17 de mar de 2013

GP da Austrália

Depois da inusitada classificação que nos brindou esse primeiro Grande Prêmio da nova temporada, não podíamos esperar menos da corrida.

O circuito de Albert Park sempre nos traz ótimos espetáculos e com Kimi Raikkonen e Fernando Alonso como destaques da prova mais uma vez afirmamos que "valeu a pena ficar acordado" para ver uma grande corrida.


O finlandês da Lotus, Kimi Raikkonen, foi o grande vencedor da corrida com Fernando Alonso e Sebastian Vettel completando o primeiro pódio do ano.

Raikkonen largou desde a 7º posição e mostrou ritmo desde o início da prova. Foi espectador de luxo da briga pelas posições do pódio, que naquele momento estava entre Vettel, Massa e Alonso e, de forma consciente, preservou pneus alongando seu primeiro stint e eliminando um pit stop de diferença com relação a seus rivais, que fizeram três. Grande jogada da equipe e do finlandês que levam os primeiros 25 pontos do ano.

Fernando Alonso, que largou desde o 5º lugar, foi o segundo colocado, fazendo uma bela corrida e "lendo" a corrida melhor que seus rivais. Com uma estratégia de 3 pit-stops, adiantou em duas voltas sua segunda parada nos boxes, ganhando as posições de Vettel, Massa e Sutil, este último com uma estratégia diferente, estando por muito tempo entre os primeiros colocados. Superou aos Mercedes em pista e apenas não pode com Kimi Raikkonen.

Sebastian Vettel pode se considerar o grande perdedor do dia. Mesmo com a terceira posição, Vettel, que  largou desde a pole, viu logo no início que sua estratégia de "escapar" logo nas primeiras voltas não funcionaria. Não foi capaz de se livrar das duas Ferrari's, nem de superar ao Force India de Adrian Sutil, quando este liderava com pneus intermediários com mais de 20 voltas.

Foi superado por Raikkonen e Alonso na estratégia mas não esboçou qualquer ameaça sobre esses homens.

Quarta posição ficou com Felipe Massa que não terminou a prova de todo satisfeito. O brasileiro ocupava a 3ª posição, colado na traseira do Red Bull nº1, rápido, com bom ritmo, logo a frente de seu companheiro de equipe até a segunda ronda de pit-stops. Quando Alonso decide antecipar seu pit stop, deixa a Felipe Massa na 4ª posição. Essa decisão não sentou bem ao brasileiro que esperava mais nessa corrida. A boa notícia é que realmente parece que o Felipe de 2008 está de volta e que o F138 também é competitivo em suas mãos.


Quinto lugar para Lewis Hamilton que tentou seguir uma estratégia diferente mas terminou seguindo a mais utilizada: 3 pit-stops. Os Mercedes apresentaram bom ritmo mas parecem sofrer do mesmo mal do ano passado: perdem ritmo aos domingos devido à alta degradação dos pneus. O abandono de Nico Rosberg enquanto liderava foi o ponto negativo para a equipe neste final de semana.

Mark Webber conseguiu o 6º lugar depois de largar em segundo. O australiano segue largando muito mal e somando aos problemas de degradação que vimos dos Red Bull o resultado não foi tao ruim.

Em seu retorno à Fórmula 1, Adrian Sutil fez um ótimo papel. Andou quase todo o tempo entre os primeiros colocados, chegando a liderar e a "segurar" Vettel atrás. Fez uma estratégia inversa aos demais ao começar com dois jogos de compostos médios para utilizar os super macios no final. Perdeu muito tempo nas últimas voltas por esse motivo, deixando-lhe finalmente com a 7ª posição. Uma a menos que seu companheiro Paul di Resta que terminou 8º.


Jenson Button salvou dois pontos para a Mclaren  que das grandes equipes parece ser a mais, por não dizer única, perdida. Sofrem com ritmo, com pneus e estão longe do rendimento esperado. Nona posição para o inglês.

Fechando o top 10, Romain Grosjean, que conseguiu segurar o último ponto disponível com Sérgio Pérez em sua caça.


Assim terminou o GP da Austrália:

1. Kimi Raikkonen (FIN/Lotus)58 voltas
2. Fernando Alonso (ESP/Ferrari)a 12s451
3. Sebastian Vettel (ALE/Red Bull)a 22s346
4. Felipe Massa (BRA/Ferrari)a 33s577
5. Lewis Hamilton (ING/Mercedes)a 45s561
6. Mark Webber (AUS/Red Bull)a 46s800
7. Adrian Sutil (ALE/Force India)a 1min05s068
8. Paul di Resta (ESC/Force India)a 1min08s449
9. Jenson Button (ING/McLaren)a 1min21s630
10. Romain Grosjean (FRA/Lotus)a 1min22s759
11. Sergio Perez (MEX/McLaren)a 1min23s367
12. Jean-Eric Vergne (FRA/Toro Rosso)a 1min23s857
13. Esteban Gutierrez (MEX/Sauber)a 1 volta
14. Valtteri Bottas (FIN/Williams)a 1 volta
15. Jules Bianchi (FRA/Marussia)a 1 volta
16. Charles Pic (FRA/Caterham)a 2 voltas
17. Max Chilton (ING/Marussia)a 2 voltas                    
18. Giedo van der Garde (HOL/Caterham)a 2 voltas
- Daniel Ricciardo (AUS/Toro Rosso)abandonou 
- Nico Rosberg (ALE/Mercedes)abandonou             
- Pastor Maldonado (VEN/Williams)abandonou       
- Nico Hulkenberg (ALE/Sauber)não largou


10 comentários:

A corrida não me empolgou muito, mas teve até boas disputas, e limpas, por sinal, com os pilotos tendo cuidado em não se tocarem.

