26 de jul de 2009

Gp da Hungria

O GP da Hungria teve um pódio que lembra o "dos velhos tempos": Hamilton, Raikkonen e Webber.


Lewis Hamilton, em uma corrida sem erros, venceu um Grande Prêmio movimentado ao princípio pelos abandonos mas sem muito "sal".

A Mclaren já havia demonstrado sua evolução no último Gp da Alemanha, mas infelizmente ainda não tinha podido demonstrar toda sua "artilharia".

A verdade é que nesse GP vimos não só a ascensão de Mclaren e Ferrari - poderíamos também, incluir a equipe Renault, ainda que não na mesma proporção - e o descenso da equipe Brawn.

Como Barrichello bem disse na Alemanha, "se continuarem assim, perderão os dois campeonatos". Button terminou na 7ª posição, e Rubens Barrichello foi o 10º colocado.

Na corrida, Alonso fez o que deveria: manter a ponta na largada e tentar abrir. Hamilton pulou pra terceira posição e, em poucas voltas já havia passado a Webber.

Com problemas na bomba de gasolina, Alonso teve que adiantar ainda mais sua parada. Na saída dos boxes, "a surpresa": a roda dianteira direita estava mal colocada e, o até então líder da corrida, viu como todo o trabalho do fim de semana ia "por água abaixo".

Para cúmulo, a roda se desprendeu e apesar de tentar voltar para a pista, o espanhol abandonou a prova. Parece que a Renault andou lendo alguns passos do fascículo da Brawn!

Hamilton herdava, portanto, a primeira posição. Posição essa que defendeu até o final sem cometer erros e demonstrando que a Mclaren pode sim voltar a brigar pela ponta.

Algumas posições mais atrás a briga ficou nas paradas de boxes. Em uma delas, Raikkonen passou Mark Webber e a corrida terminou assim.

Rubens Barrichello, que fez apenas uma parada, terminou na 10ª posição bem próximo de Kazuki Nakajima. Nelson Piquet foi o 12º colocado.

Jaime Alguersuari, estreante na categoria, terminou na 15ª posição, á frente de seu companheiro de equipe Sebastian Buemi, que errou e voltou para a pista.

Os mecânicos de Felipe Massa lhe fizeram uma homenagem antes da prova.


Os 8 primeiros foram:

1.Hamilton, 2.Raikkonen, 3.Webber, 4.Rosberg, 5.Kovalainen, 6.Glock, 7.Button, 8.Trulli

A Red Bull se aproximou um pouco mais da Brawn GP no campeonato de Construtores:

1.Brawn - 114 pts, 2.Red Bull - 98.5 pts, 3.Ferrari - 40 pts, 4.Toyota - 38.5 pts, 5.Mclaren - 28 pts, 6.Williams - 25.5 pts, 7.Renault - 13 pts, 8.BMW - 8 pts, 9.Toro Rosso - 5 pts

No Mundial de pilotos, Webber passa a ser o vice:

1. Button - 70 pts, 2.Webber - 51.5 pts, 3.Vettel - 47 pts, 4.Barrichello - 44 pts, 5.Rosberg - 25.5 pts, 6.Trulli - 22.5 pts, 7.Massa - 22 pts, 8.Hamilton - 19 pts, 9.Raikkonen - 18 pts, 10.Glock - 16 pts,...

18 comentários:

O Vettel ficou tão concentrado em não perder a posição para o Webber que esqueceu de largar.

Se não fosse os problemas, eu ainda acho que dava para o Alonso ganhar.

Já acabou o dinheiro que a Honda estava dando para a BGP?

A McLaren evolui, mas eu ainda acho que ela e a Renault estão atrás da RBR. Hungria por ser uim circuito de curva baixam sempre favoreceu ao conjunto mecanico da McLaren que sempre foi o ponto mais forte. Na parte aerodinamica só veremos o quanto melhorou só depois de Valencia, se bem que Valencia tem vários trechos de alta.

A Willians está em nível de Ferrari, só que a Ferrari se deu melhor pq tem o Kers.

A BMW continua a evoluir a passos de tartaruga.

