5 de jul de 2009

Montoya entende frustração dos pilotos na F1

O piloto colombiano Juan Pablo Montoya, ex-piloto Williams e Mclaren, comentou em uma entrevista dada esse fim de semana sobre as frustrações encontradas por ele na F1 e, de passo, ainda deu as boas vindas a Fernando Alonso e Lewis Hamilton:


"Entendo perfeitamente a frustração que têm com a F1 e lhes dou as boas vindas ao "clube"."


Montoya seguiu:" Ao começo você luta e está feliz de correr na Fórmula1.(...). Depois de 2 ou 3 anos, você aprende como funciona tudo nas equipes. Como se manipula. É frustrante".

O colombiano afirma que na F1, se você não tem um bom carro desde o princípio não há muito mais que se possa fazer, ao contrário da Nascar, categoria da qual participa desde que deixou a F1, onde fazer de sua equipe, vencedora, foi um dos maiores desafios de sua vida.

Fonte:www.elmundo.es

22 comentários:

Nesse clube ainda estão Jacques Villeneuve,Hans Harald Frentzen,Alessandro Nannini, Alessandro Zanardi e muitos outros que já manifestaram decepção com os bastidores da F1.Mas no mundo de hoje em que os intere$$es financeiros contam mais, isso infelizmente é normal.

Olha o Button falando besteira:

http://globoesporte.globo.com/Esportes/Noticias/Formula_1/0,,MUL1219051-15011,00-BUTTON+DIZ+SER+O+MELHOR+PILOTO+DA+HISTORIA.html

Montoya venceu as 500 de Indianápolis, triunfou em Mônaco e ganhou duas vezes em Monza, além de ter feito boas disputas com Schumacher e, mesmo sem ser campeão, mostrou bastante ousadia na F1. Acho que foi o último piloto realmente importante na Williams.

Quanto à sua frustração na F1 só pode estar relacionada as manipuladas da dupla Ferrari-Schumacher.

@Guilherme...
Poderíamos dizer que era uma trinca, FIA-Ferrari-"Dick Vigarista"...

@Wallacy...
Ele está falando o que nós dizíamos em alguns post's anteriores... Kkkkkk... "Olha o novo "ás" do volante aí gente!!!" Daqui a pouco vai ter quem vai colocar ele no top 10 da categoria... Pensa!!!

@Montoya...
Não acho que seja referência como piloto para justificar suas choradeiras... Várias vezes teve carro para disputar posição com o "Dick Vigarista" e afinou na pista...

acho que a frustração do montoya foi o SCHUMY, porque ele veio de uma categoria inferior americana ganhou umas corridinhas e encontrou um alemão matador que quebou as pernas dele é essa a revolta dele. falando em futebom quero dizer ao LEE e EDUARDO parabens pela conquista da libertadores porque entre o GREMIO e o CRUZEIRO o CAMPEÃO a meu ponto de vista estava entre os dois resumindo o CRUZEIRO É CAMPEÃO parabens por isso que eu admiro o esporte.

B'Hengler...sinto muito! Mas voçê dizer que o Montoya,teve carro??? A última vêz que a Wilhans teve carro...foi a perdição de Senna. Depois disso? nunca mais.! Na Maclaren? pegou um carro razoavél...que quebrava mais que a "CAMEL LOTOS" que o Piquet,pilotou ém 88. [que o diga Raikkone] Sém dizer o quanto foi sacaneado dentro do circo! pilotos,equipes,fiscais e FIA. Pois ele era uma ameaça clara a soberania do "dick". E minhas batatas estão assando!!

Calma, Brizola!Faltam ainda dois jogos.Eu sei que o Cruzeiro é superior, mas tudo pode acontecer.Dando a lógica, é claro que vai ficar tudo azul na América do Sul.
Voltando à F1, sempre achei que o Gorducho Montoya deixou muito a desejar em sua carreira.Ele deu muita pressão ao alemão, mas poderia ter feito mais.Torci para o Alessandro Zanardi em sua volta, mas com aquela Williams horrorosa...

