25 de out de 2009

Piquet não esquece o "Crashgate"

Nelson Piquet (pai) não se conforma com o caso "Crashgate" e parece não ter a mais mínima intenção de deixar "a poeira baixar".


Segundo a publicação alemã Auto Motor und Sport, Piquet exige que a Renault se retrate publicamente com seu filho, depois que o mais simpático declarado sobre ele foi a palavra mentiroso.

Briatore e Piquet protagonizaram uma "batalha" mediática onde um jogava a culpa no outro e tentavam desestabilizar-se mutuamente. Finalmente foi provado que a história de Piquet Jr. era a verídica.

Apesar das punições para os "arquitetos" da mentira, Nelson Piquet ameaça com denunciar a equipe caso não "ouça um pedido de desculpas em até 2 semanas."

Apesar de reconhecer a culpa de seu filho, Nelson Piquet não vê nada demais na ação do filho de bater deliberadamente no muro para alterar o resultado de uma corrida:

"Ayrton Senna ganhou dois campeonatos assim" - disse Piquet. "Em 1983, no campeonato de F3, contra Martin Brundle e em 1990, depois de empurrar Alain Prost para fora da pista de forma completamente deliberada".

Me parece horroroso, que Piquet saque este tipo de tema para defender o indefensável.

No caso Prost x Senna de 1990, todos sabemos que a batida foi deliberada meeesmo, mas foi pago com a mesma moeda usada por Prost no campeonato anterior, de 1989.

Sobre o campeonato de F3, em 83, a "ação deliberada" afirmada pelo Nelsão, na minha opinião não existe. Existe sim um afobação e um erro claríssimo do Senna na tentativa de ultrapassagem mas, nada parecido com o de 90, por exemplo. Senão, vejam vocês mesmos:


Assista a partir de 1:05

Ah! E o Senna não ganhou o campeonato nesta corrida, ganhou algumas corridas depois...

O Piquet tem todo direito de "defender a cria", mas me parece que tudo isso não passa de uma tática para não sair da mídia...

***Opinem!***

20 comentários:

Piquet pai viajou na maionese...

Em 1990 Senna vingou-se da armação de 1989... Deixou bem claro isso, quando fez tudo exatamente da mesma maneira que Prost havia feito no ano anterior... A batida, o abandono do carro, a "virada de costas" (essa é pesada, sem malícia aí... Kkkkk...), as declarações pós-acidente, etc...

Já em 1983 Senna e Brundel duelaram o campeonato inteiro... Quando Senna largava na frente a corrida era monótona, quando ficava atrás o duelo era garantido... Nesta corrida foi isso que aconteceu, e Senna afobou-se na tentativa de ultrapassagem... Era óbvio que não passaria, mas a inexperiência é cruel... Felizmente a gravidade do acidente foi apenas "visual", mas poderia ter sido gravíssimo!!!

Se for seguir a linha de pensamento do Pai Piquet Sr, os dois "bateram" em beneficio próprio, porem lembremos que a de Senna valia um campeonato enquanto que a do Piquet Jr apenas a sua permanencia na equipe. "Batida por batida", a do Senna teve mais "peso", devolveu a ele o campeonato "roubado" no ano anterior e ainda fez valer o ditado do "olho por olho e dente por dente" enchendo os torcedores de orgulho, afinal era o "mocinho brasileiro" contra o todo poderoso Jean Marie Balestre e seu pupilo Prost. Senna, na entrevista, declarou que "bateu" propositalmente, não esperou um ano para revelar a verdade. A "batida" do Piquet Jr serviu para mostrar ao mundo todo que a honestidade no esporte F1 é duvidavel. Não sei se Senna ou Piquet Jr agiram certo, o que sei é que o Grande Piloto Tricampeão Mundial da F1, Nelson Piquet do Souto Mayor, hoje, mesmo no papel de Pai, não merecia isso.

