14 de nov de 2010

Gp de Abu Dhabi

"Existia um alemão no meio do caminho. No meio do caminho existia um alemão";)

A esperada ordem de equipe não foi necessária. Sebastian Vettel  é o mais novo Campeão da Fórmula1, após vencer brilhantemente, de ponta a ponta, o Grande Prêmio de Abu Dhabi, em Yas Marina.


Lhe acompanharam no pódio as duas Mclarens, os únicos que puderam seguir o ritmo do alemão.

Na largada ninguém assumiu riscos desnecessários e apenas Button superou a Alonso, antes mesmo da 1ª curva. O panorama ainda favorecia o espanhol, mas ainda era a 1ª volta de 55. E logo, mais a frente, um acidente assustador entre Schumacher e Liuzzi provocou o 1º e único SC da corrida, o que ajudou a mudar o futuro da mesma.

Com o safety em pista, muitos entraram para fazer sua troca de pneus. Lá na frente ninguém se arriscou.


Foi na volta13, quando a Red Bull deu seu "golpe de mestre" e passou o título para as mãos de seu 1º piloto, Sebastian Vettel: a equipe chamou prematuramente a Mark Webber para os boxes para provocar que a Ferrari copiasse a estratégia, se "protegendo" do australiano.


O primeiro foi Massa, porém não pode superá-lo em pista. Com os tempos rápidos do australiano, a Ferrari não duvidou em chamar Alonso também.


O problema é que a parada foi muito prematura e tudo nao passava de uma "isca", que a Ferrari "pescou" direitinho. Preocupados com Webber, o que a Red Bull fez foi afastar Alonso do título, enquanto Vettel voava na ponta.

Os pneus macios sequer chegaram a desgastar e Vettel e Mclarens, que seguiram em pista por muito mais tempo - o normal - ,  mantiveram suas posições sem grandes problemas.

O que não serviu para Alonso, que se  viu, de repente, na 7º posição, superado, devido a estratégia de pit-stop's, por Rosberg, Kubica e Petrov, que trocaram pneus durante o SC.


Petrov aliás que não deu qualquer chance para o Bi-Campeão ultrapassar já que contava com a melhor velocidade máxima da pista, contra uma Ferrari sem potência.

Webber, ao ver-se atrás de Fernando e sem qualquer chance de vencer o Campeonato, sequer "assustou" durante a prova.

Para Alonso, tudo deu errado: a estratégia, o set-up, o SC.  Webber, mostrou desde o início uma passividade fora do normal. Com o melhor carro etendo que vencer, sequer ameaçou a Alonso. Hamilton fez o que pode, mas Vettel estava realmente em seu dia de "estrela".

Com a jogada mestra da Red Bull conseguiram o que queriam: Vettel Campeão. O mais novo Campeão Mundial da F1, já que supera em precocidade a Lewis Hamilton.

Os tempos da corrida:


1.  Vettel        Red Bull-Renault           
 2.  Hamilton      McLaren-Mercedes           +     10.1s
 3.  Button        McLaren-Mercedes           +     11.0s
 4.  Rosberg       Mercedes                   +     30.7s
 5.  Kubica        Renault                    +     39.0s
 6.  Petrov        Renault                    +     43.5s
 7.  Alonso        Ferrari                    +     43.7s
 8.  Webber        Red Bull-Renault           +     44.2s
 9.  Alguersuari   Toro Rosso-Ferrari         +     50.2s
10.  Massa         Ferrari                    +     50.8s
11.  Heidfeld      Sauber-Ferrari             +     51.5s
12.  Barrichello   Williams-Cosworth          +     57.6s
13.  Sutil         Force India-Mercedes       +     58.3s
14.  Kobayashi     Sauber-Ferrari             +     59.5s
15.  Buemi         Toro Rosso-Ferrari         +   1m03.1s
16.  Hulkenberg    Williams-Cosworth          +   1m04.7s
17.  Kovalainen    Lotus-Cosworth             +     1 lap
18.  Di Grassi     Virgin-Cosworth            +    2 laps
19.  Senna         HRT-Cosworth               +    2 laps
20.  Klien         HRT-Cosworth               +    2 laps
21.  Trulli        Lotus-Cosworth             +    4 laps

O Campeonato terminou assim:

1º Vettel - pts, 2º Alonso - 252 pts, 3º Webber - 242 pts, 4º Hamilton - 240 pts, 5º Button - 214pts, 6ºMassa - 144 pts, 7º Rosberg - 142 pts, 8º Kubica - 136 pts, 9º Schumacher - 72 pts, 10º Barrichello - 47 pts,...

38 comentários:

Meus pêsames Pri, mas, sinceramente, se fez justiça... Seria um final horripilante se Alonso conquistasse o título mais disputado da história da F1 depois da palhaçada da Alemanha...

Sobre o campeão, posso dizer que acho que, apesar das c@g@d@s que ele fez aos montes durante o campeonato, ele seria campeão com muita antecipação se o carro não o tivesse deixado na mão...

Mas também é bom reconhecer que Alonso parou de fazer cáca após a metade do campeonato, porque na primeira metade ele perdeu pontos preciosos para a disputa do título...

Sobre a "estratégia" que você citou da RBR eu acho que eles não fizeram isso de propósito... Depois do toque do Webber no muro o pneu traseiro direito começou a perder pressão e ele foi obrigado a parar prematuramente, aí a Ferrari viu ele andando muito mas esqueceu de verificar (e nem tinha tempo para isso) se ele conseguiria superar os adversários na pista... A equipe antecipou a parada e deu no que deu... E se ela não fizesse isso e o Webber sai na frente do Alonso???

