29 de jul de 2012

GP da Hungria

O 100º não foi nada bom, mas nada como o 101º pra reparar os erros. Lewis Hamilton venceu o GP da Hungria depois de dominar durante todo o fim de semana. Impecável o inglês!


A segunda posição ficou com um incansável Kimi Raikkonen. Decepcionado no sábado com a 5ª posição de largada, Raikkonen marcou um ritmo forte durante toda a corrida, superou o companheiro de equipe, que foi a sombra de Hamilton durante boa parte da corrida e, apesar de encostar em Hamilton no fim da prova, não pode fazer mais. Se o finlandês conseguir melhorar no sábado, começo a acreditar realmente que pode ser um dos candidatos ao título.

Romain Grosjean ficou com o 3º lugar, fechando o pódio, em uma corrida onde o E20 rendeu muito bem. Apertou o líder e perdeu a "queda de braço" pro companheiro de equipe, mas foi extremamente constante e rápido.

A 4ª posição ficou com Sebastian Vettel. O alemão bem que tentou mas Hamilton e os dois pilotos da Lotus, hoje, foram incontestáveis.

Fernando Alonso já esperava uma corrida complicada mas dentro do complicado fez o impossível: 5º lugar à frente de Webber -2º no Mundial- e logo atrás de Vettel. O espanhol sai de férias com sua vantagem aumentada no campeonato: de 34 a 40 pontos.

Jenson Button parecia reagir quando chegou a rodar em 3º, mas a estratégia e um "encontro inesperado" com Bruno Senna em pista, que freou o inglês, devolveram o "3" pra trás no grid. O inglês terminou na 6ª posiçao.


E ele, um dos nomes da corrida, Bruno Senna, foi o 7º colocado. Provavelmente sua melhor corrida na temporada, apesar do 6º lugar na Malásia. Hoje brigou com gente grande e fez um bom trabalho. Aliás, durante todo o fim de semana.

Apesar da grande largada, onde ganhou 4 posiçoes, e da estratégia distinta de pneus e pit stops nao deu pra Mark Webber. O vice-líder do campeonato foi outro que se "encontrou" com Bruno Senna em pista. Chegou no 8º lugar.

Felipe Massa ficou com a 9ª posição. A largada e o início da prova foram peça chave para o restante da prova do brasileiro. Não deu pra mais.

Com o 10º lugar e o último ponto do grid, Nico Rosberg que mais uma vez repete posição. O fim de semana foi um dos piores para a equipe Mercedes e o alemão pelo menos salvou um ponto.

Assim terminou o GP da Hungria:

1 – Lewis Hamilton (GBR) - McLaren – 69 voltas
2 – Kimi Raikkonen (FIN) – Lotus – a 1s0
3 – Romain Grosjean (FRA) - Lotus – a 10s5
4 – Sebastian Vettel (ALE) - Red Bull – a 11s6
5 – Fernando Alonso (ESP) - Ferrari – a 26s6
6 – Jenson Button (GBR) - McLaren – a 30s2
7 – Bruno Senna (BRA) - Williams – a 33s8
8 – Mark Webber (AUS) - Red Bull – a 34s4
9 – Felipe Massa (BRA) - Ferrari – a 38s3
10 – Nico Rosberg (ALE) - Mercedes – a 51s2
11 – Nico Hulkenberg (ALE) - Force India – a 57s2
12 – Paul di Resta (GBR) - Force India – a 1m02s8
13 – Pastor Maldonado (VEN) - Williams – a 1m03s6
14 – Sergio Pérez (MEX) – Sauber – a 1m04s4
15 – Daniel Ricciardo (AUS) - Toro Rosso – a 1 volta
16 – Jean-Éric Vergne (FRA) - Toro Rosso – a 1 volta
17 – Heikki Kovalainen (FIN) - Caterham – a 1 volta
18 – Kamui Kobayashi (JAP) - Sauber – a 2 voltas
19 – Vitaly Petrov (RUS) – Caterham – a 2 voltas
20 – Charles Pic (FRA) – Marussia – a 2 voltas
21 – Timo Glock (ALE) – Marussia – a 3 voltas
22 – Pedro de la Rosa (ESP) – HRT – a 3 voltas
23 – Narain Karthikeyan (IND) – HRT – Abandonou
24 – Michael Schumacher (ALE) - Mercedes – Abandonou


 A Fórmula 1 faz agora uma pausa até Setembro, quando volta para o GP da Bélgica, em Spa.

O Campeonato de pilotos fica asssim até lá:

 1. Alonso - 164pts
 2. Webber - 124pts
 3. Vettel - 122pts
 4. Hamilton - 117pts
 5. Raikkonen -116pts

3 comentários:

Só uma pequena correção, Senna foi sétimo ( o oitavo foi Webber, inclusive pela segunda vez consecutiva), parabéns pelo seu site

Obrigada, Carlos! Correçao feita! Volte sempre!

A corrida foi tão ruim que a galera simplesmente sumiu!!!

Férias...

Compartilhe

Twitter Delicious Facebook Digg Stumbleupon Favorites More