Bom dia Priscilla e B´hengler. Não tocarei mais nesse assunto,pois não pretendo me indispor com amigos que como eu adoram e acompanham a f1. Também não concordo ém mexer com quém já morreu e não pode explicar por que fêz isso ou aquilo. Mas ambém não tiro a rasão de Nelson Piquet. Pois tentaram crusificar o Nelsinho de todas as formas[principalmente aqui no brasil, e o mais ridiculo ainda,foi ver os brasileiros tentando protejer a imagém de F.Alonso a todo custo] "E agóra que a midia brasileira está descobrindo quê? quém deu um tiro no pé foi ela e não N.Piquet,como foi tanto falado...Agóra está todo enfiando o [r*] entre as pernas e mudando o discurso. "Minha cara Priscilla?? Voçê não é ingênua...N.Piquet também não!! M.Mosley e B.Ecclestone muito menos. A denucia foi feita ém tempo... 2008! Mas todos sabiam que se Nelsinho abandonasse o barco antes da hóra....Briatori, Simonds e a equipe Renault,teriam se armado e o único f# nessa história,teria sido o Nelsinho Piquet. Ou voçê acha que não???

Latueiro,

A gente sabe que F1 tem uma "politicagem" tremenda por trás do esporte mas, mesmo sabendo que esperaram pra divulgar tudo isso(pq havia interesse), me parece ainda pior, o fato do Piquet ter estado na equipe apenas para "espionar" e "pegar as informaçoes que faltavam".

Eu nao digo que fulano ou ciclano sao inocentes mas o que nao podemos é fingir que o Nelsinho é inocente.

Eu repeti muitas vezes aqui no blog que eu torcia por uma virada de mesa do Piquet na temporada 09, pq na 08 foi muito ruim. Mas sinceramente, tanto se critica até hj o Barrichello por aquela "entregada" na Austria, que nao sei se o Piquet terá como limpar sua barra com os torcedores brasileiros depois de Cingapura.

Outra coisa: vc acredita mesmo que se a temporada 09 do Piquet estivesse sendo uma maravilha que ele seguiria em frente com essa história??

Ah! Nao fique chateado por falar do tema nao... É interessante conhecer sua opiniao e a de todos que quiserem opinar, pq as vezes eu vejo coisas daqui que vc nao ve ai e vice-versa...É legal essa troca de opinioes...;)

Eu chateado? jamais. Eu acho que jogar o carro ém cima de um colega de profição,bém mais feio do que ém um muro. E isso...não é heroismo algum. E quanto a Barrichelo...jamais fiz criticas pesadas a ele e ném elogiei...cumpriu ordém. Assim como fêz F.Massa ém 2007. Isso porque,não precisou tirar ném Alonso ou Hamilton da corrida...porque se mandassém...ele faria!! Assim como fêz Nelsinho e qualquer outro piloto faria,para manter o emprego. Mas devo confessar que nessa história...PIQUET,RENAULT[ou Briatori] FIA,FOM...?? Tém coisas ai, que não estão batendo...com o tamanho do escandalo protagonisado ém cima desse acidente. "Como o Próprio Nelsinho disse ém uma entrevista....principalmente no Brasil,as pessoas falam ou escrevém [M*] sém estar lá dentro,para saber como funcionam as coisas na f1. Tony Kanaãn deu a entrevista mais coérente até agóra...quando disse, não adianta piloto nénhum vir e diser..."eu não faria isso"...mas se o chefe mandar e ai...????

Sobre a sua última pergunta: Ah! Sei lá...Acho que um Schumacher na época de Ferrari, um Senna na época de Mclaren, um Hamilton atualmente(como de fato aconteceu), sim...

Mas nao sei se todos fariam...Sei lá!;)

Alguém mais poderia responde a essa pergunta?!

Bom, não adianta muito discutir quem foi melhor. Ayrton Senna e Nelson Piquet se equivalem e tem torcidas próprias. Eu me encaixo como torcedor e fã dos dois pilotos, e o Brasil deve se orgulhar em ter 2 dos maiores pilotos da história da F1.

Também não dá pra inocentar o Nelsinho no caso de Cingapura. Errou feio! Mas, bola pra frente... a F1 sempre teve bandidos e mocinhos, e muitas vezes o bandido de hoje virava mocinho amanhã e vice-versa...

Pra 2010 muitas vagas estão em aberto e vários brasileiros podem estar no grid: Massa, Barrichello, Bruno Senna, Di Grassi, Pizzonia e deve ser por isso que Nelsão continua colocando o nome do filho na mídia. É uma chance de limpar (um pouco) e revigorar (bastante) a carreira do filho.

Só discordo que a temporada de 2008 do Nelsinho tenha sido muito ruim, Pri... é normal que nesse ano de estreia as dificuldades eram muitas: além do sobrenome famoso, Nelsinho tinha que se ambientar na F1, ter como "companheiro" um baita piloto bi-campeão do mundo numa equipe que só dava atenção pro espanhol.