B'Hengler,

Nao houve qualquer comunicaçao, nem Webber x equipe, nem equipe x Webber, preocupando-se pelo pneu traseiro.

No início até pensei que podia ser is também, mas nada comprova o fato...

Sobre a parada, as Mclarens estao aí pra provar que o Webber nao sairia na frente se o Alonso seguisse umas voltas mais em pista.

Pegaram tráfico e sequer tinham a distância segura pra superar o Rosberg. Pensaram só no Webber e "si fu".

Venceu o melhor carro, a melhor estratégia e o piloto que fez mais pontos pq pra mim, Hamilton e Alonso mereciam mais, por exemplo. Mas F1 é isso, e por isso nao paro de assistir...rs

"Priscilla Bar disse...
B'Hengler,

Nao houve qualquer comunicaçao, nem Webber x equipe, nem equipe x Webber, preocupando-se pelo pneu traseiro."

Falso! Webber disse para seu engenheiro que estava tendo problema com os pneus! Ao menos assim mostrou a rtl e assim traduziram ao menos.

Vettel teria ganho as tres primeiras corridas do ano se nao fossem problemas do carro da red bull.... com os pontos e sem tanta pressao teria errado menos, mesmo que nao tivesse errado menos teria ganho com antecipacao como disse o nosso amigo "B". Sem contar o problema que teve na Coreia. Entao merecido resultado.

Alonso é ainda o melhor do grid na atualidade. Em talento Vettel nao está atrás, mas em conjunto. Mas para mim o melhor piloto da tempoada foi Hamilton. Pena que a Mclaren caiu muito na segunda metade da temporada.

E o Alonso mostrando o dedo do meio pro Petrov foi o fim... esqueceu-se que nao manda mais na Renault, e que Russo é bicho orgulhoso e nao aceita se jogar contra o muro e nem é companheiro de equipe pra deixá-lo passar.

Dava pra ter passado o Petrov sim... o Hamilton passou o Kubica. A Mclaren tava melhor que a Ferrari? Sim. Mas o Kubica é bem melhor que o Petrov, assim condicoes iguais!

Hamilton e Vettel eram quem tinham menos chances de serem campeoes, porém forma os únicos que tiveram uma postura de quem disputa o título nesta ultima prova.

Webber e Alonso decepcionaram!

bem priscilla, conheci seu blog apartir do octeto! gostei do nível! realmente, por possuir um carro inferior, a ferrari ferrou com a corrida do alonso! a briga não era pela vitória, e cá entre nós, chegar em 4°, não tinha segredo! quem briga pelo título, tem que se manter o máximo na pista! imagina ultrapassar nesta pista! brincadeira de mau gosto!!! ross brawn não vacilaria nessa! em relação à lisura, será mesmo que a rbr não chegou à ultrapassar a linha? é só forçar um pouco o pensamento para achar respostas! torço por alonso, e nem por isso acho que seja perfeito, mas sem dúvida, é o piloto mais completo do grid! achei que o motor atrapalharia, mas a ESTRATÉGIA... sempre torci por senna e piquet, mas volto a dizer, não foram santos! alguém chamaria senna de vigarista, por ter jogado o carro sobre prost em 1990? estava no regulamento? lisura na f1 cheira à hipocrisia!

@ Priscilla...

Após o toque no muro o Webber não conseguiu mais acompanhar o Alonso e (tenho quase certesa e o "Tio Bernie" confirmou) que houve comunicação pelo rádio sobre isso...

Depois da parada a Ferrari trocou os pneus do Massa e ele ficou preso atrás do Alguersuari e o Webber começou a tirar tempo do Alonso, coisa de 0,5s por volta...

Como o australiano não teve dificuldades para superar Alguersuari a Ferrari optou por antecipar o Alonso e não correr riscos, o que ela não contava era com a incapacidade do acerto do carro de fazer ultrapassagens...

Sim, porque regular o carro para andar nas curvas é perder as situações de ultrapassagens que só surgem nas retas, e carro lento em reta é carro que não ultrapassa ninguém...

Eles acertaram o carro para largar bem na frente e se manter por lá, garantindo o título... O resto já faz parte da história, eles "si fu"...

Kkkkkkkkk...

b´hengler, permita-me discordar da sua análise! alonso chegou a questionar sobre os pneus, mas em um circuito de difícil ultrapassagem, por mais que webber fosse rápido, entre ele e alonso, tinha no mínimo, 7 carros!!! só se a rbr tivesse asas! ross brawm não teria um erro de avaliação tão grotesco! a ferrari, mesmo com um carro inferior, perdeu para ela mesma, pois chegar em 4º, não tinha dificuldade! webber, mais uma vez foi preterido, servindo de isca! como button conseguiu rodar 40 voltas com o pneu macio? a ferrari bastaria permanecer até a volta 24 como fez hamilton, e correr pro abraço! torço por alonso e nem por isso distorço o erro gritante da ferrari! sutilmente, webber foi jogado a segundo! abu dhabi não é interlagos, aí sim teria como ultrapassar! por que hamilton, com o carro mais rápido em reta, não conseguiu passar kubica?

A verdade dessa final foi uma só.
Tudo deu certo pra o Vettel e RBR nessa final. E além do erro de estrátegia da Ferrari,ainda faltou aquele Alonso que durante a temporada toda achou ultrapassagém até onde não havia.

A optou por ter um carro parecido com a RBR...mais lento nas retas mas estavel no miolo travado...situação tmbém parecida com a Renault...Só que dessa vêz o f-duto funcionou muito bém...e a batida no inicio entrando o carro de segurança...mudou tudo.

