma magnífica temporada da Red Bull.



Foi a primeira vitória do australiano essa temporada que termina o Mundial como terceiro colocado. Com Webber no pódio, Sebastian Vettel, que "cedeu" a vitória a seu companheiro de equipe depois de ter "problemas com sua caixa de câmbio" durante grande parte da corrida.

Sebastian recebeu a notícia do problema em sua caixa de câmbios -apesar de que continuou usando suas marchas, normalmente- e baixou o ritmo, a ponto de ser alcançado por Webber. O que parecia que terminaria sendo um problema "crônico" no câmbio não deu em nada, já que Vettel manteve Jenson Button a todo momento controlado, na terceira posição.

O inglês garantiu o vice-campeonato, merecidíssimo, ultrapassando Fernando Alonso nas últimas voltas. O espanhol aguentou o ritmo até o 3º pit stop, quando teve que colocar o temido composto "médio", os mais duros escolhidos pela Pirelli para este GP.

Alonso não pode subir ao pódio mas conclui uma fantástica temporada no que diz respeito a pilotagem. Com a vitória de Webber, teve que se contentar com a 4º posição no Mundial, meritória se temos em conta que a Ferrari é a apenas a 3ª melhor equipe do Mundial.

Na 5ª posição, Felipe Massa, que não teve seu melhor Gp Brasil. O brasileiro optou pela estratégia de apenas 2 pit stop's, quando o ideal seriam três, segundo Massa, por um problema em um dos jogos que deveria utilizar durante a corrida.

Na 6ª posição um Adrian Sutil em uma de suas melhores apresentações. Seu objetivo era superar aos dois Mercedes em pista e conseguiu a base de estratégia e algumas bonitas ultrapassagens. Apesar dos discretos resultados durante o ano, termina o Mundial de pilotos na 9ª posição superado apenas pelos 8 "grandes".

Uma das ultrapassagens de Sutil hoje em Interlagos foi justamente para superar a Nico Rosberg, 7º colocado. Mais uma vez, o carro foi apenas regular, sem ritmo durante a corrida. Nico ainda enfrentou problemas com os pneus, o que condicionou um pouco mais sua corrida.

No 8º lugar, Paul Di Resta, o "rookie" do ano. O escocês termina o ano na 13ª posição no Mundial de pilotos com 27 pontos, pontuando em 6 ocasiões e colaborando assim com o 6º lugar no Mundial de Construtores da Force India.

O nono lugar ficou com Kamui Kobaysahi, depois de largar na 16ª posição. Mais uma vez as estratégias jogaram a favor do japonês que consegue um excelente resultado.

Fechando a zona de pontuação no GP Brasil, Vitaly Petrov. O russo largou na 15ª posição mas se aproveitou das confusões dos rivais -incluindo Bruno Senna-, da estratégia e do bom desempenho para lograr mais um pontinho.

Confusão entre Senna e Schumacher




Na décima volta da corrida, quando disputavam posições na zona de pontuação, um toque entre Senna e Michael Schumacher, no "S do Senna", complicou a corrida de ambos pilotos. Schumacher teve seu pneu traseiro esquerdo furado e Bruno Senna, penalizado pelos comissários com um drive-trought por ser o causante do "acidente", terminaram 15º e 17º, respectivamente.


Assim terminou o GP Brasil:

 1.  Webber                      Red Bull-Renault                       1h32:17.434
 2.  Vettel                          Red Bull-Renault                       +    16.983
 3.  Button                        McLaren-Mercedes                    +    27.638
 4.  Alonso                        Ferrari                                        +    35.048
 5.  Massa                        Ferrari                                        +  1:06.733
 6.  Sutil                            Force India-Mercedes                +     1 lap
 7.  Rosberg                     Mercedes                                    +     1 lap
 8.  Di Resta                     Force India-Mercedes                +     1 lap
 9.  Kobayashi                  Sauber-Ferrari                            +     1 lap
10.  Petrov                        Renault                                       +     1 lap
11.  Alguersuari                Toro Rosso-Ferrari                      +     1 lap
12.  Buemi                        Toro Rosso-Ferrari                      +     1 lap
13.  Perez                         Sauber-Ferrari                             +     1 lap
14.  Barrichello                  Williams-Cosworth                      +     1 lap
15.  Schumacher               Mercedes                                    +     1 lap
16.  Kovalainen                 Lotus-Renault                              +    2 laps
17.  Senna                         Renault                                        +    2 laps
18.  Trulli                            Lotus-Renault                              +    2 laps
19.  D'Ambrosio                 Virgin-Cosworth                           +    3 laps
20.  Ricciardo                     HRT-Cosworth                             +    3 laps

