19 de jul de 2011

Montezemolo confirma Massa em 2012

O Presidente da Ferrari, em declarações para a tv italiana Sky Italia, falou sobre o atual momento da equipe Ferrari na temporada e, principalmente, de seus pilotos e, ao falar de seus pilotos, se mostrou satisfeito com a dupla atual. Se depender das palavras dele, Felipe Massa seguirá como companheiro de equipe de Fernando Alonso na próxima temporada:


"Nos anos 60, quando eu era um jovem diretor esportivo, as pessoas diziam que carro e piloto influíam 50% cada um. Hoje em dia o carro conta mais, mas é nesse 30% restante que os pilotos marcam a diferença."


"Alonso é "super" e Massa está de volta: acho que os pilotos não são um problema. São épocas de rumores mas no ano que vem os pilotos continuarão sendo Alonso e Massa." - disse Montezemolo.

Felipe Massa tem contrato com a equipe italiano até o final de 2012, mas as especulações o situam como uma das peças-chave na troca de assentos para a próxima temporada. Alonso já anunciou sua renovação até 2016.

13 comentários:

É....fica tudo em casa e como esta fica. Se ele [zaca] sair da Ferrari...no minino perderia uns 50% do que ganha atualmente.

Se ele [zaca] sair da Ferrari,vai correr onde? Podém ter certeza [e ele zaca tem] seria da Renault pra tráz.

E a Ferrari em compenssação,continuara firme com o apoio da FIAT...que finge que agrada aos brasileiros...com um piloto. Mesmo esse sendo mediano pra ruim...mas ta em equipe de ponta.

E continuando as compessações para equipe Ferrari,a manutenção do ZACA,por mais um ano e meio...o Alonso continuara tranquilo e sem ser incomodado...pois qualquer ação da equipe em favor do asturiano numero um...o segundo piloto zacariano tera sempre uma desculpa.

Em Silverstone o EL FODON VENCEU E CONVECEU...ja o nosso ZACA,pra variar enfretou problemas...e desta vez se superou e muito a sua onda de azar.

Todos carros praticamente,passaram pelos detritos que ficaram na pista em um encoNtrão de não me lembra quem e com quem....Mas quem foi o unico prejudicado pelos dEtritos hein?? ele mesmo...zacarias que teve o seu assoalho danificado e prejudicou sua corrida e uma possivel dobradinha da equipe FERRARI.

Então convenhamos né...onde a Ferrari arrumaria um segundo piloto mais azarado do que o ZACARIAS.

E para o Titonio Massa...o filho Massa, tem que renovar seu contrato em 2013 e ficar quieto na Ferrari. Sair de la pra quê.

E o GAGÁlvão vai se acabar com a notícia na transmissão da próxima corrida!!!

Kiekeylçon...

Vou ter que assistir a prova no MUTE...

Ainda bem que à 10 anos eu sou livre do Galvao!

Latueiro,

tem o Rubinho q é infinitamente mais azarado que o Zaca. Ser segundo piloto de Button, Maldonado, Hulkenberg, e outros não é para qualquer um não.

Bem ou mal, acaba com a onda de boatos, tranquiliza os imediatistas que acham que F1 é igual futebol e demite nego por resultado ruim..

Tem resultado que a gente nem vê aparentemente e só comenta e corneta fim de corrida.

Não sou fã do cara, mas que seja. Mais um ano em equipe de ponta.

Tem toda a razão Groo. Pelo menos agora se acaba esse zunzunzun de que vai sair...não vai sair.

Mas dai a acabar com a cornetagem...so depois que o ZACA parar de tomar esse vareio todo que vem tomando do el-fodon.

Lee....preocupe não! O Cristian Fittipald ja fez o favor de "aconselhar" o BARRICA a ficar na f1 enquato tiver vontade e se ver em condições de competir em um f1.

Viajando pela Net...e vendo a foto de Senna e Piquet...fiquei curioso e resolvi ler o escrito abaixo.

[B´Hengler vai me expulsar do blog depois dessa.]

PIQUET X SENNA

Dizem que Ayrton Senna foi definitivamente um dos maiores corredores da história da Fórmula 1. Raçudo, impetuoso, com instintos e reflexos precisos além do ponderavelmente humano. Tirava de carros inferiores uma potência inimaginável. É considerado o maior ídolo do esporte brasileiro depois de Pelé. Dizem.

E é na passagem “definitivamente” que se inicia o problema entre o mito Ayrton Senna e uma pessoa de carne e osso que sacudiu e levantou muita poeira nas pistas. Senna é lembrado como o melhor piloto de todos os tempos. A Globo já o tratava dessa forma, em seus últimos anos. Há algo curioso nisso: entre 1981 e 1991, 6 dos 10 campeonatos mundiais foram conquistados por brasileiros: três por Senna, três por Piquet. Basicamente houve o (então) tricampeonato de Prost e um título de Niki Lauda nos entreatos.