Mas tém que parabenizar o Alonso que não deixou a equipe Ferrari se desmotivar ém momento algúm nassa temporada...mesmo quando elea chegou em situação de chacota.

Podém copiar e guardar e depois me cobrar.

Alonso não ter ganho esse titulo, piorou a situação do ZACA mais ainda para 2011.

Agóra Alonso tera tempo pra acertar o novo carro da Ferrari já bém mais projetado com a ajuda dele.

Detalhe...viram como o ZACA ficou isolado da equipe após o terminio da campeonato 2010.

@ Wagner Vieira Alves...

Pode discordar à vontade, a essência dos blogs é a troca de opiniões conflitantes...

O que acho é que agora, depois que acabou a prova, fica fácil dizer que a Ferrari errou a estratégia, mas devemos analisar o momento que a decisão de parada do Alonso foi tomada, e naquele momento as McLarens e Vettel escapavam de Alonso e Webber vinha recuperando tempo e espaço atrás, ficar na pista naquela situação significaria ficar atrás do Webber, em 5º lugar para trás, após o pit obrigatório que o Alonso faria... O que eles fizeram e funcionou foi ultrapassar o Webber e partir para cima dos demais rivais, muito menos "equipados"!!!

Lembre-se que o Hamilton estava bem à frente e ainda assim voltou somente um pouco à frente de Rosberg e Petrov... Para Alonso fazer o mesmo teria que ficar na pista muito mais tempo, talvez algo parecido com o Button, mas o concenso dizia que os pneus durariam tão pouco que se cogitou até 2 paradas no Paddock!!!


E esse erro de avaliação dos pneus ficou estranho... Além de cogitarem um desgaste excessivo obrigando 2 paradas, tanto que a RBR guardou um jogo de pneus macios para uma eventual necessidade, ainda os pneus duraram quase a prova toda, tanto os macios quanto os duros!!! Que coisa!!!

B´HENGLER, tudo bem, errar é humano! uma análise dessa pode der difícil para nós, espectadores, mas, me desculpe novamente, erro infantil! em relação a webber, ficaria atrás do trafego, pois como vimos, ultrapassar, só arriscando muito, como alonso tentou uma vez e chegou a ficar de lado! webber passou buemi que facilitou, mas travaria em petrov! alonso estava tão confortável em 4°, que se não me engano, tinha aproximadamente 15 segundos para barrichelo (que também estava de pneu macio, ou seja, funcionaria de escudeiro, travando quem viesse atrás)! a durabilidade dos pneus, por mais que perdesse rendimento, os que vinham atrás perderiam também, visto a impossibilidade de ultrapassar! portanto, ross brawn faz falta!

Wagner,

o Hamilton também voltou no tráfego, atrás do Kubica e do Kobayashi, passou os dois para nao perder contato com o Vettel. Se tivesse ficado sem ultrapassar igual o Alonso contra o Petrov teria perdido o segundo lugar pro Button.

A Ferrari talvez nao fez o melhor, mas Alonso nao foi nada brilhante ou talentoso nos Emirados Arabes.

Nao se pode culpar a Ferrari pela perda do título, ela fez tudo que podia e inclusive o que nao podia (de acordo com o regulamento que só serve para as outras equipes) para ajudar o espanhol.

Se tivesse ganho era um piloto fantástico, mas quando perde é culpa da equipe? Quem perdeu o título mundial foi o único piloto que teve uma equipe 100% pra ele. Imparcial a Red Bull nao foi, 70% pro Vettel e 30% pro Webber. Apenas a Mclaren tratou os dois pilotos iguais.

Não sei se o principal motivo foi esse do toque no muro, mas pra mim a RBR trouxe o Webber mais cedo na tentativa de jogá-lo na frente caso houvesse algum acidente e o SC entrasse na pista.

Porque do jeito que estava o Alonso ia continuar na frente dele e o Webber ia dar adeus ao campeonato.

A Ferrari, que é usuária do jogo sujo ou jogo de equipe escandaloso, pode ter imaginado que trazendo o Alonso logo depois do pit do Webber colocaria o espanhol entre as RBRs e impediria qualquer oportunidade da RBR fazer a troca de pilotos.

A Ferrari até imaginou certo, mas não contava com a resistência dos pilotos que fizeram o pit na batida do Schumacher e Liuzzi...

tio berni, hamilton passou apenas kobayashi! agora, passar renault é uma coisa, sauber é um carro muito inferior, veja nos construtores quantos pontos tem a renault e a sauber! hamilton passou kubica quando a renault foi para o box! em relaçao à estratégia, foi fundamental, pois como vemos, tanto alonso, quanto hamilton, com carros muito mais rápidos que a renault, não conseguiram ultrapassá-los na pista, portanto, abu dhabi não é interlagos! hamilton, reveja a corrida, ultrapassou kubica em sua parada! tanto que a estratégia fez diferença, que hamilton que parou 9 voltas após alonso, terminou 33 segundos a sua frente! na 15° volta, alonso estava por volta de 5 segundos de hamilton, grande diferença de estratégia! como você mesmo disse, tratamento 70% para um e 30% para outro, não seria jogo de equipe sutil?

Wagner,

Tô contigo em tudo o que vc disse até agora...Tá tirando as palavras da minha boca...rs

Um pouco de redundância mas...

Hamilton só passou o Koba, com uma Sauber e sem F-duct. O Kubica parou nos boxes por isso o Ham teve pista livre mas ficou voltas e voltas atrás do Kubica.

Ferrari e Alonso...Redundância outra vez pq o Wagner já explicou:

Como um carro que saiu no meio de tráfego, atrás de Rosberg e Petrov, poderia "ameaçar" a posiçao do Alonso?