Me chamou a atenção o grande revezamento de lideranças até que o Raikkonen definitivamente a ocupou.

E se o sábado é das RBR, o domingo não é de ninguém. Qualquer uma das 4 (Lotus, Ferrari, RBR e Mercedes) podem ganhar corridas.

Positivo: Sutil
Negativo: McLaren

E o nome da corrida foi Raikkonen e zé fini!!!!

Corrida boa...
Mas discordo de ti, Guilherme (RJ)...
Acho que Alonso com 2 paradas talvez ganhasse a prova...
E Hamilton com 3 paradas como "plano A" também!!!
Räikkönen ganhou mais pela estratégia do que por ter sido assim "tão superior", não que ele foi ruim... Foi ótimo, mas tivemos outros "ótimos"!!!
Raikkönen ganhou porque juntaram um piloto perfeito com a estratégia perfeita...

E não acho a F1 2013 tão equilibrada como 2012...
Räikkönen, Alonso, Hamilton e Vettel serão os protagonistas...

Às vezes Massa vai aparecer...
Às vezes Webber vai aparecer...
Talvez até o Grosjean vai aparecer...
E só...

Sobre a McLaren, talvez está fazendo falta um piloto acertador de carros na equipe!!!

Bom, B´Hengler, acho que a volta mais rápida do Raikkonen, se não me engano na penúltima volta, pode ser um indício de que o finlandês estava tranquilo e com sobras no carro. E ele ja estava com pneus com mais de 20 voltas.

Ah, e se esses 4 citados por você forem os protagonistas, já teremos uma temporada bem equilibrada.

Baseado pelos treinos classificatórios, pensei a Red Bull fosse massacrar a concorrência, mas não agora.

Gostei muito da vitória do Kimi Raikkonen, é a Lotus mostrando que não precisa gastar tanto dinheiro para ter bom carro. Que a equipe obtenha mais patrocinadores com esse ótimo trabalho.

Quanto à McLaren, não creio que seja culpa dos pilotos. A equipe talvez tenha inovado demais no carro para um regulamento que teve poucas mudanças, mas quando assimilarem essas inovações, já que o campeonato é longo, podem voltar para briga por vitórias. Acho que Button e Perez fizeram um bom trabalho nessa corrida, dentro das limitações do carro.

Enfim, é só o começo.

Abs.

O que posso dizer sobre a corrida é que eu estava assistindo a pré-corrida, até que eu dei uma piscadela e quando me dei conta a corrida já estava na 30ª volta. kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk

E planilha para a temporada 2013 com alguns ajustes.

http://www.4shared.com/file/ppTss1vH/bolo_grf1_v40_1.html?

@Guilherme (RJ)...
Ao menos teoricamente a corrida do Raikkonen foi poupando o carro para fazer uma parada a menos... Mas é comum não ser assim, muitas vezes poucos décimos a mais no tempo representam muita borracha economizada... Vai saber...

@Lee Moy...
E que desta vez a planilha esteja correta!!! Kkkkkkkk...

@Jobson...
Até concordo sobre a McLaren ter inovado demais o carro e sofrer com os setup's neste início de temporada, igual aconteceu com a Ferrari ano passado...
Porém, na Ferrari está F. Alonso, piloto reconhecidamente capaz de acertar um carro ruim e deixá-lo vencedor, já na McLaren está J. Button, que é exatamente o oposto!!! O cara abortava a primeira tentativa de volta rápida no Q3 para copiar o setup do Rubinho nos tempos da BrawnGP!!! E o Pérez ainda é uma incógnita neste quesito...

Está corretíssima, com eu em primeiro lugar kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk

Pior Lee...
Eu que estou batendo biela!!!
Kkkkkkkkkkkkkkkkkkkk...

É muito cedo para dizer se tem alguém sobrando, se tem alguém andando menos que pode...
mas que se o Newey achar o pelo que falta pra Red Bull andar na corrida o mesmo que anda no treino, acaba a graça.

Lee, obrigada pela planilha! ;-)

Lotus/Raikkonen: A Lotus demora mais pra esquentar os pneus, o que ajuda na conservaçao ao longo da corrida. Sem falar que nao teve quase que brigar com ninguém, nem andar em rebufo gastando goma como seus rivais mais diretos. Malásia, se nao fosse um GP tao louco poderíamos ver se a tendência é essa mesmo...

Red Bull: O contrário da Lotus. Tá desgastando demais pq o pneu aquece rápido. Por isso sao imbatíveis no sábado e no domingo....péééé

Pra mim o carro mais ajustado é o Ferrari. Nem bem nem mal, pau pra toda obra.

Mclaren: Perdidinhos...Eu também acredito que o lance das inovaçoes no desenho do carro lhes esteja afetando, mas, nem o pepino da ferrari ano passado era tao ruim....

Vamos esperar Malásia pra ver se algumas teorias vao se confirmando

Compartilhe

Twitter Delicious Facebook Digg Stumbleupon Favorites More