27 de jul de 2008

Problemas para a vizinhança de Valência


A felicidade bateu a porta dos vizinhos do porto de Valência quando foi anunciada a construção de um novo circuito urbano que acomodaria o circo da F1 uma vez ao ano.

Desde o ano passado, quando se conheceu o traçado do circuito, vários vizinhos começaram a negociar o aluguel de suas belas vistas para o circuito com empresas e particulares.Os que venderam cedo,saíram "perdendo" ,claro.Seis mil euros por 3 dias durante 7 anos.Acha muito?
Pois quem esperou até 2 ou 3 meses atrás para "bater o martelo" fez contratos de até 40 mil euros e por 3 anos,com o valor subindo significativamente a cada ano.

Muitos já investiram o dinheiro ganho com os aluguéis...

O caso é que tudo isso acaba de ir por água abaixo.A prefeitura de Valência,a 1 mês da realização do GP,considerou um risco o acumulo de pessoas nas terrazas(varandas) e proibiu a celebração das festas.

????????????????????????????????????

Alguém me explica como essas pessoas vão devolver todo esse dinheiro?
Alguém pode me explicar o quê é perigoso?Ou será que em Mônaco as pessoas não fazem festas?
E outra:os caras aguentaram as obras durante 1 ano sem chiar porque acharam que iam receber algo de bom em troca...

Enfim...O caso é que dizer pra essas pessoas que elas não podem fazer o que bem entender com suas casas me parece de "loucos".

Contarei cenas do próximo capítulo porque, com certeza, a vizinhança contra-atacará.

4 comentários:

Priscilla,

Essa foi ótima!!! Ninguém pelo Brasil tá sabendo disso.

Realmente um problemão, mas não tenho certeza se terão como controlar as festas.

O circuito é muito bacana.

Ótimo relato, Priscilla, e exclusivo!

Na minha opinião,se aos vizinhos entrarem com representação judicial contra Valência, será um dos raríssimos casos em que os advogados servem para tornar o mundo melhor...

Realmente, belo relato, ninguém comenta essas coisas por aqui.

Sobre o problema, acho que realmente não poderiam ter pessoas tão perto da pista, Monaco eu acho um absurdo isso. Quero ver o dia em que um carro escapa, voar em direção a algum restaurante e matar pessoas.

Bem Priscila eu to de pleno acordo.
O povo que aguentou as obras vai realmente ficar muito fulo da vida por não poder ganhar uns trocos com a exploração de suas varandas.
Mas há um diferencial entre os espanhois e o povo de Mônaco.
O povo espanhol não é tão mosca morta como os ricos e novos ricos do principado. O povo espanhol não é de ficar com cara de tédio acompanhando o gp como os de lá.
Talvez pensando nisto sei lá, posso estar divagando, porém há de se levar em conta... Ou não.

Compartilhe

Twitter Delicious Facebook Digg Stumbleupon Favorites More