Outra coisa: A Ferrari era consciente disso pq até mesmo na retransmissao o Gené falou: "Alonso nao pode parar agora pq nao tem a distância suficiente para superar o Rosberg.

Entao pra que c****lho se defender do Webber se iam perder posiçao pra outro qualquer?

Foram burros, burros!


E nao tinha nada que xingar o Petrov...Acho que foi o jeito de liberar a frustraçao, mas tá totalmente errado o Alonso nesse caso...

O Massa disse que foi um erro de estratégia da Ferrari, mas eles não estavam errados de todo, Pri...

Então, não foi burrice e sim um erro de diagnóstico... Devem ter imaginado que não seria tão complicado passar carros que haviam trocado pneus na 1ª volta... e convenhamos, Petrov não tem a metade da qualidade do Kubica. O Alonso mesmo numa das corridas iniciais fez uma ultrapassagem no Petrov daquelas que foi visível a vontade de Alonso em ganhar a posição do russo... ok, esta pista não tem bons pontos de ultrapassagem, mas existiram algumas ultrapassagens... a Ferrari não rendeu o esperado nesta pista, mas isso só se viu quando a corrida acabou.

Volto a frisar, Wagner e Pri, no momento da decisão da Ferrari pela parada, o Webber tinha se livrado facilmente do Alguersuari e vinha tirando meio segundo por volta em relação ao Alonso...

A equipe sequer lembrou do Rosberg e do Petrov para fazer as contas, só focou no Webber!!!

Erraram, óbvio, mas isso a gente vê agora... Não vi nenhum comentarista cantando o erro na hora, até elogiaram a estratégia da Ferrari (pelo menos na transmissão da globo)...

Bem, como sempre minha analise será baseada nos numeros oficiais:

Vamos então desconsiderar os eventos relativos a primeira volta por causa do acidente, sabemos o que aconteceu na largada, então a analise se torna mais confiável se consideramos os eventos relativos a relargada em diante.

Entretanto vale citar que na volta numero 2 (relativa ao fim da volta numero 1) os seguintes pilotos entraram nos boxes para a troca de pneus: Rosberg, Petrov, Alguersuari, B. Senna, Di Grassi, Klien. E se posicionaram respectivamente nas ultimas posições do grid.


Volta 5: após relargada todas as posições se mantem, exceto o Rosberg que ultrapassou em pista o Glock.

Volta 6: Rosberg ultrapassou Trulli e o Kovalainen. (Na mesma volta)
A. Sutil ultrapassou R. Kubica. Petrov e Algersuari ultrapassam Glock.

Volta 9: Rosberg ultrapassou N. Hulkenberg.
Alguesuari passa Kovalainen.
Gap de alguns pilotos (distancia do lider):
1º Vettel ..... - Tempo de volta: 1:45.674
2º Hamilton: 2,033 - 1:45.606
3º Button: 5,730 - 1:46.265
4º Alonso: 7,439 - 1:46.192
5º Webber: 8,859 - 1:46.519
6º Massa: 9,637 - 1:46.421
7º Barrichello: 12,251 - 1:46.918
15ºAlgersuari: 28.846 - 1:46.724

Volta 11:
M. Webber entra no pit (20,168s).

Volta 12 e pausa para reflexão:

Webber está agora na 16º posição, atrás de Algersuari (15º), Petrov (14º), Hulkenberg (13º).
Gap:
1º Vettel ..... - 1:46.334
2º Hamilton: 0,975 - 1:46.138
3º Button: 5,096 - 1:46.051
4º Alonso: 7,134 - 1:46.105
5º Massa: 11.417 - 1:46.482
6º Barrichello: 14,047 - 1:46.821
13º Rosberg: 19.354 - 1:47.483
15º Algersuari: 30.508 - 1:47.996
16º Webber 30.962 - 2:05.730 (1:45,562 volta - pit)

O que fazer? Webber entrou no pit, gastou 20,168s e perdeu 22,103s em pista e está andando forte.
Os pilotos da frente não estão melhorando o tempo das voltas, já Webber com pneus novos sim. Rosberg após sair do pit fez varias ultrapassagens, e carros melhores como o do Kubica também foram ultrapassados.
Para o Massa ajudar o Alonso (impedir que o Webber passe ele por ter antecipado a parada), a Ferrari tomou a decisão de antecipar a parada do Massa e tentar precionar o Webber lá atrás, e evitar assim que ele ganhe terreno.

Volta 13:
Massa no pit (21.523 s)
1º Vettel ..... - 1:46.334
4º Alonso: 7.134 - 1:46.105
15º Rosberg 21.88 - 1:46.333
17º Webber 30.460 - 1:46.619

Volta 14:
Webber ultrapassa Algersuari.
Massa está então em 16º, atrás de Algersuari.
Gap:
1º Vettel ..... - 1:46.198
2º Hamilton: 1.031 - 1:46.202
3º Button: 4.623 - 1:46.315
4º Alonso: 6.565 - 1:46.341
5º Barrichello: 14.691 - 1:46.788
11º Rosberg: 22.33 - 1:46.646
14º Webber 30.313 - 1:45.541
15º Algersuari: 32.064 - 1:47.802
16º Massa: 32.983 - 2:06.772 (1:45.248 *volta - pit)

A Ferrari estava certa em imaginar que Webber iria fazer ultrapassagens e ganhar terreno, ele passou Algersuari e já tirou ~0.5s do lider, andando ~0,8s mais rapido que Alonso. Fez uma parada lenta no Massa (~1,2s mais lento que Webber) e lhe deixou atrás de Algersuari, porém perdendo apenas 21.566 em pista (Massa andou forte nessa volta enquanto lá na frente estavam virando mais lento que ele).


