18 de out de 2011

Resultados do Bolão - GP da Coreia

Três! Três corridas apenas para que termine a temporada 2011 da F1. Três corridas para que se decida finalmente quem será o grande vencedor de 2011 do Bolao Guard Rail.


O grande pontuador da etapa foi o Masserati com 51 pontos, e já se encontra na zona dos 300.

Clique para aumentar
 A reta final segue emocionante! Após 7 etapas na liderança, Lee Moy deixou escapar a primeira posição do Bolão para os seus dois mais imediatos rivais -Renato e Jobson-, que agora empatam em pontos no topo da tabela!


Tá chegando a hora! 

Próximo GP será em duas semanas, na India, no dia 30 de Outubro!

13 comentários:

Ufa, o prejuízo nem foi tão grande assim.

Não deu para assistir, nenhum treino e muito menos a corrida esse fds passado.

Pelo menos o GP da Índia é num horario mais decente. Quero a minha liderança de volta. hehehehe

Tu ta reclamando de quê?? Tu tens que descontar 6 miseros pontinhos dos lideres. Eu tenho que descontar so 122 pontinhos e ainda to meio que empolgado. #

@Pri...
Tudo em ordem de novo!!! Tô ficando sem ter o que fazer... Hahahahahaha...

@Sumidos do bolão...
Grande parte da galera já desistiu??? Kíêkéýülççôn...

@Latueiro...
Desistir jamais... Até a última rodada!!! Até o último recurso no STJD... Hehehehehehehe...

@Guilherme (RJ)...
Boa aquele confronto direto... Serviria como critério de desempate para o ano que vem??? É uma idéia...

@Alguersuari...
FDP... Passou o Rosberg na última volta!!! FDP... FDP...

@Pérez...
Eu iria apostar no di Resta em 10º, aí esse mexicano FDP me liga e me garantiu que chegava em 10º e eu acrediteeeeeiiiii... FDP... FDP...

E um comentário a parte para Dan Wheldon...

Poxa, que acidente!!! Não pensei que veria um acidente deste nível nos dias atuais... Era carro voando prá todo lado!!!

Fui só eu que achou que boa parte dos pilotos envolvidos poderiam ter reduzido mais a velocidade??? A batida do Petrov no Dick foi parecida e o carro não saiu desgovernado pelos ares... Tudo bem que a velocidade é bem diferente...

Mas se olharmos pela câmera lenta, percebe-se que vários carros que "saltaram" estavam bem mais rápidos do que aqueles que serviram de rampa...

Acho que a telemetria dos carros mostraria isso melhor, mas vale lembrar que os carros são alinhados depois dos acidentes conforme eles ficam na pista, isto quer dizer que os espertinhos conseguem ganhar algumas posições daqueles que, temendo o acidente, tiram o pé... Se houvesse uma mudança da regra para que o alinhamento pós-acidente tivesse que respeitar a última posição registrada antes do acidente tenho certeza que o comportamento dos pilotos durante o acidente seria muito mais prudente!!!

Esperei o B'Hengler corrigir as contas da Pri, mas acho que existem 2 falhas (uma delas a ser confirmada):

1) O Wagner está com 327 pontos na classificação geral e não 317.
A Pri esqueceu de atualizar essa nota.

2) Para efeitos de desempate, acho que foi combinado que o critério seria de "vitórias por etapa". Se for isso mesmo, então o Jobson deve aparecer na frente do Renato na tabela.

Me corrijam se eu estiver enganado.

B'Hengler, fiz a estatística do confronto direto só por curiosidade, mas realmente é boa a ideia de usá-lo como critério para desempate no próximo Bolão.

Terminando assim, hoje teríamos o Renato campeão, pois no confronto direto com o Jobson estaria:

Renato 9x7 Jobson

Novos números do Bolão GuardRail 2011:

Etapa vencida com maior nº de pontos: Ewerton – GP China – 76 pontos

Etapa vencida com menor nº de pontos: Renato e Tio Bernie – GP Mônaco – 26 pontos

Etapa com maior nº de pontuadores: GP Espanha, GP Canadá (16)

Melhor média de pontos: Tio Bernie: 25,14 (352 pontos em 16 etapas disputadas)

Etapas pontuadas consecutivas: 16 (Renato)

