24 de set de 2012

GP de Cingapura

O espetacular Grande Prêmio de Cingapura terminou com a vitória do alemão Sebastian Vettel, que contou com o abandono de Lewis Hamilton para garantir a 1ª posição.

Vettel conseguiu ultrapassar a Pastor Maldonado logo na largada e seguiu de perto o líder, Hamilton, até a volta 23, quando a caixa de câmbios do inglês disse basta. Quando assumiu a liderança, Vettel pilotou cômodo, apesar da presença constante de Jenson Button logo atrás, mas que não ameaçou.


A 2ª posição do inglês não tira a decepção da equipe Mclaren pelo abandono de Hamilton. Button não é o homem que briga pelo campeonato e apesar do bom ritmo durante a primeira parte da corrida, ficou nítida certa dificuldade com o jogo de compostos mais duros o que lhe manteve todo o tempo controlado por Vettel.

Terceira posição para Fernando Alonso que conseguiu mais uma vez terminar no pódio e salvar pontos preciosos para o Campeonato. O abandono de Hamilton e Maldonado beneficiaram ao espanhol que hoje não contava com o melhor carro.

Paul di Resta completou a corrida em sua melhor posição na categoria. O 4º lugar do escocês foi totalmente meritório, completando um excelente fim de semana onde tudo saiu bem desde a classificação, quando largou 6º.

Nico Rosberg teve muito trabalho em pista para conseguir a 5ª posição. O alemão largou na 10ª posição e acredita que o fato de ter guardado um jogo novo de pneus na classificação de ontem foi primordial para o bom resultado.


Sexto e sétimo colocados, Kimi Raikkonen e Romain Grosjean, respectivamente, não tiveram o melhor fim de semana com o E20, apesar de terem os dois carros dentro dos pontos, com Raikkonen ganhando 6 posições desde a largada. O finlandês segue pensando que o carro pode dar mais de si, porém segue confiante por manter sua 3º posição no Mundial que ainda lhe dá opções ao título.

A 8ª posição fica com um Felipe Massa espetacular. O piloto brasileiro sofreu um toque na 1ª volta e, desde o final do grid, teve que remontar durante toda a corrida. Muito agressivo nas ultrapassagens, Felipe conseguiu mais que 3 pontos, subir sua alto estima.

Nona posição par Daniel Ricciardo que brigo como pode por manter sua posição. Um dado importante a ser comentado é que a entrada de dois safety-car em pista ajudou bastante ao grupo intermediário que não defraudou e lutou por posições. Foi o caso de Ricciardo que conseguiu 2 pontos importantes para piloto e equipe.

E fechando o top10, Sérgio Pérez, mais um do pelotão intermediário que ultrapassou, foi ultrapassado e "sobreviveu" a um circuito que dessa vez contou com 7 abandonos.

Confira como terminou o GP de Cingapura:

1 – Sebastian Vettel (ALE) - Red Bull – 59 voltas 
2 – Jenson Button (GBR) - McLaren – a 8s9 
3 – Fernando Alonso (ESP) - Ferrari – a 15s2 
4 – Paul di Resta (GBR) – Force India – a 19s 
5 – Nico Rosberg (ALE) - Mercedes – a 34s7 
6 – Kimi Raikkonen (FIN) - Lotus – a 35s7 
7 – Romain Grosjean (FRA) - Lotus – a 36s6 
8 – Felipe Massa (BRA) - Ferrari – a 42s8 
9 – Daniel Ricciardo (AUS) - Toro Rosso – a 45s8 
10 – Sergio Pérez (MEX) - Sauber – a 50s6 
11 – Mark Webber (AUS) - Red Bull – a 1min7s1* 
12 – Timo Glock (ALE) - Marussia – 1min31s9 
13 – Kamui Kobayashi (JAP) - Sauber – 1min37s1 
14 – Nico Hulkenberg (ALE) - Force India –1min39s4 
15 – Heikki Kovalainen (FIN) - Caterham – 1min47s9 
16 – Charles Pic (FRA) - Marussia – a 1 volta 
17 – Pedro de la Rosa (ESP) – HRT – a 1 volta 
18 – Bruno Senna (BRA) - Williams – Abandonou 
19 – Vitaly Petrov (RUS) - Caterham – Abandonou 
20 – Jean-Éric Vergne (FRA) - Toro Rosso – Abandonou 
21 – Michael Schumacher (ALE) – Mercedes – Abandonou 
22 - Pastor Maldonado (VEN) - Williams – Abandonou 
23 – Narain Karthikeyan (IND) – HRT – Abandonou 
24 – Lewis Hamilton (GBR) - McLaren – Abandonou 


A Fórmula 1 volta em duas semanas com o GP do Japao.

5 comentários:

Se houvesse acontecido uma batida entre Vettel e Button naquela freada da RBR, eu diria que Alonso vai ser campeão de qualquer jeito.
Primeiro Hamilton quebrou o cambio, depois Maldonado abandona. Só faltava sair Vettel e Button pra Alonso vencer e dispara no mundial.

Na boa, Pri, achei uma corrida muito chata, com alguns lances legais, como a briga entre Alonso e Maldonado; o controle do carro de Massa na disputa com Senna; o pega etre Hulkenberg, Perez e Webber, mas no mais, uma corrida monótona, com Hamilton, Vettel, Button e Maldonado isolados na frente...Ps: dizem que Alonso é um cara sortudo, mas penso o contrário, afinal, pilotando com velocidade, e praticamente não errando, se o espanhol possuisse uma RBR ou Mclaren, o campeonato já estaria decidido...Alonso sobra nessa turma!

Eu também achei a corrida chata até que o abandono do Hamilton me deu uma "levantada". O "espetacular" do início do post é pelo espetáculo que o fim de semana, em si, de Cingapura trás, mas nao pela corrida.

Claro, um abandono do Vettel faria a corrida espetacular mas nao foi o caso..rsrsrs

E mesmo sem ganhar, Alonso foi o grande vitorioso de novo.
Tá cheirando tri.

O problema é que Alonso não pode ficar só contando com a sorte.
Ele precisa vencer 1 corrida pelo menos, 2 já seria de bom tamanho mas tá complicado.
Se ele não conseguir vencer alguma até o fim do campeonato, o sonho do tri vai ficar só no cheiro mesmo.

Compartilhe

Twitter Delicious Facebook Digg Stumbleupon Favorites More