Aqui vem a questão do momento, como o B'Hengler disse, Webber estava rapido, ultrapassagens até o momento eram relativamente comuns para uma pista travada. Alonso teria que fazer uma parada de qualquer forma, porém Webber estava virando quase 1s mais rapido que ele. Me parece obvio que nesse ritimo Webber iria ultrapassar Alonso quando esse ultimo fizesse seu pit. Rosberg estava chegando cada vez mais perto do 10º colocado, andando apenas 0,2 mais lento que o Alonso, em um carro relativamente inferior.
Acredito que seria comum supor que assim como o Button fez varias vezes, os pilotos que adiantaram a parada se dariam bem.
Vale lembrar que a informação até então é que os peneus macios não iriam durar, e como os tempos de volta dos ideres estavam no mesmo ritimo de quem tinha trocado pneus, exeto Webber que estava quase 1s mais rapido.

Era um risco ficar na pista, era um risco ir para os boxes. Optaram pelo risco dos boxes. Nesse momento fica facil entender a mensagem da Ferrari para o Alonso, avisando que o Massa não conseguiu precionar o Webber e impedir que ele faça tempos tão bons. (Afinal Massa agora estava Algersuari em sua frente).

Este comentário foi removido pelo autor.

Volta 15:
Alonso (20.681) e Heidfeld(21.202) nos Boxes.
1º Vettel ..... - 1:45.999
2º Hamilton: 1.445 - 1:46.413
14º Webber: 29.400 - 1:45.086

Alonso volta então em 12º imediatamente a frende de Webber, logo atrás de Petrov. Parece que o plano da Ferrari está dando certo, Alonso volta forte, e só precisa ultrapassar um pilot mediano com carro inferior. Seu companheiro Kubica, que é muito melhor foi passado por Sutil e afrente dele Hulkenberg, piloto que Rosberg ultrapassou quando ele ainda tinha pneus novos. Não parecia então uma tarefa tão herculina, afinal Petrov já estava com pneus desgastados. Petrov está então cerca de 2s na frente de Alonso.

Volta 18:
Willians percebe que quem fez a parada ganhando na pista, e chama o Rubinho para pit (20.684s).
Alonso alcançando Petrov (0,8s).
1º Vettel ..... - 1:46.018
12º Alonso: 27.909 - 1:45.520
13º Webber: 29.031 - 1:45.522

Parecia está tudo indo bem... Alonso e Webber eram os mais rapidos da pista.

Volta 19-22:

Algo mirabolante acontece.... Alonso chega no Petrov, mais a ultrapassagem está dificil. E os pilotos da frente passam então andar tão ou mais rapido que Alonso e Webber. Mas os peneus não iriam desgastar?

É ai que a prova foi decidida colegas. Alonso que estava andando 0,5s mais rapido que os lideres ficou então limitado por Petrov. O que era então um gap de 27s virou um gap de 35s! Aposto que se na volta 19 ou 20 Alonso tivesse passado Petrov, os outros teriam que parar logo para evitar ser ultrapassado por Alonso na troca de penus.

Vale ressaltar que nesse momento (volta 18-19) Rosberg está com gap de 24.87, podendo até ser lider na troca de pneus. Porém o que ninguem imaginou aconteceu: Os pneus resistiram! Os lideres não estavam mais perdendo tempo para quem tinha pneu duro (volta 19 em diante). Até então Rosberg que foi o primeiro a trocar pneus ainda poderia ser lider, e estava limitado a varias voltas atrás do Buemi. O normal era esperar que Rosberg iria conseguir a ultrapassagem, porém não conseguiu.

O que parecia uma boa estrategia virou um caos porque os pneus estava durando o suficiente para os pilotos se defenderem.

Volta 23:

Hamilton (20.792) aproveita que o gap entre os adversarios almentou e faz sua troca, e volta forte como de esperado, na 5ª posição.

Volta 24: Vettel(20.061) aproveita que Hamilton volta atrás trafico e faz seu pit, para voltar na frente da "zona", e consegue, volta em segundo, imediatamente a frente de dois carros entre ele e Hamilton (Kubica e Kobayashi).

Alonso (gap 30.658) ainda tentando passar Petrov. Hamilton passa então Kobayashi na pista e passa andar forte para chegar no Kubica.

Volta 25-33.

Pois é, os carros com pneus duros não estão mais rendendo tanto, e ali já podemos dar um adeus para o titulo do Alonso e alô para Vettel.

Volta 33.

Koabayashi nos boxes. Alguns abandonos.

Volta 37.

Finalmente Rosberg passa o Buemi. Outros abandonos.

Volta 39.

Button resolve parar. O gap de Alonso é 37s (+2s) e o do Vettel 3s (-12s), ou seja, os pneus macios estavam desgastando, porém nem tanto. Afinal Vettel que estava voando tirou menos de 1s por volta. E como Sutil estava limitando todo mundo pra trás, ele consegue voltar na 4ª posição. Sim, ao que parece ele estava preocupado em voltar na frente do Sutil.

Volta 46: Finalmente Kubica entre nos Boxes. Caindo para 5º graças ao Buemi que estava limitando todos a sua frente. Hamilton consegue andar 1s mais rapido com isso.

Volta 47: Sutil vai para seu pit.

Volta 48-55: as coisas se mantem.