E assim terminou o Mundial de Pilotos para os 10 melhores:

1.Vettel - 392    
2.Button - 270   
3.Webber - 258 
4.Alonso - 257   
5.Hamilton - 227 
6.Massa - 118     
7.Rosberg - 89     
8.Schumacher - 76
9.Sutil - 42            
10.Petrov - 37      

8 comentários:

Hummmmm...

Estava em um almoço de família e mal pude assistir à corrida direito, imagina opinar sobre esse ou aquele assunto polêmico...

No caso do Bruno x Dick eu tinha a impressão que o alemão estava errado pelas imagens da prova, mas pelos comentários da galera aqui estava enganado...

Já no caso da bela ultrapassagem do Alonso sobre o Button no laranjinha, não custa lembrar que o inglês não iria se arriscar e entregar o vice de lambuja para o "Wuéba"... Foi tão nítido que ele tirou o pé quanto a experiência do Alonso em saber disso e ter certeza que não corria riscos!!!

No mais, o Nelsão parecia que sabia o domingo que o Vasco teria hoje... Impressionante!!!

Ta bom B´Hengler, é claro que o Butão não iria disputar aquela curva com o Alonso, mas dai a tirar o pé não...pois quando ele procurou o Alonso no retrovisor na entrada do laranjinha, este ja estava o passando feito um foguete.

Resumindo...aquele local se chama laranjinha exatamente por isso...por que o nego chega e tira o pé...e Alonso fez o contrário, deu pé.

Ou vç tambem acredita que o Vettel relembrou Senna 91 e correu sem marchas e no mesmo ritimo do vencedor??

Kkkkkkkk...

Que comparação!!! Nada a ver...

Sobre o Vettel, deveria ter uma regra na F1 que, quando o piloto desse uma declaração dessas, "sem noção", ele deveria ser excluído da prova!!!

Kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk...

Pior que a declaração do Vettel só o "Wuéba", dizendo que a vitória lhe deu gás para 2012!!!

A pergunta para ele é: "que vitória"???

Kkkkkkkkkkkkkkkkkkkk...

A outra pergunta é para o Cristian Horner: "se o Vettel estivesse precisando da vitória para igualar o recorde do DICK ele teria problemas no câmbio"???

Kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk...

E a última pergunta é para o piloto brasileiro que disse que "não está na F1 para correr por correr, por isso rejeita equipes pequenas": "então está fazendo o que aí desde 1991"???

Kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk...

Ué...o Ronalducho não ta pedindo por ele, mais uma chance de correr em 2012.? Vou tentar entrar no twitter do Ronalducho e sugerir pra ele bancar a permanencia do Barrica em 2012 na f1. O problema é que tem uma declaração do Barrica no uol, onde ele pede um carro competitivo para 2012. E isso custa caro né.

Acho que a punição dada ao Bruno Senna foi muito mais pelo prejuízo que o Schumacher teve do que propriamente pelo toque quando estavam praticamente lado a lado no final da reta.

Já a ultrapassagem do Alonso no Button foi bem o que o B'Hengler disse acima: vai, meu filho, vai que lá na frente eu te passo de novo...

Eu achei mesmo que o Vettel relembrou o Senna, mas de outra forma (lembra do Berger?), deixando o companheiro/escudeiro ganhar umazinha pra dar uma chance do canguru levar, quem sabe, o último troféu de vencedor pra casa...

Alguém duvida que Massa e Hamilton não se enroscariam novamente caso o inglês continuasse na prova???

Acho que o Rubinho continua mais um ano na F1, nem que seja no lugar do Di Grassi, como "testador" de pneus... he he he ... ainda mais com aquela testa toda!!! he he he

Concordo com o Guilherme nos 3 primeiros pontos.

Em relação ao Rubinho... já passou da hora de se aposentar... vai curtir os filhos, netos, bisnetos... já tá rico man... vai caçar coisa melhor pra fazer vai hahahah

Compartilhe

Twitter Delicious Facebook Digg Stumbleupon Favorites More