20 de set de 2009

Momentos finais do "Renaultgate"

Amanhã se celebrará em Paris, na sede da FIA, a reunião do Conselho Mundial para o caso Renault, em Cingapura 2008.

As últimas notícias confirmam que Charlie Whiting, diretor de corridas da FIA, sabia do caso desde o GP Brasil do ano passado, mas que nada foi divulgado por não haver provas.


Segundo o "The Times", Fernando Alonso foi considerado "inocente" no caso.

Apesar de ter sua estratégia modificada e de não ter proposto nenhuma objeção ao fato - entrou em boxes algumas voltas antes do previsto - não encontraram nenhuma vinculação do espanhol com o caso. Apesar disso, a FIA "Convidou" Fernando Alonso a comparecer à reunião, por motivos não divulgados.

Nenhuma das partes comentará nada até amanha, dia em que finalmente saberemos o resultado desse vergonhoso escândalo. Desde logo, o que se comenta é que a equipe pode sair de Paris sem punições, já que o "cabeça da operação" já teve seu castigo.

2 comentários:

Para achar provas tem que investigar, né? rsrsrs

Pelo que eu li a convocação do Alonso será para clarificar a relação dele com o Briatore. Se já deu o depoimento e eles pré-julgaram como inocente...

E tudo acaba como o previsto. Apenas o alvo foi acertado. Briatore´s out!

Compartilhe

Twitter Delicious Facebook Digg Stumbleupon Favorites More