Agora, pegue o GP da Alemanha em diante: 17 pontos do Nelsinho contra 38 do Alonso (estou excluindo a vitória de Cingapura que todos concordam que foi completamente ilícita).

Não é de todo mal. Também critico Nelsinho por ter errado bastante. Erros bobos que lhe tiraram da corrida por diversas vezes, mais até pela inexperiência do que pelo próprio carro, que também era ruim demais. A maior crítica que faço era nas classificações, mas o Nelsão e o próprio Nelsinho já disseram que o chefe da equipe nunca apresentou o mesmo carro para ambos os pilotos. E nunca foram contestados por Briatore.

Dessa forma, 2008 foi bem razoável para Nelsinho que terminou, inclusive, na frente do atual campeão do mundo.

Nelson Piquet e Ayrton Senna sabiam que na F1 não existe milagres. Sem um grande carro e uma equipe competente trabalhando firme, não daria pra ganhar campeonato. A diferença é que Nelson Piquet sabia e afirmava isso, enquanto Senna também sabia, mas sempre buscava fazer milagres.

Olha, Pri...

Difícil algum piloto aceitar uma ordem desse tipo, ainda mais se o piloto tiver um mínimo de história da F1. Até porque não é qualquer chefe de equipe que ousaria cometer tal barbaridade como fez o Briatore.

Para mim, o caso Barrichello-Ferrari é o pior caso de submissão: Rubinho, com 10 temporadas nas costas, aceitar uma ordem para deixar passar e ainda assim continuar na equipe por mais 3 anos é o fim da picada...

Senna teria ganho a corrida e procuraria o concorrente no dia seguinte para correr por lá. Piquet teria vencido também, encostaria a Ferrari e tacaria fogo nela e JeanTodt que se virasse para apagar o incêndio... mas nenhum dos 2 aceitaria tal condição nem mesmo o chefe da equipe proporia tal coisa...

Embora Nelsinho tenha admitido fragilidade mental naquele momento, não me pareceu tão arrependido quando comenta sobre o caso... impressão minha isso.

Sobre 2008, eu esperava mais pq o Piquet já era piloto de testes da equipe. E dá época que os pilotos de testes testavam meeesmo.

17 pontos em 2008?! Eu só sei dos 8 da Alemanha...

Mas de qualquer forma, N coisas devem ter acontecido dentro da Renault em 08 e 09.

E sobre o tema Cingapura, eu também acho que nao deviam mais falar do tema. Deixa pra lá..um dia a gente esquece(?!), assim como a mentira do Hamilton no inicio do ano, que ninguém nem lembra mais...;)

@Latueiro...
Uma vez você me disse que "a diferença de idéias é a essência dos blogs"... Então, nada de esconder o jogo aí!!!

@Priscilla...
Esquecer Cingapura??? Mas é um dos temas líderes de comentários no seu blog!!! Acho que ainda tem muito o que falar, principalmente porque a punição não foi rigorosa com a Renault e o Alonso... Já o Hamilton foi punido e o assunto "móóóóórreu!!!

@Guilherme...
Já que você gosta do cara, o que faria Montoya numa situação dessas??? Kkkkkkk... Realmente não é qualquer um que faria isso, e o Rubinho nunca mais foi o mesmo depois daquele "incidente"!!! E até o próprio "Dick Vigarista" ficou muito mais mal falado depois daquilo do que quando jogou o carro sobre os adversários em 94 e 97!!!

@Alonso...
Cingapura vai lhe custar muitos fãs!!!

Como assim: "Eu só sei dos 8 da Alemanha..."???

Hungria (3), China (5) e Japão (1)... coitado do Nelsinho... fez uns pontinhos legais e você ignora o Jr.??? rs rs rs

PS: E o seu sensor-aranha diz o que sobre o Flu??? Ainda dá... ou já era???

B'Hengler,

Montoya ia deixar o alemão passar e quando ele estivesse lado a lado empurrario-o na grama... "ninguém ganaria esta mierda", diria o colombiano... rs rs rs...