Ou seja, pelo meu ponto de vista, o que foi crucial para decidir esse campeonato foi a questão dos pneus, até então eles não iriam durar, e tudo mostrava que parar logo seria melhor. Porém o setup da Ferrari deu a oportunidade de aos adversários a esperar um pouco mais para trocar pneus. E como podemos ver no caso do Button, realmente o pneu desgastou, porém demorou mais que o imaginado. E como podemos ver no caso do Rosberg, que o pneu duro no inicio da corrida seria o ideal, não o macio. Aconteceu ultrapassagens na pista, até mais que a média em pistas do Tilke.

A Ferrari perdeu para seu próprio setup, ela ultrapassaria Petrov se não tivesse sacrificado as retas, assim como outros varios pilotos foram ultrapassados. Mesmo o Kubica, companheiro de Petrov foi ultrapassado por um carro inferior a Ferrari.

Muito pode se dizer que a STR é muito inferior a Renault, só que a force índia passou a Renault. E uma Mercedes (Rosberg) que não é lá essas coisas, passou diversos carros melhores que a STR até travar em uma STR (Buemi).

Ou seja, a STR nessa corrida também estava com um ótimo setup.

A estratégia da Ferrari teria dado muito certo se tivesse um setup capaz de ultrapassar. Petrov não iria resistir, pois varios pilotos melhores não resistiram.

bem amigos, por mais exaustivo que possa ser, a dificuldade de ultrapassagem deveria ser levada em conta! alguersuari, facilitou a ultrapassagem da irmã maior, e travou massa! um exemplo, de como ultrapassar nesta pista com carros parecidos, foi que hamilton, com a mclaren não passou a renault em pista! a vitória de vettel, foi incontéstavel! torço por alonso mas sou realista! como torcedor do espanhol, acho que ele errou ao discutir com petrov!!! foi irracional, no calor do momento! mas convenhamos, a estratégia da rbr para vettel e da mclaren, em uma pista crítica para ultrapassagens com carros parecidos, fez a diferença! poderíamos falar em ultrapassagens, caso as pistas fossem: - brasil, monza, bélgica...

Wallacy,

Sua resenha parece perfeita. Dá pra ter uma ideia realista como foi o desenrolar da corrida, isso, claro após o seu final. Algumas previsões das equipes furaram, outras acabaram não se realizando devido as circunstâncias de que alguns pilotos conseguiram mesmo com pneus mais ou menos desgastados.

Depois de tudo isso, não tenho dúvidas que Alonso teria sido tri caso não perdesse a posição pro Button na largada. Não sei se foi excesso de cautela do espanhol ou arrojo do inglês. Talvez as duas juntas, mas fico com o excesso de cautela do espanhol, até porque bastava terminar em 4º e erguer o troféu.

Valeu Wallacy...

Você arranjou os números para provar o que eu defendi arduamente!!! Kkkkkkkkk...

Essa questão dos pneus realmente foi crucial, imagino (eu) que isso aconteceu pelo emborrachamento que vai sendo deixado na pista pelo uso durante as corridas... Como Abu Dhabi é pouco utilizado além da F1, acaba fazendo muito mais diferença do que circuitos tradicionais... Ou não...

Beleza Guilherme (RJ)...

Você é mesmo um "féládápétá"... Além de me ultrapassar na última prova do bolão e levantar o caneco, me ultrapassa no post e me deixa no comentário 24!!!

Que perseguição é essa??? Quelé!!!

Kkkkkkkkkk...

Bom, eu li toda a teoria do wallacy( e do B'Hengler) mas ainda assim, acho que tem algo errado...

Pq se preocupar com o Webber, que era 5º colocado, sendo que, como eu comentei, eles nao tinham margem nem com o Rosberg que já tinha parado?

Pq nao copiaram a estrataégia do líder por exemplo?

Acho que foi B'Hnelger quem comentou mas o Alonso nao estava tao longe dos 3 primeiros antes do pitstop...Tava todo mundo ali, fazendo trenzinho, até o Felipe Massa, se nao me engano.

Sobre os pneus, de onde tiraram que o duro seria melhor?! tanto que o Button fez tempos ótimos com o desgastado pneus macio.

O que fizeram oda asexta-feira senao coletar dados dos pneus?


Entao nao tinha sentido "escoltar" o Webber. O úncio pergio seria ele passar o Alonso mas olha quantos riscos a Ferrari assumiu contra apenas um se tivesse mudado de tática?

Pra mim a Ferrari perdeu feio esse campeonato pra incompetência na última prova.

Foram uma série de erros, pra mim, absurdos pra uma equipe desse porte. Tô tentando lembrar um episódio tao ridículo de erros assim e nao consigo achar...

E #ficadica pro próximo nao. Acho que vai ser bom pra repensarem todas as cagadas deste ano...

wagnervieiraalves,

Depois da prova é fácil afirmar, porém como eu demonstrei, até o momento não parecia uma tarefa difícil. Só se mostrou complicado depois... Mas depois é depois. As decisões são passadas na hora, e na hora é o que fazia mais sentido.

Os numeros não mentem. Se o Alonso não tivesse parado naquele momento, poderia perder a posição para o Webber. Nada garante que Webber não passaria o Petrov. Hamilton não passou Kubica porém os empecilhos foram outros. Ele só "colou" no Kubica na volta 30 quando ficou 0,3s de distancia. Ele cometeu um erro e deu uma escapada (normal em qualquer circuito) e na volta 31 aumentou a distancia dos dois pilotos para 1,2s. Kubica apesar de tudo estava andando rápido. Na volta 32, eles pegaram o B. Senna como retardatário logo no ponto de ultrapassagem, na volta 34 foi a vez de pegar o Di Grassi como retardatário. Nesse momento a distancia entre eles era ainda 1s. Na volta 37 quando a distancia em fim caiu para 0,5. Lembrando que Kubica estava virando 1:43.502, Hamilton 1:43.421, Button estava virando 1:43.691 de cara limpa para o vento. Só quem estava mais rápido, era Vettel com 1:42.705. Nessa volta o retardatário foi o Glock. Dai Hamilton se aproximou novamente para na volta 42 ficar a 0,3s do Kubica. Ou seja o Hamilton só pode atacar o Kubica por 4 voltas.....

