8 de mar de 2011

Ajustes da FIA ao regulamento

O Conselho Mundial da FIA esteve reunido hoje, em Paris, para tratar de alguns temas pendentes, onde a maioria afeta a temporada 2011.

Por exemplo, voltou a retocar a regra do Safety Car. A partir deste ano, os pilotos terao duas voltas para reduzir a velocidade, e nao apenas uma, como era até o ano passado. O propósito é certificar de que os carros irao a uma velocidade segura até que alcançem o SC.



Além disso, enquanto o SC estiver em pista, a saída dos boxes estará "aberta". Ou seja, se anula o sinal vermelho no final dos boxes onde os pilotos deveriam esperar o SC e o resto dos carros passarem para sair.

Os pilotos só poderao entrar nos boxes durante a presença do SC para troca de pneus.

Também ficou decidido que a Pirelli seguirá testando seus compostos nas sextas-feiras de treino livre. Cada piloto terá dois jogos de pneus extra de um composto experimental, que nao coincidirá com os compostos a serem utilizados no GP em questao, para as sessoes 1 e 2 de alguns Grandes Prêmios, devendo ser devolvidos à Pirelli antes do início do 3º Treino Livre.

Esses compostos, a princípio serao de mero experimento, já que será de um composto que nao será utilizado no GP a ser realizado.



Sobre o GP do Bahrein, a FIA deu um prazo máximo de 7 semanas, até o dia 1º de maio para que se dê uma resposta concreta sobre a possibilidade ou nao de celebraçao do GP no país - a F1 nao pode se dar ao luxo de marcar novamente uma data e que mais uma vez se tenha que cancelar.

Outro tema importante: A FIA ainda nao está satisfeita com as soluçoes encontradas para aumentar o nº de ultrapassagens na F1 e comunicou que uma comissao de circuitos estudará futuras modificaçoes nos circuitos do atual calendário da categoria, para que facilite - ou aumente - as ultrapassagens.

Jean Todt, Presidente da FIA, já reconheceu ano passado, em Abu Dhabi: "Necesssitamos favorecer as ultrapassagens".

Sam Michael, Diretor Técnico da Williams, foi mais além de um simples comentário, ao falar com a Autosport:
"Os espectadores sabem que nao se pode ultrapassar em uma pista como Mônaco e aceitam isso, mas esperam que em traçados como o de Barcelona sim que se possa, o que, sendo honestos, é sacanagem. O porque é óbvio. Montmeló tem uma reta longa seguida de uma chicane de alta velocidade, e enquanto isso seguir assim, será impossível ultrapassar em Barcelona. Em Abu Dhabi acontece o mesmo com a chicane depois da reta oposta" - esbravejou.



9 comentários:

De tudo que vc postou Pri! Não se salva nada. E pra piorar...um cara de certa forma até experiente na f1[S.Michael] falar um monte m$#&¨dessas não da né.

Monza,Spa,Montreal e até Melbourne tem chicanes de alta...e tem ultrapassagens né.

Então a f1 ta precisando é de menas regras e mais liberdade aos pilotos e equipes,para buscarem alternativas individuais.

Pois esse monte de regras que os dirigentes da f1 inventam e desenventam...se concerta um lado...zanga do outro.

Um bom exemplo é a regra dos pneus...so vai favorecer quem tem mais estrutura e condições de desenvolvimento...e sabemos que de 12 ou 13 equipes..somente umas 3,4 tem condições pra isso. A outras vão se ferrar mais ainda.

Ora bolas, em Bahrein temos uma reta enorma e depois um harpin e mesmo assim vemos quase nenhuma ultrapassagem.

Até Canada tiveram que inventar um asfalto que se desfazia durante a prova para ter mais ultrapassagens no harpin que já foi memorável por ser um monte de muitas ultrapassagens há alguns anos atras.

O problema não é exatamente o layot, mas como bem comentou Stewart (acho q foi ele) essas novas pistas e algumas como Barcelona e Hungria, não praticamente não punem o piloto por seus erros.

Até Spa conseguiram fazer essa cagada que o Tike faz em quase todos os projetos assinados por ele. Mataram a curva um ao colocarem uma área de escape em nome da segurança. Uma curva feita em primeira marcha.

Até que em fim, a ficha tá caindo. Mexer nos circuitos. Me lembro de 91, com o recente gp de Barcelona, antes da reta, havia um curvão que propiciava os caras entrarem colados na reta, assim como no final do retão, havia curvas menos travadas... Será que foi a ameaça da chuva que causou as possíveis mudanças nos traçados? Tio Bernie deu a cutucada certeira. O que não dá, é continuar vendo cotovelos antes e depois de cada reta, aí é demais. Sobre os pneus, acho que deveria liberar geral: usem o pneu que quiser. Cada um faz a sua corrida.

Pois é Lee Moy, vc falou uma coisa interessante. Me lembro que em Spa, na Bus Stop, sempre dava boas ultrapassagens, mas foi só os caras mexerem no traçado, e ficou difícil ver alguma manobra naquela curva.

Ta bom galera! Vão mexer nos circuitos,e vai resolver o que? Vão trocar os harpins por S...igual Interlagos? Ou vão matar as longas retas igual Hockenhein?

N verdade podem tranformar as pistas em ovais e não vai resolver nada. A F1 de hoje...o carro saiu do traçado...adeus ou se complica todo. Se ficar a um metro do que esta a frente...da a impressão que o de traz vai se desmanchar todo...e pegar vacuo...nem se o piloto quiser ele consegue.

Ta dificil né.

Alonso X Massa ou Massa X Alonso


Óbvio que o leitor do Corrida de Fórmula 1 quer saber mesmo é como a borracha da Pirelli auxiliará Felipe Massa frente ao atual “dono da Ferrari“, Fernando Alonso. Mantenham o otimismo, mas a verdade é que Alonso é um dos mais adaptáveis pilotos do grid. Felipe gosta de carros com grip frontal, tendência exacerbada pelos Pirelli, mas Alonso tende ser mais neutro, sem que se sobressaia um estilo sub ou sobresterçante na sua maneira de pilotar, daí a sua adaptabilidade.

Não acredito também que estilo de pilotagem seja o fundamental com os Pirellis, mas sim a equação performance/economia de borracha, e nisto Alonso é mestre, como várias vezes o pessoal da Bridgestone esclareceu em 2010.

Um dado interessante sobre Alonso: na transição dos Michelin para os Bridgestone feita pela McLaren de 2006 para 2007, o espanhol foi capaz de mudar seu estilo de pilotagem, ter performances iguais e, às vezes, até superiores as de Lewis Hamilton, egresso da GP2 — que lá utilizava Bridgestones, estrutural e quimicamente iguais aos da F1.

Engrassado...vendo o site da uol...ta la! Vettel supera Massa nos treinos de Barcelona. Até ai normal.

Anormal foi abrir a pagina da f1 e ver la que o Massa foi o quinto colocado,atraz de Hamilton,Buemi e Petrov...e não atraz apenas do Vettel. Eu mereço né.

Xiiiiiiii....!!!!! Agora o ZUADOR vai a loucura de vêz com o Nelsinho Piquet.

Ale´m de tudo que ta rolando na carreira dele nos EUA.

Eu pensava que o jatinho de prefixo-N33NP...fosse do Nelsão. Ledo engano,pois é do Nelsinho mesmo. E ainda por cima o garoto aproveitou o carnaval aqui no Brasil pra lançar a "cachaça B" [famosa caipirinha brasileira] e ainda vai exporta-la pra fora do pais.

Compartilhe

Twitter Delicious Facebook Digg Stumbleupon Favorites More