Por isso que o Schumacher não entra no meu top 5... no meu grid dos sonhos o alemão estaria na 4ª fila... podendo cair se realmente voltar a competir... rs rs

Bóm galera...pra morrer esse assunto, o Guilherme, foi muito feliz ém suas colocações. Só um detalhe? Nelsinho errou e não negou. Isso causou mau estar entre os pilotos,por quê se fosse com eles,a história não seria diferente...séria igual. E a polémica toda,foi porquê Nelsinho delatou o chefe e a escuderia Renault, mas esperou ser mandado embora para formalisar a denucia. E é ai...que Nelsinho mostrou ser diferente dos outros e também foi muito bém orientado nesse episodio todo. Se antes da corrida...ou logo depois da batida e sém prova algúma,ele chama a imprenssa e fáz a denúçia contra Briatori e a equipe Renault[como muitos sugeriram]?? Seria a palavra de Nelsinho contra a palavra de Briatori e Renault....voçêz tém idéia de quém teria sido "aniquilado" nessa história toda não?? E quanto a um chefe de equipe ter coragém ou não de dar uma ordém dessa naturesa a um piloto seu ?? O próprio recém eleito,presidente da fia....era mestre nesse assunto.

Kkkkkkk...

O "sensor aranha" da Priscilla está "desligado" hoje... Kkkkk... É ressaca de "segundona"!!! Kkkkkk...

O Nelsinho foi o melhor estreante brasileiro da história da F1 - pelo menos em número de pontos!!!

E as colocações de Latueiro e Guilherme estão perfeitas, hoje vocês estão inspirados...

Apenas realistas B´hengler. E vou torcer sim...para que o desejo do tio Bernie,se concretise ém 2010. Senna e Piquet, na mesma equipe. E que vença o melhor.

Ops, foi mal aí entao Guilherme. Juro que nao lembrava desses outros pontos do Nelsinho...

Sobre o tema de entregar o jogo logo em seguida Latueiro, aí seria bobeira dele mesmo...mas acho que se ele estivesse interessado em entregar a jogada, ele poeria ter conseguido estes datos( a telemetria, por exemplo)nas corridas seguintes sem levantar qualquer suspeita.

SObre o Alonso, B'Hengler, por incrível que pareça, nao sei como está o tema aí no Brasil, mas aqui, já te digo, a imagem do Alonso está intacta.

Nem mesmo a do Briatore está tao afetada quanto à dos Piquet's. Digo Piquet's pq a galera já nao apoiava muito ao Nelsinho e agora com a choraderia do pai dele entao, ninguém por aqui quer ouvir o sobrenome dessa família. Sério, mesmo!

AH! E vou fazer um post sobre o tema de 2010.

@Priscilla...
Essas coisas são relativas, acho que na França ninguém lembra de 1989 e 1993!!! Já no Brasil (apesar que a história de 1993 pouca gente sabe)...
Sobre os Piquet's, eu concordo, ninguém gosta de choradeira, por mais "justa" que seja... Veja o caso do Massa, usou algumas palavras erradas e foi tachado de chorão, mesmo tendo razão em relação à punição ao Alonso em Cingapura...
E esse post de 2010??? Entendi direito ou vai ter um post em 2010 sobre o assunto??? Se for, esse é um exemplo perfeito de planejamento a longo prazo... Kkkkkk...

@L. Hamilton...
Ele foi feliz na colocação de que a Ferrari não é um sonho para muitos pilotos... Mas deixou claro que prefere o "competitivo" H. Kovalainen como companheiro de equipe para o ano que vem!!! Eu também gostaria de ter um companheiro de equipe assim!!! Kkkkk...

O Alonso tem que ser herói nacional da Espanha na F1. Não tem outro piloto espanhol de gabarito. É Alonso ou ninguém.

Completamente diferente do Brasil que começou a ganhar corridas e títulos no início da década de 70 e que teve em Senna x Piquet o destaque principal da F1 nos anos 80, dentro e fora das pistas. Era rivalidade de Fla x Flu ou Grenal...

Alonso é exército de um homem só...

Hehehe...O tema de 2010, das vagas dos pilotos...rs

Ah! E meu "sensor-aranha" nao funciona com o Fluminense, nao sei pq?! O meu marca-passo sim! rsrsrs

Haja coraçao!

A batida não foi nada.

A diferença é que o Senna, o Prost, o Schumacher e tantos outros foram CAMPEÕES se envolvendo em batidas.

Já o Nelsinho só chegava nas últimas colocações e por isso foi demitido. Essa é a verdade.

Compartilhe

Twitter Delicious Facebook Digg Stumbleupon Favorites More