Há uma explicação simples. Senna, que foi para a Fórmula 1 quando Piquet já era bicampeão, soube se entrosar com os jornalistas esportivos da maior formadora de opinião do Brasil, a Rede Globo (com a licença para se chamar alguém da Globo de “jornalista esportivo”). Piquet, o oposto de Senna em tudo (Piquet era carioca, Senna era paulista; Piquet era cerebral, Senna impulsivo), era famoso pelo mau humor com que tratava a ignorância dos entrevistadores da Globo, sem nenhum apelo e nenhuma mensagem bonitinha para o público.

Piquet não apenas ficou marcado como alguém “menor” do que Senna. Piquet não é lembrado sequer como um “segundo lugar” na Fórmula 1 na década de 80.

É uma injustiça muito grande. Piquet era mecânico do próprio carro! Cursou 3 anos de Engenharia Mecânica. Criou de cunho próprio técnicas que são usadas até hoje na F1, como aquecer os pneus antes da corrida. Senna viveu às turras com os engenheiros, e sua petulância como “promessa” o tornou persona non grata por onde quer que passasse. Principalmente quando se tratava de jornalistas que falavam e escreviam a verdade e não distorciam os fatos apenas para o agrado do "Mito"....Ex: A imagem de um acidente em corrida,onde Senna que vinha atráz...estaciona e se arrisca para socorrer o colega de profissão é linda e comovente e foi num momento a calhar para a midia bajuladora e para o bajulado puxa saco da poderosa emissora de tv do Brasil. Pois Senna fazia uma corrida pifia e teria que ficar dando explicações depois para os curiosos e inoportunos jornalistas paparazis [é, aqueles mesmo que elevam e detonam uma personalidade em apenas um FLASH DE SUAS CAMERAS E FILAMADORAS.] Mas e se Senna estivesse liderando a corrida e o acidente fosse da mesma forma,mas com um retardatario por exemplo! Alguém realmente acredita que Senna abriria mão da vitória,por algo que era rotina na f1 da decada de 80/90..os acidentes. Tenho serias dúvidas quanto a isso.[continua...]

[continuação]


Assim como condenei e muito a agressão de Piquet pra cima do Salazar em momento de fúria. Um erro jamais vai corrigir outro erro.

Piquet detestava a demagogia de Senna. Sua mania de “defender o Brasil”, num patriotismo bem xarope, dosado bem ao gosto dos telespectadores da Globo.


Os fãs de Senna até hoje têm dessas manias. Mas não seria preciso. Piquet também é brasileiro, e fez a melhor ultrapassagem da história da Fórmula 1, em 1986, estreando o circuito da Hungria. Tentou passar seu adversário, sem sucesso. Na segunda tentativa, chega aos limites das leis da Física, pega o vácuo do carro em um retão. O piloto da frente não se preocupou em fechá-lo, pois estava com o lado “limpo” da pista, que os pilotos usam quando estão sozinhos. Dessa vez, Piquet o ultrapassa pelo lado de fora de uma curva fechada a mais de 300 km/h, e para não ser ultrapassado de novo, desse mesmo lado, faz o carro andar com as quatro rodas de lado por alguns metros para impedir a passagem. Ainda arruma tempo de mandar tchauzinho – talvez com apenas um dedo, mas enfim, um tchauzinho. O seu adversário se chamava Ayrton Senna.

Senna era desonesto como qualquer piloto e só se fazia de santo pra imprensa. Não há razões muito humanitárias para se esconder isso. Veja-se aqui o lado esportista de Senna: na corrida do Pacifico de 94 ele foi tocado pelo então rookie Mika Hakkinnen (o principal rival de Schumacher nos anos seguintes). Atente-se a um detalhe, Senna marcou MAL nessa prova, e por isso ficou pertinho de Hakkinnen.

Senna chegara em San Marino com 0 pontos contra 20 de Schumacher. É politicamente incorreto no Brasil dizer que Senna não foi o melhor piloto da Fórmula 1. Como o mundo inteiro considera que os irmãos Wright criaram o avião, e só o Brasil acredita em Santos Dumont. Mas cabe uma pergunta final: quem Senna estava tentando fechar em Ímola em 94, quando de seu acidente fatal? Se Schumacher conseguiu a fama de “Dick Vigarista”, por que não pechar da mesma forma quem já fazia isso quase uma década antes? Só por ser brasileiro?