As decisões são tomadas diante das circunstâncias. A situação do Hamilton foi circunstancial. Outras ultrapassagens, mesmo em cima do Kubica apareceram (pelo Sutil). O setup da Ferrari sim que prejudicou o Alonso, não o fato de ser uma Renault.

Não dá para prever o futuro, lá na volta 15, parar é o que fazia mais sentido.

Até então tinha acontecido 8 ultrapassagens com carros muito parecidos, incluindo uma de um carro inferior (Force India) sobre um superior (Renault).

Como eu mostrei em minha analise, era arriscado ficar na pista e perder a posição depois. Alonso tinha 50% de chance. Ele apostou na alternativa errada. Porém no momento era a que fazia mais sentido.

Pois é, B'Hengler...

Na última prova eu vim com pneus duros e troquei pra super-duros, você tinha que sair da frente, né...

Mas e aí... vai rolar festança aqui no Rio... luau na praia... regado do bom e do melhor, graças aos patrocinadores Renault que me ajudaram e muito nesta reta final...

Estão todos convidados... incluindo o Tio Bernie e sua senhora que poderão desfrutar de um espaço reservado para não agredirem a visão do Eduardo... he he he

A Pri, óbvio, também está convidada, embora ainda esteja danada com a Dona Ferrari... só precisa faltar no trabalho... como trabalha essa menina... sábados, domingos, feriados, dias santos, etc...... nossa!!!!

Priscilla Bar,

Os numeros são bem claros, volta 15 Alonso estava a 7s do lider. (Hamilton estava a 1,4). Massa estava a 15,7s.

Era tudo menos um trenzinho.

Como eu deixei claro, a questão não era copiar a estratégia. Temos diversos exemplos durante a temporada de pilotos que pararam antes e se deram bem. O próprio Rosberg estava ultrapassando todo mundo e já estava chegando a zona de pontuação sem ninguem ter parado.

Como eu bem frizei, na volta 18 até o Rosberg tinha chance de ser lider na parada dos primeiros colocados.

A realidade é que no momento Webber estava voando, e mais um pouco não importa o quanto o Alonso atrasasse Webber iria passa-lo. O próprio Vettel corria o risco de perder a corrida naquele instante.

Você estava assumindo que a posição dos que estavam a frente do Alonso não estava ameaçada. Mas não é verdade, naquele instante o vencedor da prova poderia muito bem ser o Rosberg ou mesmo o Webber por está tão mais rápido.

Webber estava virando 1,2s mais rápido que o Alonso e 0,8 mais rapido que o Vettel. Era muito arriscado sair atrás do Webber depois.

O inesperado foi que o pneu macio durou o suficiente. E o setup da Ferrari não permitiu a ultrapassagem nem forçando a barra.

Era uma decisão difícil, erram por não esperar ver se Webber perderia tempo com Petrov e tentar fazer um pit na frente dos dois (Petrov e Webber).

Sobre os pneus. Bastava ver os tempos em pista dos que usavam duro e dos que usavam macios. Button não fez ótimos tempos com pneu macio desgastado não. Ele era 1s por volta mais lento que o Vettel com pneu duro, e 0,8s mais lento que seu companheiro de equipe.

Webber também com o duro passou a andar 0,5 mais rápido que todos.

Em uma coisa concordo: Entre dois riscos, entre ficar na pista e ir para os boxes, ficar naquela situação seria a melhor já ele até então estava na posição que queria 4º lugar.

AH! Sei lá, preciso respirar um pouco...hahaha

Como hj caiu a ficha tô meio brava....rs

Só um "abre aspas": se era o 4º colocado e tava a 7seg do líder...Tá bom nao?!rs

1,5 seg de distância entre cada piloto é trenzinho pra mim...

Vou respirar e esquecer a Ferrari e que o Corinthians comprou o Brasileirao...rs

bem wallacy, tranquilo! sabemos das dificuldades de ultrapassar em alguns circuitos! na 15° volta alonso virava o mesmo tempo de button e estava aproximadamente 3 segundos do inglês! button usava o mesmo pneu macio de alonso e permaneceu aproximadamente 40 voltas, 25 voltas à mais que a ferrari. a estratégia da mclaren, não foi mal pensada, pois se button ficasse aproximadamente 30 voltas, chegaria à frente de hamilton, que era o que a mclaren não queria! as 40 voltas, foram para tentar diminuir o tempo de vettel para que hamilton chegasse, mas o campeão de 2008, perdeu muito tempo tentando ultrapassar em vão kubica! sem desmerecimento, é mais fácil tentar uma ultrapassagem forçada no bloco intermediário, teoricamente sem nada a perder, ou lutando pelo título? acho a segunda alternativa mais difícil!!! querendo ou não, as lições de ross brawn não foram aprendidas por andrea stela, quem anda na frente, tem que fazer o trivial, ou seja, fazer um primeiro trecho de corrida o mais longo possível! portanto, erro crasso!