Só acho que a Priscilla,foi "boazinha" com a renault. Lambança pura com o seu xodo Alonso [abandonou por não ter mais cabeça para continuar depois de tudo] e para ser bonzinho também com a equipe...tudo que o Nelsinho ganhou na pista? eles conseguiram desmanchar no seu segundo pit. Ao contrário do "show" que foi a equipe TOYOTA.

Lewis Hamilton esteve muito bem em Hungaroring. A McLaren voltou ao seu lugar de direito, o mais alto do pódio. A Renault fez uma cagada e tanto com o Alonso hein. Já o Vettel...

Leandro Montianele

Só queria saber o por quê...do Briatori ir embora mais cedo. Indigestão...???

Eu tbm sairia mais cedo...depois de ver que Piquet Jr. ainda estava em 12 lugar a apenas 5 voltas do final...Enquanto Alonso, com esse carro, na corrida passada, largando do meio pro fim do grid, conseguiu ganhar 5 posições na corrida e pontuar, O Piquet Jr. só me consegue ganhar a posição do 14 para o 12...que diferença essas colocações fazem pro Briatore? Nenhuma ganha pontos mesmo...

Foi um pouco de falta de respeito do Briatore, pq apesar de tudo é a equipe dele e ainda tinha um piloto dele em pista, mas pelo que dizem, as coisas estao tao ruins entre Piquet e Briatore que achei até normal.

Em Bahrein qndo o Hmailton ficou em quarto disseram que a McLaren voltou..... Só em Valencia ou depois para eu ter certeza que melhoraram a ponto de disputar a primeira colocação.

Já Hungria, primeira perna mais longa, mais curta nunca fez uma enorme diferença. Se a Renault fudeu com o segundo pit stop do Nelsinho não sei, mas Hungria é assim mesmo.

O interessante foi o Piquet pai ficar nos boxes e o Briatore indo prá casa mais cedo!!! A briga tá séria...

O garoto que pegou o autógrafo do Ecclestone devia estar seriamente pensando em falsificar aquela assinatura!!! Só pode!!! Deve valer alguns bilhões...

O Galvão ressucitou o Luciano Pavarotti e matou o Jose Carreras...

Se eu fosse o Alonso não teria nem tentado voltar para a prova... Teria batido no cinto e mandado todo mundo para aquele lugar!!!

Mas B'Hengler, a "cara" que o Alonso fez para as câmeras quando estava caminhando pelo pit e deus os ombros quis dizer mais ou menos isso... do tipo "Vou fazer o que? Me f.. ferraram a corrida..."

Só não concordo que Hamilton "herdou a posição". Primeiro porque já estava virando mais rápido que Alonso e assumir o primeiro posto era questão de tempo. Segundo porque, salvo engano, Alonso iria para 3 paradas (sua primeira foi em 6.7), o que eliminaria qualquer chance de vitória do espanhol.

Resta saber se McLaren e Ferrari evoluíram de vez ou foi por conta das características de Hungaroring ou ainda por conta do kers. Disso depende a sorte de BUtton, porque a Brawn parece não ter mais de onde tirar...

Quando o Alonso ia parar era uma incognita, pois nunca se sabe o consumo real da Renualt. Mas o Hamilton estava virando mais rápido que o Alonso, na verdade ele estava virando mais lento que os cinco primeiros, por conta do problema na bomba de gasolina.

O Hamilton tinha mais chances de ganhar, e que ficou mais fácil com os problemas que o Alonso teve.

Hamilton, nitidamente, foi o piloto do final de semana inteiro.

Fez ótima classificação, saiu com uma estratégia perfeita e com a ajuda do Kers dificilmente não ganharia posições na largada. Além disso, fez uma prova firme e consistente.

Alonso saiu leve demais. Teria que parar 3 vezes. Talvez nem conseguisse o pódio, independente do problema da bomba de gasolina ou do pit-bobeira da Renault.

No final das contas, o grande beneficiado acabou sendo o Button, que ampliou a diferença para o Vettel e não viu o Webber se aproximar tanto como se imaginava.