@Latueiro...
O que eu quiz dizer é que "várias vezes ele teve carro para disputar posição e afinou"... E isso aconteceu mesmo, depois ele reclamava que era jogado para fora da pista mas só peitou o "Dick Vigarista" uma vez, e aí a FIA o puniu por se manter no traçado, enquanto o "Dick" podia jogar todo mundo para fora que nada acontecia... Mas concordo que a Williams não tinha carro a altura da Ferrari, mas em algumas ocasiões ela conseguia dar um "caldo"...
Acho que o Montoya reclama mesmo é do tempo da McLaren, quando, aparentemente, a equipe favorecia o Raikkonen... Mas, sinceramente, acho o Raikkonen muito mais piloto, e não duvido que o Montoya perdia no braço mesmo...

@Brizola...
Também acho o time mineiro favorito, mas não acho que a coisa será tão fácil assim... Na primeira fase ele perdeu de 4 x 0 lá na Argentina... E olha que naquela época não tinha "gripe A"!!!

Desculpém a demora pessoal! É que resolvi dar uma faxina na maquina..[por dentro e fora] ficou novinha..[como se fosse possivél] e ai...? resolvi formatala também. Ficou jóia...mas como ainda sou aprendis, me compliquei com algúns aplicativos,que fazém falta para a maquina. E quanto ao Montoya...opiniões a parte, a minha é essa...mas respeito a de cada um.

Ô, B'Hengler...

Montoya 'afinava' aonde???

Várias vezes ele disputou curva com o alemão... espalhava o carro... e muitas vezes o Schumacher teve que recolher ou ir na grama mesmo por causa do arrojo do colombiano...

O problema do Montoya, além do excesso de peso, era não ter sido cerebral em momentos decisivos. Isso lhe custou algumas chances de ganhar corridas. E mesmo com uma Williams razoável ainda disputou o título até as últimas provas...

Abraços!

Eu tô com o Guilherme.

Acho que faltou pro Montoya um pouco de paciência.

Quanto a manipulaçao ele fala claramente da Ferrari.Apesar de que deve ter sofrido na Mclaren também. A diferença é que com a equipe ele pôde mandar todo mundo pro inferno. Já com a Ferrari x FIA nao...

Mas gostava muito do gênio do colombiano nas pistas.

Ah! Sobre o Button....

Nem levei em consideraçao...Deixa ele pensar

Ora,ora...apareceu a dona do blog. Que se diga ém alto estilo. Realmente o estilo de Montoya pilotar dava gosto...mas lhe faltava um pouco de massa-ecefálica.....

hehehe..Eu tô sempre por aqui...

Vc é quem está sumido, Latueiro.

O que o Montoya nunca vai entender é a frustração que temos com ele...

Eu acho o Montoya do mesmo nível que o Kimi. Ambos são rápidos e só.

Tá bom...

Realmente ele foi o que "menos" afinou para o "Dick"...

Mas tenho que admitir que ele rendeu um dos melhores momentos da era perdida da F1, naquele SC em Mônaco... Uahsuahsaushashaushau...

Aquilo foi o máximo... Dei altas gargalhadas... Kkkkkkkkkkk...

Infelizmente, ele foi um desperdício de talento na F-1.

Tai?? é isso mesmo RON GROO. Realmente o que mais pesou foi a frustração com ele...todo corrida, havia aquela espctativa com a corrida dele.

B'Hengler, não me lembro desse episódio não.O que houve afinal?
Lembro da vez em que um cinegrafista trombou com ele no paddock e quase apanhou.Isso foi hilário.A então noiva dele gritando para ele ficar calmo e ele dando uma de maluco.

@Eduardo...
Quando ele bateu no "Dick Vigarista", em Mônaco, durante um SafetyCar, na saída do túnel... Foi o final da corrida para o alemão... Kkkkkkkkkk...

PS: Talvez o que eu chamava de "afinar" do Montoya o Groo definiu melhor, era frustração!!!

Taí o Youtube que não me deixa rir sozinho...

http://www.youtube.com/watch?v=a5wEx-PYCe4

Kkkkkkkkkkk...

Compartilhe

Twitter Delicious Facebook Digg Stumbleupon Favorites More