faltou um detalhe! button fez uma única ultrapassagem na corrida, que foi sobre alonso na largada, só! esta é a mais limpa tradução de que a estratégia é o que mais importou na corrida de ontem! permanecer na pista por tanto tempo com pneus macios era viável, por aquela altura a pista estar muito mais fria que o normal, pois era noite, alem do emborrachamento que faria os pneus macios se desgastarem menos, e durarem mais! em relação as previsões, as equipes hoje possuem simuladores, que até mesmo conseguem estipular, dependendo do ritmo e velocidade, em qual posição o piloto chegará! portanto, tornou ainda mais infantil a perda do título pela ferrari! sem levar em consideração toda superioridade da rbr, nesta última corrida, a ferrari perdeu por seu próprio erro!

nem assiti a corrida,na hora da corrida estava fazendo prova,fikei feliz por Alonso nao ter sido campeao,apesar de achar q ele foi o melhor piloto dessa temporada,akela manipulaçao ridicula da ferrari e o chororo do Alonso atras do Petrov,bom sem comentarios,ficaria uma tanto quanto feio,nao to morrendo de alegria pela vitoria do Vettel,pois queria q o Webber fosse campeao,mas feliz por Alonso nao ser tri.Sei q eu fui super pé frio,achei q Alonso nao disputaria o titulo e disputou fortemente,achei q o Vetterl ia fica so na promessa e foi campeao,axei q o Webber seria campeao e ficou no meio do caminho.Discordo do latueiro quando diz q a perda do titulo do Alonso deixou a situaçao do Massa pior,seria melhor o companheiro ser campeao com Massa com esse desempenho ridiculo?Com certeza nao,enfim,a situaçao do Massa ja eh uma droga de todo jeito,como de todos os pilotos capachos q ja foram copanheiros do Alonso,ele moi geral sem pena,ou o cara eh hamilton e peita,ou eh um banan,seja la como for,o banana amiguinho como Trulli,o banana q bate pro Alonso vencer como o Nelsinho,o bana q deixa o Alonso passa como o Massa,enfim,q bom q o espanhol nao ganhou,nao pelo Massa,ate pq sinceramente,ele perdeu minha admiraçao quando se sujeitou akele papel de capacho,mas sim pq nao gosto do Alonso,parabens Vettel ex eterna promessa,rsrs

Ganhou a melhor equipe, o melhor projetista, o melhor estrategista, o melhor piloto....Ganhou o esporte chamado fórmula 1 pelo qual somos apaixonados...ganhamos todos nós...

Qto à reclamaçào do Alonso pro Petrov:
this is ridicolous,guys....
e , só prá constar:
Alonso, Petrov was faster than you....
Que a Ferrari tenha aprendido que no final é o exemplo de esportividade que ganha um título e que dá e que principalmente se dá mais valor a ele...
Alonso é mto bom e não precisa de ordens de equipe....

Grande ZUADOR, espero que eu esteja errado e voçê e muitos outros certos. Pois la no intimo,somos bairristas e queremos os nossos pilotos vencendo.

Mas ainda acredito que a vida do ZACA, se o austuriano tivevesse ja levado esse caneco ja no primeiro ano e equipe.

Agóra ficou evidente que a Ferrari errou e ferrou o espnhol junto...e vai querer reverter isso ém 2011.

A menos que o ZACA ja comece a próxima temporada ATROPELANDO o Alonso...do contrário meu amigo...sém chances.

eh amigo latueiro,infelizmente nao pude assisti a corrida,tava fazendo uma prova de concurso na mesma hora,eu axo o seguinte sabe,o Massa teve uma temporada horrorosa,tomou um chocolate imenso do espanhol,axo q se o Alonso fosse campeao,a posiçao dele q ja eh de capacho total ficaria ainda pior,so faltaria uma tatuagem na testa com o nome segundao,rsrsrs,e olha vo ser bem sincero,axo muito dificil q o Massa comece a temporada atropelnado o espanhol,alias,axo dificil ele atropela o espanhol em qualqr momento do campeonato,eh o tipo da coisa sabe,nao tem akele diferencial q os pilotos q vencem campeonato tem dos q nao vencem,mas do q talento ele nao tem muita personalidade,eh so agente ver o perfil dos campeoes como diferem dos "q querem ser campeoes",hehe,verdade,somos bairristas e tendemos a defender os pilotos pra qual torcemos,e assim,nao vo dizer q nao torcerei mais pro Massa,mas enquanto ele se comportar como um mané torço nao,rsrs.Por fala em torcida,nao se fazem mais pilotos como o Nelsao,ali tinha muitaaaa personalideee,o Alonso podia chega a tri mas nunca seria como O Piquezao,pra vc ver,Alonso q eh um dos pilotos junto com o Hamilton q mais tem personalidade na f1 na0o se compara a ele,o cara lutava contra equipe e vencia,num tinha chororo,era o cara,hehehe,eh uma pena q nao tenha assistido essa corrida,mas alem de ter viajado uma distancia imensa pra fazer esse concurso,uma aprovaçao nele eh uma melhoria bem $$$$ignificativa,rsrs,um dia eu chego la,hehe,mas enfim,acompanha a temporada toda e perder a ultima corrida eh triste,rsrs,mas pelo menos o resultado me agradou,e me consagrei como o maior pe frio do ano,oq disse q Alonso nao disputaria o titulo e q o Vettel era uma eterna promessa,rsrs,vc parece q ganhou o bolao,entao eh pq foi bem mais assertivo em seus palpites,hehe

E o Briatore se revelou uma grande paranormal com poderes mediúnicos e profetizou:

Só um desastre tira o título de Alonso...

só nào advinhou o nome do desastre atomico pior que Chernobyl para o espanhol....Vitally Petrov, que depois dessa merece uma vaga em qualquer equipe...

Compartilhe

Twitter Delicious Facebook Digg Stumbleupon Favorites More