A RBR uma hora ia ter alguma dificuldade, seja por falhas da equipe ou por erros dos pilotos. Não dá pra ser 100% o tempo todo.

A RBR não imprimiu um grande ritmo. A Renault tinha mais carro que Ferrari e talvez tinha condições de virar mais rápido que Webber.

A estratégia do Alonso podia ser tanto tres paradas quanto duas. E o Hamilton estava bem leve também. Como o motor Renault é impossível precisar o consumo, a diferença real sem o problema na bomba poderia ter sido muito menor.

E discordo da afirmaçãoq eu fez uma classificação perfeita. Seria perfeita se tivesse conseguido a segunda colocação. De resto foi bem sim, conseguiu ultrapassar o Webber que era o único que podia realmente atrapalhar a estratégia dele.

Lee,

A McLaren foi a melhor nos treinos livres. Tudo bem que a maioria acha que treino livre nada vale, mas não deixa de ser um indício do que poderá vir quando valer realmente.

Hamilton estava com gasolina semelhante ao Raikkonen, Webber e Rosberg... um pouco menos que Vettel, mas ficou só 2 décimos atrás do Vettel. No meu entender, Hamilton fez ótima classificação sim, o que lhe deu a possibilidade de pular mais pra frente com o Kers.

A RBR ainda é a equipe a ser batida e o Alonso não veio leve... veio extremamente leve, com previsão de parar 9 voltas antes do Vettel, mesmo sendo a Renault mais econômica que os demais. Se fosse para duas paradas, teria que vir carregado de gasolina e o que se viu foi colocarem pouco combustível no 1º pit do Alonso. Com certeza a intenção era pra 3 paradas.

Lembrando que a RBR falhou no pit do Webber e deixou a Ferrari ganhar a posição... se deixarem carros com Kers na frente fica difícil até pra RBR ganhar com tranquilidade.

A pole do Alonso foi ilusória, mas atrapalhou os planos de vitória da RBR.

O Vettel tinha muito mais gasolina. Ele ia parar umas cinco voltas depois do Hamilton.

E treino livre esse ano quer dizer nada mesmo, se não era para a Willians estar liderando o campeonato ou que o Alonso não teria chance alguma de conseguir a pole. Só serve para ver quem que vai andar atrás.

E kers é só vantagem na largada. Se não tiver ritmo de corrida, perde a posição nos boxes. Isso já foi mostrado em corridas passadas. A única excessão é Hungria. Pq Hungria os carros estão sempre espaçados e é muito raro não pegar tráfego na volta dos boxes, pois a diferenças nunca são enormes criando bolsões entre grupos de carros.

Não, Lee...

O Vettel tinha apenas 5kg a mais que Hamilton, pelo menos é o que mostra o post das Cargas de Gasolina da Pri...

Muito diferente do Alonso... com 12,5kg a menos que o Hamilton... ou seja, mais que o dobro dessa diferença entre Vettel e Hamilton.

E nos treinos livres, como você citou o Rosberg, não a toa ele está em 5º no campeonato, como tem pontuado em quase todas as últimas corridas... mas é bobagem debater sobre os treinos livres.

Repito: A pole do Alonso foi a mais ilusória desse ano. Estupidamente leve...

O Hamilton ultrapassou o Webber com ajuda do Kers e não foi na largada... e só não faziam antes porque Ferrari e McLaren estavam largando muito atrás, do meio pra trás, mas agora se qualificando melhor, é nítido que eles pulam pra frente... e muito!

Eu acho q andei bebendo, pq eu achei q o peso do carro do Hamilton estava na casa de 645kg. Bem ele estava mais leve, podemos dizer que praticamente com o mesmo peso, que as RBR e foi décimos mais lento na classificação.

Algo me diz q esse ano o Webber sera campeao

Se o Vettel continuar tendo o azar e os problemas, o Webber vai poder ser campeão mesmo. E foi bom ver a Mclata ganhando novamente, tudo bem que numa "dobradinha do Kers".

Compartilhe

Twitter Delicious Facebook Digg Stumbleupon Favorites More