Maior nº de lideranças: Lee Moy (7 etapas)
Wallacy (4 etapas)
Renato (3 etapas)
Jobson (1 etapa)
Guilherme (RJ) (1 etapa)

Maior nº de acertos numa etapa: 6 (Lee Moy – GP Europa – Pole, Coringa, 3º, 6º, 7º, 9º); (Amanda - GP Europa – Pole, Coringa, 1º, 3º, 6º, 10º); (Lee Moy – GP Inglaterra – Pódio, 1º, 2º, 3º, 4º, 5º)

Acertadores da Pole: Austrália (10); Malásia (8); China (14); Turquia (11); Espanha (3); Mônaco (13); Canadá (13); Europa (13); Inglaterra (2); Alemanha (3); Hungria (6); Bélgica (3); Itália (9); Cingapura (13); Japão (9); Coréia (3)

Acertadores do Pódio: Inglaterra (2)

Acertadores do Coringa: Austrália (1); China (5); Turquia (2); Espanha (2); Europa (8); Bélgica (3)

__________________________________

Em 16 etapas, vitórias por etapas:

Lee Moy: 3 (*)
Tio Bernie: 3 (**)
Jobson: 2 (***)
Masserati: 2
Wallacy: 2
Priscilla: 2
Renato: 1 (**)
B’Hengler: 1
Guilherme (RJ): 1 (*)
Latueiro: 1 (***)
Ewerton: 1

(*) Empatados na etapa nº 2 – GP Malásia.
(**) Empatados na etapa nº 6 – GP Mônaco
(***) Empatados na etapa nº 11 – GP Hungria.

Finalizando, nesta etapa da Coreia, o Massa mais uma vez salvou muita gente no Bolão.

7 apostaram nele em 6º lugar;
4 cravaram a vitória do Vettel;
4 acertaram Hamilton em 2º lugar; e
4 arriscaram (e se deram muito bem) no Di Resta em 10º.

Aliás, exceto o Masserati que acertou também o Rosberg em 8º; ninguém acertou nenhuma outra posição dos outros pilotos.

É o Jobson é aquele competidor na surdina...não aparece nunca, mas ta lá, ala mineirinho...so nas beiradas.

Quanto a morte do D.Wheldon no ultimo fim de semana...é muito dificil tecer opiniões. Pra mim, que sou um apreciador da categoria de automobilismo americano....essa morte foi mais uma fatalidade do que propriamente uma morte anunciada, como ja li em varios blogs espalhados por ai.

As modificações que agóra todos clamam...ja estão nos novos carros de 2012. "so que a morte não marca hórarios e nem local para se pronunciar" chegou a hora dela é aquela mesma...até se vç estiver em pleno diversão e climax.....

A Indy não vai abandonar os ovais...pois é uma cultura da categoria...e tambem não vai diminuir a velocidade dos carros com muitos assim sugeriram e muito menos vai copiar a f1, para se tornar uma categoria inviavél para a maioria dos participantes.

Indy e Nascar SÃO COMPETIÇÕES POPULARES...DO POVÃO...e não para alguns poucos priviligeados.

E se tem uma coisa que o americano não vai fazer e nem faz questão é de copiar a f1.

Talvez a unica mudança mais assim,para a categoria da Indy e não a Nascar, que poderia diminuir um pouco algúns incidentes nos ovais,seria a redução do numero de carros no grid de largada.

Fora isso, esqueçam pois se eles mudarem muito a catgoria...ela perde a sua essencia que é a velocidade e os desafios de pilotar a 370km/h de pé cravado e sabendo que tem mais uma dezena de pilotos na mesma situação e com os mesmos objetivos. VENCER.

Correto Guilherme (RJ), o Wagner tem 327 pontos no total...

E o critério de desempate é esse mesmo, número de vitórias por etapa...

Só gostei do confronto direto e por isso comentei que seria um bom critério de desempate caso houvesse empate no número de vitórias por etapa!!!

Mas isso para o ano que vem, para não mudarmos as regras no meio do campeonato!!!

Ok, pessoal. Tô anotando tudo...;)

Deixei o Renato na frente pelo simples fato de ter feito mais pontos na rodada, mas o critério de desempate segue o mesmo.

Vou poupar verba esse ano e desenvolver o carro para a próxima temporada do bolão.

Compartilhe

Twitter Delicious Facebook Digg Stumbleupon Favorites More