Menos,meus caros amigos...bem menos!! Trata-se de 2 dos maiores talentos que o mundo Automobilisco viu e assistiu.

Infelismente a nivél de Brasil...tudo que se põe na Net,que atingi a imagem sul-real de Senna...é retirado tão rápido,quanto entrou. E quem não teve o privilegio de ver esses 2 pilotos,de talento [vejam bem] "talento" indiscutuveis dentro das pistas! É manipulado e bombardeado de todos formas e artimanhas por uma midia maldosa e tendenciosa, [interesses próprios]que quer, e insiste na figura de super heroi de um Senna[...] para o quase anonimato de um Nelson Piquet.

Coisas de Brasileiro,que tem o poder dos microfones dos radios, imagens de tv que adentram nossas casas no dia a dia e o poder da escrita imaginária [ficção]que a todos esta ascessivél em qualquer canto desse nosso BRASIL.

REF: 02-02-05

Bacana o texto, Latueiro!!!
Uma vez fiz uns comentários parecidos no Youtube, até sobre essa ultrapassagem do Piquet (que estava com um carro nitidamente melhor)sobre o Senna em Hungaroring.O que li de desaforos depois, não tava no gibi...Tem um palhaço que até mês passado me envia uns e-mails com qualquer notícia endeusando os feitos do Senna...rsrsrsrsrs...

Hoje não perco tempo discutindo sobre quem era melhor.Pra mim, era o Piquet e pronto.

O Piquet sempre foi arrogante, vi isso pessoalmente quando morava em Brasília.Se bem que foi muito atencioso e gentil quando lhe pedi autógrafo.Tinha colado uma foto de uma Brabham e de uma Lotus amarela num cartão que guardava na carteira e ele prontamente rabiscou seu nome e disse que tinha ficado bacana.Acabaram me roubando esse autógrafo quando estava no Exército.
Já o Senna sempre foi o queridinho da Globo.Quiseram fazer o mesmo com o Bruno Senna ano passado e tomaram várias varadas do rapaz.

Agora, sobre aquele "socorro" do Senna, creio eu que era num dia de testes e não durante uma corrida.

E se fosse numa corrida, dificilmente iria fazer o mesmo tendo condições de vencê-la.Alegaria compromissos com os patrocinadores e tal...blá, blá, blá...

Eduardo? Eu tambem li esse texto. E a pessoa ou jornalista que o publicou...não deu me,muitas chances de fazer um perfil sobre para quem ele torce. Já que ele tanto elogia e cfaz criticas a ambos os pilotos.

É,claro que a tendencia do texto iria se referir mais Senna...pois mesmo depois de morto....a midia continua a sua perigrinação de beatificação do piloto numero um do mundo [pelo mesnos para ela]

É claro que também houve algúns equivocos ou visão dos ocorridos entre ambos pilotos e situações adverssas vividas por Piquet e Senna no comentario de nosso amigo do texto.

Mas me chamou a atenção a parte em que se refere a relatos que são jogados na midia...se são elogios a Senna ou coisas do tipo...ficam eternisadas nos sites e foruns e até no yotube e outros veiculos que armazenam e divulgão videos. Mas se são criticas...ou um pouco mais perto da realidade do ocorrido e outras coisas mais...? Simplesmente desaparecem tão rapido quanto apareceu.

Já vi e li muitas histórias contadas de todos os jeito sobre esse "socorro" prestado por Senna. Confesso que até eu faço confusão sobre o tema e sem saber as condições que foram esse socorro e se fosse em outras condições ele teria realmente abrido mão de um resultado positivo,por uma situação até rotineira na epoca. Os acidentes.

Eu mesmo nunca elogiei a atitude agressiva de Piquet naquela corrida...mas vai la saber o turbilão que se passa na cabeça do piloto nessa hora.


Hóje mesmo vi um comentário de uma pessoa que diz acompanhar a f1 desde os anos 80. Revoltado com a situação do ZACA ficar na Ferrari pensando apenas em dinheiro e não se procupar em retribuir o carinho dos brasileiros,buscando condições de ganhar titulo e alegrar a sua nação. Dai ele soltou essa..."saudades do Senna esse sim corria por amor ao esporte e a nação brasileira e não por dinheiro."

Perai né. Senna faturava para epoca na casa de um mi por corrida na Mclaren. Senna juntava o util ao agradavel...ganhava muito dinheiro[merecido diga se] e fazia muita média com o slogan BRASIL.

Ou alguem acredita que realmente ele deixou a Mclaren pra correr de graça pra Wilhams.

Ele até se ofereceu, mas daí a ser verdade,...é um longo caminho, não é verdade???

Compartilhe

Twitter Delicious Facebook Digg Stumbleupon Favorites More